História By Message - Muke - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Tags Cashton, Lashton, Malum, Muke
Exibições 60
Palavras 593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Segunda temporada: Cashton!

Capítulo 22 - Cashton: Primeiro Dia: Um Coração Machucado e Vazio


Fanfic / Fanfiction By Message - Muke - Capítulo 22 - Cashton: Primeiro Dia: Um Coração Machucado e Vazio

Ashton

Como eu deveria me sentir agora? Feliz? Triste? Com raiva?

Michael e Luke acabaram de dar a noticia para mim e Calum de que estão namorando. Óbvio que estou feliz pelo Mike. Ele me disse que sentia algo pelo Luke e eu até queria que eles ficassem juntos, mas fiquei triste. Sério. Eu gostava do Luke. Mais do que como amigo. Eu até disse para o Michael que estava namorando o Luke para ver se ele se afastava, mas parece que não funcionou. Eu sei que ele não tem culpa de te se apaixonado pelo Luke e nem o Luke tem culpa de ter se apaixonado pelo Michael, mas essa noticia rasgou o meu coração.

Calum ficou puto da vida. Tentou brigar com o Luke, mas eu o impedi. Ele é muito impulsivo. Agora estou com ele no corredor. Ele está falando o quanto isso é injusto, eu não queria, mas concordo com a opinião dele.

- Que foi, Ash? - perguntou.

- Hum?

- Você parece abatido, aconteceu algo?

- Hã? Não... Nada...

- Vamos, Ash... Eu sou o seu melhor amigo, Cara... Pode contar comigo... Me diz o que houve?

- Bem...

- Ficou triste com a noticia do namoro do Luke e do Michael?

Esse cara é um bom adivinho em. 

Não pude negar, fiquei quieto e esse silêncio confirmou o que ele queria. Calum me abraçou com força.

- Tá tudo bem, Ash... Eu sei como se sente...

- Porra, Cal... Por que tudo tem que ser assim? Por que eu não consigo ser feliz? Por que nada dá certo pra mim? - abracei ele de volta e chorei no seu ombro.

- As vezes a vida é assim, Ash... mas tudo bem... O problema não é você...

- Eu... - funguei - Eu gostava tanto do Luke...

- Eu sentia o mesmo que você pelo Michael, mas eles se apaixonaram um pelo outro...

- Engraçado ouvir isso de você, Cal... Você que queria arrebentar o rosto do Luke á alguns segundos atrás...

- Eu só estou tentando te animar, Idiota Cacheado.

- Eu sei e agradeço por isso, Idiota Moreno.

Consegui arrancar um sorriso dele. Fomos para a sala de aula. Talvez um dia eu supere isso... Um dia né? Agora não vou conseguir. Não vou conseguir remendar o buraco no meu coração. Não sem antes abrir um buraco maior e conseguir outra decepção. Calum fica numa sala de aula diferente da minha, então me deixou na porta da minha sala e me deu... Um beijo na testa de despedida...

- Até depois, Ash... - correu e acenou para mim.

- Até... Cal...

Entrei na sala de aula e me sentei no fundão num canto da sala. O professor não estava chegando, então peguei o celular.

 

Numero Desconhecido: É difícil acreditar em alguém quando todos aqueles pra quem você entregou seu coração te desapontaram, mas acredite, se você me entregar o seu coração eu vou remendá-lo e nunca te desapontar. Apenas me dê três coisas para isso: Um chance, o seu coração e a chave para abri-lo.

 

Ash: Sério, que piada é essa? Não tem graça.

 

Numero Desconhecido: Não é piada, Ashton. Eu só quero o seu coração para mim, pois o meu coração foi entregue a você mesmo que você não tenha visto.

 

Desliguei o celular e ignorei quem quer que seja que estivesse mandando as mensagens, o professor deu a aula e pela primeira vez aquilo foi entendiante para mim. Algo ainda doía no meu peito e não acho que um estranho vá mudar isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...