História Caçador de Artes


Escrita por: ~


Sinopse:
O amor leva a que o ser humano, diversas vezes controlado por fortes emoções, aja descontrolada e irracionalmente, que pratique os atos mais insólitos e psicopatas alguma vez presenciados. Louie Lamartine possuía um amor pela arte desde criança, desejando nunca a afastar da sua vida. Após um violento incidente que o afetara mentalmente, essa paixão tomou proporções colossais, levando-o a cometer loucuras, levando-o a tornar-se num criminoso. Poderia culpar-se os distúrbios mentais que o incidente causou pelas criminalidades cometidas, mas, talvez, o amor seja o verdadeiro culpado.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 58
Comentários 3
Palavras 8.776
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Caçador de Artes
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
3
58
8.776

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~souhamucek
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~souhamucek
Usuário
Raios! Lene, deixaste-me sem palavras e ações. Gostou do meu surto em português de Portugal? AHAHHA Tentei.
Falando no meu mais habitual português é mais sincero possível: puta que pariu! Não foi à toa que você ganhou o concurso. Nunca li uma oneshot tão grande, saiba que, para eu ter lido tantas palavras assim, amei cada detalhe.
Não sou uma escritora como as outras. Por mais que eu ame escrever com todas as minhas forças, ler não é o meu forte. Não mesmo. Em toda a minha vida, nesses vinte e um anos (quase vinte e dois), eu só dois livros do início ao fim. Acompanho muitas fanfics, mas a maioria não me conquista completamente. Não ao ponto de me fazer parar tudo e ler. A sua fez. Levei um tempo para ler tudo, porque tive que jantar, chegar a minha casa e tudo mais, mas eu li cada sílaba. Meus olhos ficaram completamente presos ao texto. Devorei os parágrafos. Senti todas as sensações, acredito que seja impossível não sentir. Alguns calafrios me alcançaram, certo desejo (Luie tem seu charme) e uma dor indescritível. Adoro narrações em terceira pessoa, fiquei completamente presa à narração. Sentia o sotaque nuns trechos, o que é terrivelmente encantador. Agora, sem duvidas, eu me apeguei ao início, quando a história do Luie foi descrita, achei tão intenso e profundo. A sede dele pela arte, por mais doentia que seja, é admirável. Para mim, uma pessoa completamente desmotivada com tudo, ver tamanho foco é inspirador.
Eu poderia ficar horas citando os inúmeros detalhes e momentos pelos quais me apaixonei. Toda a história foi muito bem feita. Você é imensamente merecedora desta conquista. Meus parabéns pelo enredo brilhante e pela escrita envolvente!
Nunca, em tempo algum, pense que você é menos do que maravilhosamente talentosa. Porque você é absurdamente competente. Espero que neste comentário eu consiga expor pelo menos um pouco da admiração que você merece.
Com muito amor,
Lali