História Caindo na Real - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Cana Alberona, Câncer, Carla (Charle), Erza Scarlet, Gray Fullbuster, Horologium, Juvia Lockser, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Wendy Marvell
Tags Comedia, Fairy Tail, Gale, Gruvia, Hentai, Jerza, Nalu, Romendy Romance
Visualizações 130
Palavras 1.136
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello, voltei, avisando que esse capítulo é o segundo e o último capítulo de "lutas" dessa pequena saga do mago classe S. No próximo terá a segunda é última fase Para eles passarem! ^^

Boa leitura e vejo vcs lá em baixo <3

Capítulo 36 - Elsas tem suas vantagens


ERZA?! – Gray não podia acreditar.

- Olá Gray, parece que nos damos bem. – A ruiva esboçava um sorriso no rosto.

- Erza-san...– Leo também se surpreendia.

- Bom, eu não estou com medo, só surpreendido por ser logo com você. Achei que iria ser a Mira-chan talvez... – Gray desviava o olhar.

- Surpreendido? Depois de todas as vezes que você e o Natsu lutaram comigo e perdiam...E você está me comparando com a Mira?!  

- Só por que lutamos varias vezes não quer dizer que aqui eu vou perder! Aqui é mais sério. – exclamou.

- Então se nas outras vezes não era certo você só queria apanhar? – Ela riu – acho que o Natsu levava mais a sério do que você hein.

- Grrr – ele rosnava – Esquece isso! Venha me enfrentar logo! – Ele colocou o punho fechado na outra mão aberta, prestes a iniciar sua magia de criação.

- Te enfrentar? – Debochou, rindo – Acho que quem tem que me enfrentar é você. – Ela deu inicio a seu Kansou, fazendo seu corpo brilhar e logo reequipar uma armadura. – Armadura da roda celestial!

Seu ‘’vestido’’ de ferro e metal se equipou em seu corpo, com varias espadas a seu redor, que Logo começaram a ir em direção a Gray.

- Ice Make! Parede! – Ditou e logo uma parede de gelo que se movia começou a proteger Gray de todas as direções que ele corria, defendendo a espadas de Erza.

- Ta, precisamos de um plano. – Leo falou, junto com Gray atrás da parede.

- Ela não tem uma armadura contra gelo, né? – Gray perguntava.

- Eu acho que não, eu nunca vi, mas isso não significa que ela possa ter vantagem, ela tem de fogo, pode derreter sua criação, igh! – Respondeu, ouvindo alguns estalos das espadas de gelo tentando quebrar a parede.

- Ok, sua magia é uma típica de luz, né? – perguntava.

((N//A:: Me perdoem por isso, eu não lembro de jeito nenhum como se chamava a magia do Leo, se alguém lembra deixa ai nos comentários que eu editarei o capitulo colocando o nome da magia dele rapidamente))

- Sim, mas também acho que não vai causar muito efeito não. AH! – Falava, até que ouviu um estalo mais alto da parede de gelo que agora foi quebrada, revelando quatro espadas prestes a atacar os dois garotos.

E assim fizeram, os dois agora começavam a correr por toda a pequena caverna onde lutavam.

- Não tem pra onde fugir! – A ruiva falou.

- Droga, ta querendo brincar de pega-pega?! – Gray falava impaciente, enquanto fugia das espadas que o perseguiam, parando por um segundo, virando pra trás, e logo congelando a arma pontuda, fazendo as cair no chão. – Haha! – Comemorou.

Mas logo o moreno avistou o outro ruivo ali correndo desesperadamente de outras espadas também...-Hmm...Já sei! – Surgiu uma ideia na cabeça do garoto como lâmpada.

De repente, o mesmo bateu seu pé contra o chão, fazendo o ficar como uma pista de patinação, congelada.

- Ah! – Erza se surpreendeu ao ver que o chão agora não era mais o mesmo – KYAAAA – A ruiva se desesperou a ver seu pés escorregarem, tentou move-los pra trás para tentar conseguir equilíbrio, mas caiu pra trás de bunda no chão. – Itai! – Apertou os olhos de dor.

- Acho que você não sabe patinar, Erza. – Gray sorriu convencido.

