História Café yaoi - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias SHINee
Personagens Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, KiBum "Key" Kim, Minho Choi, Personagens Originais, Taemin Lee
Tags Café, Lemon, Romance, Shinee, Yaoi
Visualizações 12
Palavras 3.135
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiiii pessoal,não me matem tá, tô tendo uns problemas com o celular mas vou conseguir posta os capítulos como agora, perdão pela demora e vamos a capítulo novo.
PS:esse gato ae em cima e o Gustavo,o príncipe indecente do café Yaoi 😏

Capítulo 5 - Aprendendo o ritmo delas


Fanfic / Fanfiction Café yaoi - Capítulo 5 - Aprendendo o ritmo delas


Quando eu estava terminado de arrumar a cozinha que no caso a tarefa de limpar os armários ficou para mim,eu ficava observando a convivência dos funcionário que era interessante,parecia que eles se conheciam de décadas.

Depois de terminar fui direto para o meu quarto,quando eu cheguei lá Key já estava dormindo,deitado de barriga para baixo enquanto abraçava um travesseiro grande deixando suas pernas separadas,sua bunda era linda,eu apenas retirei minha roupa e fiquei apenas de cueca e fui me deitar ao lado dele,aliás ele estava na minha cama,me aconcheguei do seu lado e adormeci junto com ele.

Era 18:30 quando acordei,Key estava sentado ao meu lado,com cabelos bagunçados é uma faixa na cabeça,junto do uniforme do café,sorri para ele e me espreguiçei.

-Vamos trabalhar? Você tem… - ele olha para o seu braço e depois olha pra mim - 40 minutos para se trocar,me ajeito na cama de modo sexy e o chamo para perto de mim,ele sorri e se aproxima,logo passo as minhas mãos pela a sua cintura e o puxo para cima de mim. Suas pernas se abrem e ficam em volta da minha cintura e seus braços em volta do me pescoço.

Nossos lábios já se conheciam só que pouco,iniciando com movimentos lentos nossos lábios foram se fundindo rapidamente, enquanto Key movimentava a sua cintura por cima do meu pélvis.

-Tae…- ele me beija - Temos que ir trabalhar….- eu o beijo - Se fizermos oque vc quer… - ele me beijar e morde meu lábio inferior - Iremos chegar atrasado no nosso primeiro dia de trabalho… - prendo seu corpo contra ao meu - A Mei vai subir aqui virada no capeta… e vai por mim,você não vai querer ver ela nesse estado… -imaginei a Mei é logo acabei broxando,Key deu um beijo na minha testa e saiu de cima de mim e eu me levantei logo em seguida, Key foi para frente do espelho se arrumar e eu fui para o banheiro.

 Não demorei muito lá dentro quando eu sair já fui logo me arrumando,vesti a roupa do serviço e fiquei surpreso com o modo que estava a roupa,a minha calça social tinha os joelhos rasgados é bem costurados para que o tecido não se desfia-se, o blazer estava um pouco picotado na barra e a camisa branca estava com gola V,mostrando o meu peitoral. Eu fechei o blazer até a parte que estava a gola V e me olhei no espelho.

-Gosto? - key se aproximou de mim e pegou na minha cintura por trás.

-Você fez isso a que horas?

-Quando voce estava dormindo,então gostou?

-Sim,amei,você é muito bom nisso,só não entendo o porquê que você está aqui - me viro de frente para ele - Oque um estilista faz aqui no café? - ele olhou para baixo e depois olhou para mim.

-Meus país era agressivos demais,minha mãe e meu país cometiam estrupo comigo e com o meu irmão mais velho,onde ele era assediado pela minha mãe por ter um corpo jovem e bem desenvolvido quando tinha 15 anos e eu pelo meu pai,por possuir um corpo frágil, sensível como a de uma garota.

-Mas porque seus pais são assim?

-Eles tiveram a gente para que discarregassem as suas frustrações pessoas e sexuais em cima da nois,por isso meu irmão fugiu comigo,e achamos o café.

-Você está a quanto tempo aqui?

