História Caçadora Pelas Circunstâncias - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Austin Lake, Butch Walker, Calypso, Chiara Benvenuti, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Damien White, Dionísio, Frank Zhang, Hades, Harley, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Jason Grace, Kayla Knowles, Laurel Victor, Leo Valdez, Meg McCaffrey, Miranda Gardiner, Nero, Nico di Angelo, Paul Blofis, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper Mclean, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Rhea, Sally Jackson, Sherman Yang, Thalia Grace, Will Solace, Zeus
Tags Drama, Percabeth, Solangelo
Visualizações 473
Palavras 1.089
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Romance e Novela, Slash
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá de novo! O capítulo de hoje.

Foto da capa Nina.

Capítulo 9 - Capítulo 9


Fanfic / Fanfiction Caçadora Pelas Circunstâncias - Capítulo 9 - Capítulo 9

Depois de alguns dias Ártemis reuniu suas caçadoras para informar sobre o tempo que ficaria fora.

- Quero informar que estarei fora por algum tempo. Vocês irão para o Acampamento Meio-Sangue.

- Ahhhh! – resmungaram.

- Sem reclamar. Irei para a reunião anual no Olimpo, por isso vocês irão para lá – disse ela. – E, por favor, não se metam com os campistas. Quando voltar, não quero ouvir queixas, entendido?

- Sim senhora – todas respondem.

- Mas isso não quer dizer que vocês não possam revidar se forem provocadas – disse ela com um sorriso maligno.

As meninas sorriram do mesmo jeito.

- Muito bem, podem arrumar suas coisas. Assim que tiverem prontas partiremos.

As meninas se dispersaram e cada uma foi arrumar suas coisas.

Thalia e Nina desarmavam as barracas enquanto conversavam.

- Pronta pra voltar ao acampamento?

- Estou ansiosa – diz Nina. – Preciso falar com Annabeth.

- Por falar nisso, como vai ficar o namoro de vocês, agora que você é uma garota?

- Essa é outra coisa que tenho de resolver – diz ela. – Não sei como Annabeth vai reagir ao me vê assim.

- Você a namoraria mesmo assim?

- Sim, se ela concordar – ela dá uma pausa pensativa. – Você acha que... ela não vai querer nada comigo?

- Não sei vocês duas terão que conversar a respeito – disse Thalia. – Deixe pra pensar nisso quando estivermos lá.

- É. Tem razão – sorriu. – Como será que os campistas vão reagir ao verem a versão feminina do Percy?

- Chocados, essa é a palavra.

As duas terminam de guardar os últimos itens e se juntam às outras.

- Já estão prontas? – pergunta Ártemis.

- Siiim – todas respondem.

- Vamos andando – ela sai na frente seguida pelas meninas.

- Achei que fôssemos teletransportar – diz Nina.

- Sempre que vamos ao acampamento entramos pela porta da frente, lady Ártemis prefere assim – diz Thalia.

Nina assente.

Todas andavam alegremente e tagarelando, a única que não estava animada era Mirian. Ela ainda estava carrancuda desde que Thalia chamou sua atenção na frente das meninas e principalmente na frente de Nina, a quem ela detestava.

Enquanto andavam Ártemis para de repente. As garotas também param, Thalia se aproxima.

- Aconteceu algo senhora?

- Acabei de receber um aviso de que um sátiro e três semideuses estão cercados por monstros não muito longe daqui. Pediram para ajudá-los, preparem-se.

Thalia informa as garotas.

- Atenção, um sátiro e três semideuses estão cercados por monstros, preparem-se.

- Vamos meninas – diz a deusa saindo na frente tendo as garotas correndo atrás dela.

------------------------//-----------------------//----------------------//---------------------------------

Não muito longe dali, um grupo de três semideuses e um sátiro se encontravam em apuros. Eles estavam cercados por monstros e não sabiam o que fazer. O sátiro rezava aos deuses que enviassem ajuda, pois ele sozinho não podia lutar contra aqueles monstros. Os semideuses que estavam com ele eram muito jovens e estavam amedrontados. Ele os estava escoltando para o acampamento, quando foram cercados pelos monstros. Eram três dracnaes que disfarçadas de pessoas comuns seguiram os quatro, mas o sátiro percebeu o perigo e mandou os semideuses correrem. Eles se esconderam, mas os monstros os acharam e agora eles estavam cercados.

