História Caligrafia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Lay, Suho
Tags Exo, Junmyeon, Lay, Suho, Yixing
Visualizações 5
Palavras 422
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Aloha cutiepies!!
Escrevi esta drabble não sei porquê, mas acho que traz algumas reflexões, então decidi publicar.

Capítulo 1 - Esferográfica


O jeito como ele fincava os seus dentes no seu lábio inferior, comprovava toda a sua concentração e empenho.

A ponta da sua esferográfica rolava no papel pautado, e ele exercia uma força desnecessária na caneta, força essa que teimava em deixar os seus dedos esbranquiçados, mas ele definitivamente não estava preocupado com esse pormenor.

Yixing queria que a sua caligrafia fosse mais apelativa. Queria que ela fosse bonita aos olhos de quem a visse. Queria que ela fosse a melhor entre todas as caligrafias existentes. E ele escrevia dia e noite. Durante horas a fio. Sem pausa alguma. Escrevia até a sua mão estar cansada e dolorida. Escrevia até a sua cabeça parecer que ia explodir.

Os seus olhos cansados não lhe davam tréguas, mas ele lutava contra o sono. Assim como ele lutava contra as saudades que lhe corroíam as veias e amordaçavam o seu coração saudoso. Ele não desistia, mesmo que o motivo das suas saudades já tivesse desistido há alguns largos meses. Ele não queria desistir. Bom, talvez essa vontade vagueasse pela sua mente dopada, mas ele não queria agarrar e abraçar essa hipótese contra os seus braços. Ele queria insistir. Quem sabe a insistência e a persistência trouxessem o seu amado de volta.

Junmyeon era a pessoa que se infiltrava todos os dias nos pensamentos entristecidos de Yixing. Junmyeon era a pessoa que fez Yixing se apaixonar por mil e um motivos. Junmyeon era a pessoa que fazia Yixing nutrir milhares de sensações desconhecidas pelo mesmo. Junmyeon era um sonho inalcançável, e Yixing, por pouco que não o alcançou. Contudo, Junmyeon voou mais alto e afastou-se.

Ao contrário de Yixing, Junmyeon tinha uma caligrafia invejável e delicada, e pouco ou nada se esforçava para que ela se revelasse incrível. Simplesmente era. Não precisava exercer tanta dedicação no papel, não como o esforço diário de Yixing. Fluía naturalmente.

Yixing queria ser o melhor para Junmyeon, mesmo que esse já tivesse outro alguém melhor. Yixing pensava que se a sua letra fosse um pouco mais legível, Junmyeon iria finalmente conseguir ler tudo o que o outro sentia por si.

Mas ter uma caligrafia bonita não significava esforço, até porque Yixing se esforçava cegamente por Junmyeon, enquanto que o último, respetivamente, não se esforçava rigorosamente nada.

Algo bonito e aparentemente com mais esforço recaído no que era feito, não era sinónimo de ser melhor ou mais dedicado, porque o esforço não se media pela beleza, e sim pelas tentativas. Mas Junmyeon sempre fora mais bonito aos olhos persistentes de Yixing.


Notas Finais


A beleza não é sinal de esforço, nunca se esqueçam disso. Não é por alguém ser bonito exteriormente, que o seu interior seguirá a mesma regra.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...