-Des dos meus 12 anos,tive que esperar até os 18 para que Mei aceite meus serviços,e mais 4 anos para que eu ache um par até você aparecer. - vi que seus olhos ficaram meio marejados então me aproximei e depositei um beijo demorado em seus lábios,quando nós separamos eu tinha conseguido arrancar um sorriso de seus lábios.

-Vamos? - ele olha para os meus olhos.

-Sim. - pego na sua mão e saio com ele do quarto - Não pera……. - ele larga o meu braço e entra correndo para dentro do quarto, e logo volta um com alguma coisa na mão - Aqui a última peça do seu loke - ele se aproxima de mim e coloca os óculos em meu rosto - Fique tranquilo que são apenas de brincadeira,eles não possuem nenhum grau nas lentes, pronto, perfeito - ele sorri.

 Lá embaixo tudo já se encontrava no seu lugar,os funcionários assim como nós já tinham colocado a roupa e já estavam colocando os últimos enfeites de mesa em sua lugares.

-Oi hyung - Key comprimentou um cara  da mesma altura que eu,tinha cabelos negros com as pontas azuis.

-Pronto para o seu primeiro dia? - Key sorri .

-Ancioso.

-Cuidado para a anciedade não tomar conta de você e nisso você acabar assustando as clientes, respire fundo e vai para o seu lugar que daqui a pouco elas estão chegando.

-Sim,pode deixar,há hyung esse aqui é o meu parceiro - ele saie da frente do seu amigo e se vira para mim sorrindo.

-Eu sou Lee… - estendo a minha mão e sou interrompido.

-Taemin, Lee Taemin certo? - ele aperta a minha mão e depois a larga.

-Sim.

-Prazer em conhecê-lo - ele sorri.

-Igualmente.

-Espero que cuide do meu irmão,ele meio que é ancioso de mais,e isso pode acabar atrapalhando o trabalho de você dois - ele da dois tapinhas nas costas de Key.

-Ok pode deixar - pego no braço do Key e o puxo para perto de mim. - Terei a total responsabilidade com esse baxinho.

-Ei,não sou baixinho sou até um pouco maior que você - ele me lança aquele olhar ofendido,sorrio.

-Não se iluda Kim,então deixo ir lá,bom trabalho - ele sorri novamente e se afasta.

-Sei irmão é muito sorridente né?

-E que ele está querendo se demonstrar como uma pessoa simpática que ele não é,vamos aos nosso lugares.

-Sim - dou um beijo em sua testa.

  18:40 em ponto o cafe já estava cheio,eu e Key distribuía um folheto escrito o cronograma de hoje,elas pegavam e sorriam para gente,Key estava no outro lado da porta igual a mim,mas às vezes ele me lançava pequenos beijos no ar e eu os pegava,estávamos àgindo igualsinho a um casal apaixonado era ate engraçado se fosse parar para pensar.

-Não é que temos mais dois funcionários novos? - 5 meninas pararam para nós observar,tres do meu lado e duas do lado do Key,todas eram da mesma altura,as duas que estavam ao lado do Key tinham cabelos compridos,a diferença era que uma estáva de marinha chiquinha e vestia uma saia rodada junto de uma blusinha curta que mostrava um pouco de sua barriga,a outra usava uma tiara é uma saia grande junto de um blusa de mangas xadrez,sei pouco de moda,mas duas ali não possuía nem um pouco.

-Interresante,qual é o nomes e vocês dois? - uma garota que estava ao meu lado tinha cabelos curtos num corte chanel,vestia um vestido preto e branco.

-O meu e Key e o dele é Taemin - Key falou enquanto sorria para elas,tudo indicava que ele estava nervoso com a situação.

-Fique tranquilo Key,a gente não morde não - uma garota que vestia uma calça xadrez junto de uma camisa de alguma banda de rock se aproximou do Key e depósito dois tapas no peito do mesmo - E claro só se você quiser.

-Merlin,quantas vezes já disse para você parar de caçar hétero num café onde só tem homo? - quinta e última garota,usava óculos e estava com seus cabelos amarrados em um rabo de cavalo e vestia uma grande camisa que ia até os seus joelhos.