Foi então que eles ouviram um tilintar de metais se chocando. O sátiro arriscou dá uma olhada, uma jovem de cabelos escuros preso numa trança lateral lutava bravamente com duas dracnaes. Da outra nem sinal, provavelmente já tinha sido eliminada. As outras duas tentavam atingir a moça com suas adagas, mas ela rechaçava os ataques facilmente. Era como se já tivesse muita experiência em batalhas. Foi então que numa investida surpreendente ela eliminou um dos monstros que se transformou em pó. A outra apavorada tentou fugir, mas foi alvejada por uma flecha prateada que a mandou para o Tártaro.

Depois da luta a garota guardou suas armas e veio na direção do local onde estavam os quatro. O sátiro saiu seguido dos outros que estavam perplexos.

- Vocês estão bem? – ela pergunta.

- Estamos. Obrigado por nos livrar dessa – disse o sátiro. – Graças aos deuses. Qual o seu nome?

- Eu sou Nina filha de Poseidon, prazer.

- Poseidon? Uau, isso é inédito! – disse ele admirado. – Eu sou Mark, prazer em conhecê-la, você lembra muito o Percy.

- Já me falaram sobre ele – disse ela sorrindo. – Vocês estão indos para o acampamento?

- Sim, estou levando esses três jovens.

- Nós também estamos indo pra lá – disse ela.

- Nós, quem? – ele pergunta.

- Todas nós – disse uma voz autoritária.

Os cinco olham na direção da voz. O sátiro reconhece a deusa e faz uma reverência.

- Lady Ártemis – diz ele respeitosamente.

Ela assente.

- Parece que chegamos bem na hora – diz ela. – Bom trabalho Nina – ela elogia.

- Obrigada senhora.

- Vamos continuar – diz ela. – Vocês podem viajar conosco.

- Obrigado lady Ártemis – ele agradece. – Vamos crianças.

-----------------------------//-----------------------//-------------------------//----------------------

Quando Ártemis e as caçadoras chegam ao local viram três dracnaes tentando arrombar uma porta. Provavelmente os quatro estavam lá dentro. Nina não perdeu tempo, correu até os monstros já com a espada empunhada e o escudo.

Ela caiu em cima da primeira nem lhe dando chance de revidar, logo se transformou em pó. As outras duas reagiram imediatamente, atacaram ao mesmo tempo, mas sua oponente era habilidosa e logo uma delas virou pó. A última tentou fugir, mas foi flechada e mandada pro Tártaro.

Nina guarda as armas e se aproxima do local. O sátiro e os semideuses aparecem, esses últimos perplexos. Ela se apresenta e Ártemis convida os quatro a acompanhá-las até o acampamento.

Enquanto caminhavam Thalia se aproxima de Nina.

- Você foi fantástica! As meninas até agora estão surpresas.

- Eu agi por instinto, nem pensei no que tava fazendo.

- Deve ser seu instinto protetor em ação.

- É, acho que sim.

Enquanto as duas conversavam, Mirian se roia de raiva. Ela ia sugerir um plano quando sua atenção foi desviada para o que uma das meninas falou.

- Olhem a Nina está lutando!

Todas desviaram a atenção para a filha de Poseidon que já havia eliminado um dos monstros. Agora, ela lutava com as outras duas, mostrando uma destreza invejável no manejo da espada, ela usava o escudo para se proteger da outra que tentava esfaqueá-la. Numa manobra surpreendente ela elimina uma das dracnaes enquanto a outra tenta fugir, mas é alvejada pela flecha de Thalia.

Ela ficou com mais raiva ainda pelos comentários das meninas:

- Uau! Ela foi demais!

- Lutou com duas ao mesmo tempo, isso foi incrível!

Pior ainda, Ártemis a elogiou.

Maldita exibida – pensou.


Notas Finais


Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...