História By Message - Muke I Cashton - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Tags Cashton, Lashton, Malum, Muke
Exibições 98
Palavras 472
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Adorei o #VOLTAMIKEY

Capítulo 18 - Decimo Sexto Dia: Vamos Ficar Juntos?


Fanfic / Fanfiction By Message - Muke I Cashton - Capítulo 18 - Decimo Sexto Dia: Vamos Ficar Juntos?

Mikey: Luke. Realmente é muito lindo o que vc escreveu e cantou. Sua voz é linda, eu realmente queria voltar, mas nem eu sei onde estou. Estou perdido. Eu nunca fui muito de sair de casa e tal, não faço ideia de onde estou e pra onde voltar.

 

Luke: Sabe mais ou menos onde está?

 

Mikey: Hã... É uma praça. Tem um lago na frente. Poucas árvores. É perto de uma pizzaria e de uma sorveteria. 

 

Luke: Você não voltou pra casa nesses dias?

 

Mikey: Não.

 

Luke: Onde diabos vc dormiu?

 

Mikey: No banco da praça.

 

Luke: No banco da praça?!?!?! Choveu de madrugada.

 

Mikey: Eu sei, acordei tossindo e molhado.

 

Luke: Céus. Vou agora procurar essa tal praça. 

 

Mikey: Okay. Estarei te esperando.

 

Luke

Guardei o celular no bolso. Sai de casa e peguei a bicicleta, começando a pedalar por toda cidade, então encontrei uma pizzaria numa rua e tinha uma sorveteria, no meio delas tinha uma praça. Tinha poucos árvores e muitos bancos vazios. Fui andando mais pro fundo dela e encontrei Mikey sentado num banco, encarando o lago na frente, era um lago grande e bonito. Mikey ficou encarando ela e nem percebeu quando eu sentei do seu lado. Ele estava encolhido, abraçando as pernas.

- Mikey.

Ele pareceu levar um susto.

- L-Luk-ke. Que susto, demônio! - ele levou a mão até o peito.

- Desculpa. - ri um pouco da sua reação.

- Idiota. - deu um soquinho leve no meu braço.

- O idiota que você mais ama nesse mundo. - falei rindo e só depois percebi o que havia dito.

Ele corou e abraçou mais forte as pernas.

- O-O que você quer, Luke? Por que veio me procurar?

- Porque sinto a sua falta. Fica comigo, Mikey? - segurei as suas mãos.

- Em que sentido eu deveria aceitar essas palavras? Como amigos? - disse com a voz em um tom magoado. Apertou as minhas mãos com força, mas não como se quisesse segurar mais as minhas mãos e sim como se estivesse nervoso que a minha resposta fosse "sim, como amigos".

- Errado. Não é como amigos. - ele me olhou surpreso e aquele foi o momento perfeito para o que veria a seguir: Puxei suas mãos, o impulsionando pra frente e selei nossos lábios. Seus lábios vermelhos eram as suas únicas coisas que eu realmente precisava naquele momento. Senti-lo. Sentir que era Mike na minha frente e não outra pessoa qualquer. Apenas ele.

Seus lábios eram macios e ele correspondia o beijo de forma apaixonada.

Ele soltou as minhas mãos, mas não para me afastar, era para me puxar mais para perto. Abraçou o meu pescoço e eu a sua cintura. Era Mikey, apenas Mikey naquele momento, não havia mais nada e mais ninguém comigo, apenas ele existia. Apenas ele e eu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...