-Hum.. - a tal Merlin fez cara de desapontada - Mas esse aqui ó - ela se aproxima de mim e pega no meu braço - Tem cara que aceita transar com um homem é também com uma mulher - olhei para Key e o vi ficar com a cara toda vermelha,seria de nervoso ou de sem graça? - Estou errada? - ela olha pra mim,eu apenas sorrio e passo minha mão no rosto dela que logo responde fechando os olhos para me sentir.

-E claro que você está - me afasto dela é vou até o Key,assim o puxando pra perto de mim - Errada,o único que gosto é o Key e apenas ele - tirando a cara de desapontada da mesma as outras meninas estavam gritando por causa da minha aproximação perante o Key,fiquei boiando e é claro,mas nada que me tirasse dali por varios minutos.

 Passou em fim os 40 minutos ali e fomos então ajudar na mesa,junto de outro meninos ficamos ali servindo e conversando com as clientes, elas eram agitadas, pervetidas pós pediam para que eu tocasse o Key na frente delas,tive que escapar porque o próprio estava morrendo de vergonha por causa das perguntas que elas faziam para ele. Exaustos resolvemos no sentar para descansar um pouco,mas não demorou muito para que as mesmas meninas de antes se sentassem na mesma mesa que nois dois,nos ajeitamos e colocamos um sorriso na cara para disfarçar a cara de morto que estávamos,os outros funcionários pareciam já estarem acostumados a ficar horas de pé servindo e fazendo coisas que elas pedissem,não era chato mais sim cansativo.

-Como eu disse ele é o uke e outro é o seme - começaram a falar.

-Sim mais o uke tem cara que ainda não deu para o seme pela primeira vez, você é virgem né? - a garota de óculos interrogou o Key,que apenas em resposta ficou vermelho - Sim ele é.

-Então deduzimos que o seme não tem pegada.

-Ou que ele é broxa.

-Ou ele não sabe fazer direito.

-Ei! - todas olham para mim - Eu não sou isso que vocês estão falando,eu apenas respeito o tempo dele.

-Ownt~ ele é do tipo romântico - a de cabelo chanel se manifestou.

-Vamos assistir a sessão yaoi com a gente? - a de marinhas chiquinhas se manifestou sorrindo.

 Key olhou para mim e depois para as meninas.

-Sim vamos - respondeu sorridente.

   A sessão Yaoi era dentro de uma sala que tinha entrada lá no salão que eu pensava que era pequena,mas não, era semelhante a uma sala de cinema e tinha cadeiras da cor vermelha sangue,onde ficava o telão tinha apenas um palco pós eram encenações reais,eu tinha me sentado junto com o Key na primeira fila nas duas últimas cadeiras no lado direito,as meninas estavam três fileiras longe da gente,pelos menos tínhamos privacidade. No palco a frente a cortina estava abaixada,havia várias vozes pelo lugar eu apenas deitei a minha cabeça no ombro do Key e fiquei esperando o espetáculo começar.

Demorou uns 20 minutos logo se levantaram as cortinas,havia uma mesa de madeiras lá em cima e tinha um rapaz que reconheci vestindo roupa de um tenente ou general de algum exercíto,era o Gustavo,o seu loiro era inconfundível,e eu tinha que confeçar ele estava sexy com aquela roupa,todas meninas ficaram quietas presenciando a cena,logo um garoto de cabelos marrom tinha entrado no palco,ele se dirigiu até o Gustavo e fez a posição de soldado colocando a mão na cabeça,ele vestia uma roupa de soldado.

-Senhor me mandou me chamar?

-Pode descansar soldado - Gustavo se levantou e foi até esse soldado - Ouvi rumores sobre você soldado,sobre a sua sexualidade,que você anda fazendo pequenos servicinhos por ae em troca de hibope para subir seu cargo. Isso é verdade soldado?

-N-nao senhor… - ele começa rodear o soldado.

-Então também é mentira o fato de você ter conseguido a liderança do pelotão através de um boquete?

