História Cadê Seu Coração - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, D.O
Tags Baekhyun, Baeksoo, Brigas, Exo, Kyungsoo
Visualizações 42
Palavras 690
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu tava ouvindo o novo album do Wesley Safadão quando a ideia para essa drabble veio, espero que não tenha ficado confusa kkkk
eu coloquei trechos da músicas [fora de ordem] durante o capítulo e o link da música baseada vai estar nas notas finais, o nome é Código Cama, rsrsrsrsrs
acho que coloquei a tag certa, poq isso é meio que uma briga? nao sei
Espero que gostem, beijossssss <3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Me diz cadê seu coração
Que só bate pra me machucar

O mais novo encarou o sinal fechado a sua frente suspirando, varias perguntas rodava sua mente, mas nenhuma era proferida de fato.

Baekhyun ora ou outra o olhava de rabo de olho suspirando, apertou ainda mais o volante deixando os nos dos seus dedos brancos devido à força exercida na ação.

― O que você tem? ― o de mexas vermelha perguntou assim que o sinal se fechou, o outro suspirou esfregando o rosto enquanto balançava a cabeça em negação.

― Só estou cansado, só queria poder dormir agora e esquecer tudo ― falou serio, o outro ficou quieto focando a atenção no restante do percurso até a casa do outro.

Kyungsoo queria falar muitas coisas para o outro, dizer que estava cansado de só ser procurado quando o outro estava carente ou estressado, querendo sexo para relaxar, esquecendo-se que o mais novo também tinha sentimentos, sentimentos qual o outro sabia que ele tinha por si e se aproveitava quase sempre desse fato.

Ele queria ser forte e negar todas as vezes que o outro aparecia em seu apartamento pedindo carinho, ou simplesmente alguém para conversar, eles se conheciam a quase três anos e a dois estavam daquele jeito, Baekhyun esquivava-se todas as vezes que o outro tentava conversar sobre sentimentos, já fora tão magoado no passado que para se proteger acabava magoando outros.

Kyungsoo foi tirado de seus pensamentos quando o outro parou em frente ao seu prédio, tirou o cinto de segurança e suspirou pela milésima vez naquela noite.

Só sei que a pior parte, começa agora
Na despedida sem beijo, eu destravo a porta

Ele não poderia continuar mais daquele jeito, amar alguém que recusava-se a ser amado e amar de volta, todos gostam de reciprocidade principalmente de sentimentos, e ele já estavam tempo demais tentando fazer aquela relação dar certo e uma hora cansa.

― Sabe, eu tenho tentado, juro, mas uma hora cansa ser o único a tentar fazer isso dar certo. Você só me procura quando quer algo, se eu tentando conversar com você sobre nós sempre muda de assunto. Eu só não aguento mais isso, cansei de você sempre pisar nos meus sentimentos como se eles não valassem nada, eu não sou como a porra do seu ex, não quero apenas uma diversão passageira, porque se fosse isso já tinha desistido disso a muito tempo ― tentou frear as palavras, mas quando percebeu já tinha desabafado tudo que segurara por muito tempo.

Ele esperou alguma resposta do outro, um fora ou uma aceitação, qualquer coisa, mas como sempre apenas recebeu o silencio vindo do outro.

E eu vou descendo do carro querendo ficar
Não tem como ter final feliz
Cê só sabe mim usar

Kyungsoo balançou a cabeça em negação se virando para a porta, abriu a mesma jogando suas pernas para fora ficando em pé em seguida, apoiou a mão no teto e a outra na porta se curvando uma ultima vez.

― Vai chegar uma hora em que você vai querer ter um lugar para voltar a noite, alguém para compartilhar os momentos bons e ruins, e vai se lembrar que eu poderia ter sido essa pessoa, mas seu medo não te permitiu tentar nada, e quando quiser realmente algo serio vai ver que outra pessoa vai estar no seu lugar me dando tudo que você negou nesse tempo todo ― falou serio, pode visualizar a face triste do outro e vislumbrou uma única lagrima escorrer pela epiderme do outro, não esperou uma resposta do outro já que sabia que provavelmente ele nunca viria, fechou a porta rapidamente e quase correu em direção ao prédio.

Baekhyun encostou a cabeça no volante deixando as lagrimas escorrerem livremente, seus soluços eram altos denunciando a dor ali sentida.

Ele amava Kyungsoo, mas o medo de se magoar mais era maior, depois de tudo que o outro lhe disse agora só tinha desejo de concertar tudo.

Mas talvez fosse tarde demais.

Cadê seu coração
E esse amor onde é que eu vou guardar
Toma cuidado amor, o que cê nega outro pode me dar


Notas Finais


talvez eu apareça com uma continuação, não sei.
Código Cama: https://www.youtube.com/watch?v=eePJaTcm-dg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...