- Não vale! – Ela fazia cara de manhosa, e tentando se levantar, mas caindo de volta.

- Claro que vale! – Ele exclamou – Você precisa ter Experiência! – Se exibia, enquanto dava algumas voltas patinando na frente da ruiva, até dando uma pirueta.

- Ta, agora, o que vamos fazer com ela? – Leo perguntava ao chegar do lado do moreno. – Ela só ta ai sentada no chão inofensiva, mas a gente vence ela assim? Pensei que teríamos que fazer mais esforço. – Ele ficava confuso.

- Acho que não vencemos ela ainda. Pois a passagem pra próxima fase não foi aberta ainda. – O outro suspirava, coçando os cabelos atrás da cabeça. Até se surpreender vendo que Erza estava fazendo algum esforço ali, apertando os olhos.

- Não vão me vencer tão fácil. – a ruiva acabava de se reequipar com sua armadura defensora do fogo, mas do mesmo jeito não consegui ficar em pé equilibrada.

- Armadura do fogo! Acho que ela vai derreter o chão! – Leo alertava.

- NÃO DA IDEIA! – O moreno exclamou, irado.

- A-Aaaah! L-Luz de Leão! – Leo atacou com seu poder dessa vez, em direção a ruiva antes que ela conseguisse dar algum ataque ou derretesse o tal chão.

((N//A:: Pois é, essa foi a única ideia de nome que eu tive.)

Por um instante Erza tinha conseguido se levantar, mas quando o poder de Leo a atingiu, isso não a derrubou mas sim fez a mesma ganhar um impulso que a fez girar repetidamente ainda em pé sem parar.

- Kyaaa – ela gritava enquanto sua vista era totalmente rodada.

Logo ela caiu no chão, deitada dessa vez.

- E agora? – o ruivo perguntava.

Os dois garotos foram mais pra perto da ruiva para ver, observando a mesma ali derrubada no chão. Seu olhos rodavam de tontura, sua expressão era inconsciente e sua boca estava aberta com sua língua pra fora.

- E-Eu acho que vencemos. – Gray falou. – se ela levantar...

De repente os dois viram que a passagem tinha sido aberta.

- Vencemos! – ele comemorou, logo batendo soquinho com Leo. – Chupa essa manga Erza! – gritava para a ruiva que estava inconsciente mais ouvia.


....


- Ora, Ora, o que temos aqui. – Mira colocava a mão na cintura, surpreendida com suas oponentes.

- Juvia não perder. – Falava. – Você também é uma das amiguinhas do crush Gray-sama por que ele te chama de ‘’Chan’’!!

Laki, a companheira roxeada de Juvia apenas observava sua amiga dizendo aquelas falas com uma gota na cabeça.

- Calma...– Mira também ficava com a gota.

- Pare com essa psicopatia, onegai. – Laki pedia. – Vamos dar nosso melhor aqui, okay? Mira ésuper forte.

- Hai! – A azulada respondeu, determinada. – Water Slicer! – A mesma já começou com umataque.

- Take Over! Transformar! – A albina logo se transformou em sua forma de demônio, e logo desviou do ataque de Juvia.

- Madeira! – Laki ditou e logo surgiu um tronco de madeira que se movia, indo em direção a Mira, que só desviava chegando cada vez mais perto de Laki e Juvia.

- Não deixe ela chegar perto! – Laki exclamou, e logo a roxeada fez seu tronco se multiplicar em dois, indo atrás de Mira, que logo que em um dos passos que a albina corria, fez ela Tropeçar e logo cair no chão.

- Kyaa – ela gritou.

E assim com o tempo que Mira caiu no chão, Laki fez seus troncos se diminuírem ficando mais finos, que agora se enrolavam nos pés de Mira a deixando presa.

- Arggh – a albina fazia força para aquilo soltar de seus pés.

- Bater! Asas do amor! Vá! Gray-sama! – Juvia ditou agora seu ataque mais forte, enviando o ataque de agua com vários corações.

- Ehh? – Mira tinha sido pegada de desprevenida. – Aaaah!


Notas Finais


Gostaram? KKK, desculpem. Eu não consigo deixar de chamar o gray de Elsa shsbsgsbs
Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...