-E-eu não cometi tal atrocidade.

-Então você me nega tudo soldado?

-Sim senhor.

-E então oque você me diz de hoje de manhã? Aonde você estava soldado no horário do despertar? Eu estive lá e não te vi em sua cama,aliás estava bem arrumada para alguém que ficou dormindo nela durante a noite inteira.

-Eu...eu tinha acordado cedo...eu fui caminhar….

-Mentira pos os portões estavam fechados para o acesso do campo. - Gustavo parou de frente para ele.

-Eu….. - o moreno olhou para os lados e depois para o Gustavo - Eu…. - logo se agaichou de frente para o mesmo - Me desculpe senhor,não foi a minha intenção.

-Soldado,você tem que aprender uma coisa - Gustavo percorre a sua mão pela cabeça do soldado e a logo a puxa forçando o rosto do mesmo para cima - O corpo faz oque a cabeça manda,nunca é o contrário,então você estava ciente do que estava se passando perante seus atos,e sabe muito bem que terá que arcar com a consequências.

-P-por favor…..não me expulse eu….

-Eu faço qualquer coisa? - Gustavo sorri - era isso que você iria dizer? Essa frase soldado você simplesmente joga a sua dignidade fora,pós sabemos que quando um homem chega a essa estremo o outro ira aproveitar dele.

-Eu faço….

-Como meu dever é ensinar e mostrar como o mundo reage - ele tira a mão de cima da cabeça do moreno e logo a leva para frente do seu jiper para abri-lo,logo por baixo daqueles pelos loiros(Sim dava para encherga porque eu estava próximo ao palco) ele sacou seu pênis para fora e o colocou em cima do rosto do moreno que ainda agaixado o encara sem acreditar,o pênis dele parecia uma banana sem casca, branquinha e aveludada. - Abre a boca e me mostre até onde você ia com sua servicinhos. - na hora o moreno retirou a boina de soldado ,arrumou o cabelo para os lados e abacanhou o pênis do loiro sem usar a mão.

  Já tinha passado quase 10 a 15, minutos e o hambiente já estava ficando quente, Gustavo tinha retirado a blusa que ele estava vestindo e ficado apenas de calça,o moreno agora usava as suas mãos para masturba o maior. Eu estaria mentindo se eu disses-se que eu não estava excitado,aquele calça apesar de estar modificada fazia mal a minha ereção,as meninas tinham ficado completamente caladas,só se ouvia a respiração um pouco alterada do Gustavo,olhei para o lado para ver como o Key estava e tive uma surpresa,com uma mão em minha coxa,ele usava a outra para massagear seu volume por cima da calça,em ato de provocacão me aproximei dele mais um pouquinho e levei meus lábios ao seu ouvido.

-Que coisa feia,se tocando dentro de uma sala no meio de nossas clientes…. - sussurei.

-A calça….. está apertada… - ele suspira.

-Posso ajudar você? - ele me olha surpreso mais excitado.

-Você teria coragem?

-Temos que nos torna amigos íntimos - volto a sussurar no ouvido dele - Ajudar um ao outro faz parte disso você não acha? - ele olha para mim de novo e logo sua respiração se torna inrregular,eu e ele sabíamos que ele queria,então antes mesmo dele me dar a resposta levei a minha mão por cima de sua ereção a  apertei de leve e o fiz gemer um pouco alto,levei meu dedo aos meus lábios e mostrei a ele para que ficasse quieto,ele confirmou que sim ao balançar a cabeça e assim continuei.

  Demonstrando que tudo estava correndo tranquilamente para as pessoas que estavam atrás da gente,tive a liberdade ao ver que não tinha nenhuma cliente na primeira fileira apenas nois dois e desabotoei a calça do Key e saquei seu pênis para fora,ele tinha em torno de 15 a 20 cm ereto e era avermelhado por toda extensão de cima,olhando para frente começei usando a minha mão,Key virou o rosto para frente também pra demonstrar que não estava acontecendo nada. Gustavo e o moreno ja estavam nus,Gustavo o tinha colocado em cima da mesa para que ele apoia-se o corpo do moreno de cabeça para baixo,onde o moreno o chupava enquanto o loiro o lubrificava com a boca.

