História Call Girl - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Lendas Urbanas
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Suspense, Terror
Visualizações 78
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Demonic Girl


Entrei calmamente no quarto de Lauren de passos leves para não ser notada, o que era difícil já que o quarto dela estava completamente escuro.

Acendi a luz de um pequeno abajur para visualizá-la. Ela já estava dormindo e me parecia um sono pesado já que ouvi ruídos parecidos com roncos.

Deitei-me ao seu lado de frente pra ela e comecei a alisar sua pele, ela estava com uma camisola curta que revelada que estava sem calcinha, não hesitei e toquei sua intimidade com os dedos, o que não a acordou. 21

Alisada suas pernas enquanto passava minha outra mão em seus lábios.

Lauren lentamente abriu seus olhos e me encarou ainda confusa, antes que ela pudesse dizer algo beijei seu pescoço indo diretamente aos seus lábios, antes que pudesse beijá-la, ela acordou realmente.

- O que é isso? – Ela disse e me empurrou para longe dela.

- Você sabe, e eu sei que você quer.

- Não! – ela se levantou e abriu a porta do quarto insinuando para eu sair, não hesitei e sai com um sorriso debochado no rosto.

- Ah, mas lembre-se de que eu salvei sua vida, e você me deve o que eu quiser! – disse e seus olhos imediatamente se arregalaram, desci as escadas e voltei a dormir.

Lauren POV

Depois de me arrumar e sair de casa eu estava andando para o trabalho, o pessoal ainda dormira lá em casa e Ally mandaria eles embora depois.

Quando cheguei me deparei com um montinho de gente tudo junto e logo saíram, avistei uma garota morena e linda, vestida de preto e com um batom vermelho.

- Oi. - sorri para ela

- Oi, quem ser tu? - perguntou ela.

- Sou Lauren, trabalho aqui.

- Ah! É uma puta. 1

- Eu...

- Tudo bem sou uma puta nova, começo hoje. 12

Ah não, não fui com a cara dela e ela trabalha aqui...

- A propósito, sou Verônica. 19

...

Durante todo o período eu fiquei com Camila na cabeça pelo que ela fez de madrugada, mas não lembro direito e quero esquecer.

Por outro lado não tirava Veronica da cabeça, algo estava errado.

- A achei estranha e ridícula. – disse eu para Normani e Ashley.

- É, mas parece legal. – Ashley falou.

- Tenho medo dela. – Normani disse também.

- Eu a detestei.

- Cuidado, Lauren! Eu a conheço a alguns anos, ela é do mal, não se junte e nem falei, se possível não olhe nos olhos dela. – Ariana, que eu não tinha percebido estar ali ate agora disse com um olhar de medo. – Nunca acreditei em espíritos e coisas sobrenaturais, mas... Ah, deixa, deixa pra lá.

- Não Ariana, fale, por favor. – Normani, Ashley e eu falamos ao mesmo tempo, curiosas.

- Bom, não tenho certeza, mas ela era da minha escola. Todos os meninos com quem ela ficou, acho que uns três que eram da escola morreram, e uma garota que ela odiava também morreu, e dizem que ainda podem ser vistos, e dizem que... Que Veronica é demoníaca e leva pessoas para serem como ela, sabe, as pessoas ficam possuídas por demônio e depois que morrem, voltam e assombram todos. É algo assim. Não entendo muito bem disso, mas é o que sei. - Ariana terminou de falar.

Ficamos em espanto por um tempo, até que deu a hora de irmos.

...

Estava andando e as ruas estavam paradas. Não nego que estava assustador. Ainda mais agora, vi uma figura em preto total e logo após ela sumiu. Dei passos mais rápidos e a figura aparecia e sumia.

Até que tive a sensação de alguém atrás de mim. Um arrepio percorreu todo meu corpo me fazendo gelar e estremecer.

- Então... Sou estranha?... Ah, você não imagina o quanto!...


Notas Finais


Continua sim ou claro? 😅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...