História Cafuné - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, D.O
Tags Chansoo, Kyungyeol, Tá Gay
Visualizações 152
Palavras 328
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Slash
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Uma fic bem rapidinha clichê e aleatória que quis escrever

Capítulo 1 - Capítulo Único


Chanyeol era um dengo. Kyungsoo sabia disso desde a primeira vez que colocou os olhos naquele ser gigante de sorriso bonito e covinhas. Os cabelos cacheadinhos, os olhos arregalados e as bochechas rubras.  O Park era um neném preso em um corpo grande demais.

 O coração de Kyungsoo se aquecia quando o sol batia naquele rosto sorridente, iluminando mais ainda aquele sorriso que fazia o Do lembrar-se de todas as sensações boas do mundo.

 Desde o primeiro instante que Kyungsoo grudou seus lábios nos de Chanyeol e sentiu o gostinho de café bem adoçado, soube que estava apaixonado por aquele poço de dengo em forma de gente.

 E naquele instante estavam os dois lá, abraçadinhos na cama, em um dia frio em meio ao inverno, enquanto lá fora caia o mundo todo em forma de chuva. Chanyeol bebia um café gostosinho que, após muita manha e pedidos,  Kyungsoo lhe fez.

 Park estava sentadinho na tão famosa posição “índio” e Kyungsoo  ao seu lado estava todo esparramado na cama.

 Foi então que, como quem não quer nada, Chanyeol deixou sua xícara de café quentinho sobre a cômoda, sorriu todo dengosinho e foi se mexendo debaixo das cobertas até chegar no corpo pequeno e quentinho que tinha o Do. Se remexeu um pouquinho até deitar-se encima do corpo de seu namorado.

 Kyungsoo riu baixinho ao ouvir os gemidinhos fofos de felicidade que o Park soltou.

—Soo... Faz um carinho no meu cabelo, amor. — Não foi um pedido, soou mais como uma ordem, mesmo que suavizada pelo tom manhoso.

 —Então meu bebê quer um cafuné? — Brincou, e Chanyeol olhou-o feio.

—Eu não sou bebê! — protestou fazendo biquinho. — Mas mesmo assim eu aceito o seu cafuné, amor. 

 E Do sorriu, levando suas mãos aos cachinhos negros e macios. Vendo Chanyeol sorrir também, com seus olhos fechadinhos e as bochechas vermelhinhas.

Definitivamente, Park Chanyeol era um próprio mar de dengo, e Kyungsoo não se importava em deixar-se afogar naquela manha toda do namorado. 


Notas Finais


Só isso mesmo porque sei lá


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...