 

POV Key~

Meu nome,sexo,idade e aparência ,vocês já sabem,então eu posso pular essa parte. O fato aqui é que estou completamente perplexo(sim querido(a) amo usar palavras dificies,então aconselho usarem um dicionário quando eu vier falar…….. mentirá hehehe) com a atitude do Lee Taemin, confeço que tive quase um infarto quando eu esbarrei nele,ele é lindo de morrer, posso confessar que cabelos pretos nunca foram o feitiches,mas quando ele chegou,aquele olhos e lábios sorridentes ao se apresentar me deram um choque que arrepiou até o pelo do orifício anal,eu já me sentir assim uma vez só que foi na infância onde eu tinha um amigo que se tornou namorado até meus 10 anos,depois de dois anos eu mudei de casa.

 Lee Taemin estava me chupando ( será que essa a palavra certa de se expressar?), numa pequena sala de cinema repleta de clientes atras de nois enquanto assistíamos umas das sessões do “Príncipe indecente” do café Yaoi,esse é o apelido dado ao Gustavo,por ele ser um príncipe fora da sala e enquanto dentro continuar sendo um príncipe so que indecentemente sexy, Taemin me chupava enquanto usava uma de suas mãos para ajudar a me masturba,eu estava me segurando ao máximo para não demonstrar,eu tinha que parecer o mais natural possível e fingir que Tae estava apenas deitado com a cabeça em minhas pernas enquanto assistíamos uma sessão Yaoi que estava excitante pra caramba.

 Agora Gustavo tinha colocado o Alessandre em cima da mesa de costas para a mesma com a pernas abertas para ele, Gustavo sempre foi bom nisso,essa era a quinta sessão que eu assistia e o ar excitante era o mesmo,ele segurou seu pênis e o levou até a entrada do moreno.

-Então soldado,oque você falava para eles?

-P-por favor…...me foda…. - Gustavo sorrio e entrou sem dó,na mesma hora tae tinha chupado a cabeça do meu pênis,tive que morder os lábios para poder segurar o gemido,quando olhei para baixo encontrei seu sorriso safado para mim,filha da mãe…. Tive desviar o olhar do dele para que eu não perca a concentração,então voltei a olhar para o palco. As pernas do moreno estava segurando a cintura do loiro prendendo o corpo do mesmo contra o dele,oque resultou é claro estocadas brutas e sem dó para dentro do moreno,se você fosse observar o quão verdadeiro estava aquela transa,era apenas olhar para o olhares deles perante um ao outro,fixos sem perde uma só expressão um do outro, também quatro anos de namoro, era oque viria a calhar,os pes de Alessandre estavam curvados para dentro e seus lábios estavam preencionados pelos seus dentes,por causa da rapidez e brutalidade que Gustavo estava entrando e saindo dele,sei que Gustavo e sádico,pós suas sessões sempre eram em torno de punições indecentes por cima do seu namorado,que pelo oque parece já tinha acostumado e também aderido a essa vida sádica.

 Os lábios de Taemin tinham subido para a minha barriga,com pequenos selinhos o levaram até meus mamilos assim os chupando enquanto sua mão terminava a me masturbar rapidamente.

-Tae….. eu….

-Hum… - seus olhos subiram até os meus enquanto seus lábios brincavam com o meu outro mamilo.

-E-eu… vou… - antes que eu terminasse,ele rêtirou sua mão e lábios de perto de mim e voltou a se sentar novamente,olhando para frente como se nada tivesse acontecido. - Porque?....

-Pequena punição - ele sussura - Agora concentre-se no palco,não se esqueça que estamos numa sala cheia de clientes.

-Mas que…. - segurei minha boca para não disser uma baixaria a ele….. então porque ele me tocou? Se estávamos numa sala cheia de clientes? Ae que raiva dele agora…….


Notas Finais


Oooooo pontu,espero que gostem,tô tendo uns problemas mais sempre vou posta quando puder obg até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...