História Cafeteria. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Boyfriend, Café, Escritora, Sean
Exibições 37
Palavras 434
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único- Cafeteria


Aquela cafeteria estava lotada, porém era o único jeito. Segurando um pequeno caderno para anotar as futuras ideias que viriam e uma caneta, sentei-me numa mesa. Por coincidência, era meu número de sorte, sete. Sorrio por isso e pego o cardápio, já sentindo o maravilhoso cheiro de café entrar minhas narinas.

– Bom dia senhorita. O que gostaria de pedir? – Ao escutar a voz aveludada do garçom, subo o olhar do papel para encontrar os mais lindos olhos de mel. Seu corpo, por mais que estivesse coberto pelo fardamento, parecia ser musculoso e seu braço, na parte do que dava para ver a partir do cotovelo, tirava minhas dúvidas sobre seu físico. Sua pele era negra, seus lábios grossos e... – Senhorita?

– Ahn... Eu... Ah... – Pela primeira vez, me vi sem palavras. O rapaz sorriu, mostrando belos dentes e um lindo sorriso. – Um café puro e panquecas.

– Anotado. – Virou-se e andou até a cozinha, me deixando completamente deslumbrada. Com vinte e um anos, nunca me apaixonei verdadeiramente, e muito menos acreditei no amor. Isso me levou á ser escritora, pois sabia que sempre teria meus personagens para me consolar nessa minha vida solitária e antissocial.

Poderia ser uma mera ilusão, mas eu acabei acreditando em amor á primeira vista.

Quando ele trouxe meu pedido, eu me apressei logo em perguntar:

– Qual é o seu nome?

E com o sorriso mais belo que eu já havia visto, ele respondeu:

– Sean. E o seu?

– Afrodite. – Deu-me vontade de rir. Nunca gostei tanto do meu nome por ser de uma deusa, minha mãe e meu pai eram apaixonados por história e resolveram por este nome.

– Ah, bonito nome. – Riu, indo para a direção de antes. Mas antes disso, falou: – Deusa grega do amor, uh? – Minhas bochechas esquentaram, e ele foi para a cozinha.

***

Todos os dias, ia para a cafeteria – até mais que antigamente. Puxava papos longos com Sean Traynor, cujo era o sobrenome dele. Combinamos que ele não me chamaria pelo nome, e sim por T, assim fora feito em todas nossas conversas. Passamos um mês para sermos melhores amigos, mesmo que minhas intenções sempre fossem outras, a amizade dele era maravilhosa.

Mas aquele dia de sexta, em especial estava sendo feliz, pois a editora havia finalmente respondido meu e-mail e dito que iria publicar meu livro – cujo havia terminado uma semana antes. Pelo horário, era final do expediente de Sean e eu iria aparecer de surpresa.

Ao sentar-me numa mesa para esperar meu belo amigo, o mesmo vem até mim junto á um rapaz sorridente assim como ele.

– T, venha cá. Quero lhe apresentar meu namorado. 


Notas Finais


Eu escrevi essa one bem rápido, mas com amor :3
Estou rindo muito, muito mesmo.
O que acharam da nossa Afrodite? Trouxa que nem eu.

Obrigada por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...