História Call me Daddy - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Incesto, Jikook, Jin, Namjin, Rapmonster, Sugavhope, Taegi, Vhope, Yoonseok, Yoonvseok
Exibições 1.140
Palavras 3.693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu nao devia estar aqui.
Eu devia ter postar minha outra fic.
Então eu volto semana que vem com essa fic...
cês entendeeram? kkkkkkkkkkk

boa leitura <3

Capítulo 25 - Os dois maiores vícios de Yoongi.


Fanfic / Fanfiction Call me Daddy - Capítulo 25 - Os dois maiores vícios de Yoongi.

Jimin tinha almoçado e conversado sobre tudo com seus pais. Adorava quando a sua progenitora o paparicava, colocando comida em seu prato e colocando o suco de laranja fresco no copo. Depois de ajudá-la a lavar e secar a louça ele foi para o seu quarto trocar de roupa. Colocou uma de suas calças jeans de lavagem claras e gastas. Depois pegou sua camisa xadrez vermelha de mangas curtas e as dobrou mis um pouco, mostrando seu braços fortes. Sentia falta das roupas simples e casuais que vestia na fazenda. Amava a simplicidade do campo.  

 
 

- Ora, ora. Parece que meu primo tem malhado muito ultimamente.  

 
 

Ouviu o sotaque texano puxado de Chanyeol invadir o cômodo. 

 
 

- Será que você poderia falar em coreano pelo menos enquanto eu estiver aqui? - Jimin pediu.  

- Eu não me lembro muito do coreano... Pera aí! Tá tirando sarro do meu sotaque é isso? Não se esqueça que você também tem sotaque. - O mais alto cruzou os braços.  

- Não tanto quando você. E não é por isso, é que eu queria lembrar um pouco da Coreia sabe?  

- Não foi mais pra lá depois que veio pra cá?  

- Não. - o ruivo suspirou. - Quero levar a omma um dia.  

- Quero ir um dia também. - Chanyeol sorriu. - Mas enquanto não vamos pra Coreia, vamos nos divertir aqui mesmo.  

- Com certeza. - Jimin sentou-se na cama e vestiu sua bota marrom. - Vamos andar por aí. Vamos lembrar dos velhos tempos quando a gente corria pelos campos nos cavalos... Você tem cuidado do Dooly?  

- Claro que sim! Eu cuido melhor que você!  

- Vai nessa. - Jimin revirou os olhos.  

- Espera aí. Vamos tirar uma foto pra postar no meu Facebook. Hoje temos uma festa muito legal e você vai ir.  Vai ter uma monte de gata lá. Lembra as meninas do nosso colégio? Elas cresceram e os peitos delas também! - Chanyeol sorriu como uma criança feliz com a noticia que ia pro parque de diversões.  

- Ah cala boca Chanyeol pelo amor de Deus! - o ruivo deu um soco na costela do maior. - Vamos tirar logo a foto e vamos, eu quero ver o meu cavalo.  

- Ok, ok.  

 
 

Os dois ficaram na frente do espelho um do lado do outro sorrindo. Jimin colocou as mãos no bolso e ajeitou a camisa vermelha por cima da calça.  

 
 

- Calma. - O Park mais alto foi até o guarda roupa do primo e abriu, pegando um chapéu de cowboy preto e outro branco. - Eu quero o preto.  

 
 

O ruivo pegou o branco e colocou, sentindo a nostalgia de quando usava todos santo dia o chapéu pra ajudar o pai na fazenda. Ambos sorriram e Chanyeol tirou a foto.  

 
 

- Olha só o meu tamanho perto de você. - o moreno começou a rir. 

- Cala boca Chan. Já te disseram que sua risada é ridícula? - o menor cruzou os braços.  

- Tá bom. Parei. - ele começou a digitar no celular. - Pronto! Te marquei.  

 
 

Jimin sentiu o celular vibrar com a notificação. Abriu a foto e viu a foto que já tinham duas curtidas. Leu a legenda e riu alto.  

 
 

- Sério mesmo? " Os cowboys asiáticos mais lindos que existem." Você realmente não cresceu Chanyeol, só no tamanho mesmo.  

- Aish, vamos logo.  

 
 

-;- 

 
 

Taehyung e Hoseok estavam sendo maquiados. Seus cabelos estavam prontos e só faltava vestir o primeiro look pra eles começarem as primeiras fotos. Não tinham visto Suga até o momento que chegaram e pelo que ouviram, o mais velho tinha saído pra outro lugar junto com Siwon.  

 
 

- Pronto. Podem se vestir. - a mulher se afastou e outra entrou, ajudando-os com as peças.  

 
 

Sem muitas demoras e com muito cuidado pra não borrar a maquiagem eles estavam devidamente vestidos. Caminharam até o estúdio onde tirariam as fotos, encontrando Kai e Yesung conversando com Heechul.  

 
 

- Wow... - Yesung abriu a boca.  

 
 

Kai se limitou a dar um sorriso de canto que valia muito mais que mil palavras.  

 
 

- Meu meninos! - HeeChul sorriu. - Estão perfeitos, parecem dois anjos! O que acharam? - perguntou pro outros dois modelos.  

- Acho que você demorou demais pra trazer esses meninos. Eles são lindos. - JongIn sorriu.  

- Eu gostaria de jantar com eles depois do evento.  

- Pare de ser um pervertido JongWoon. - O Kim mais velho riu de canto. - Yesung, JongIn, Hoseook e Taehyung, quero que deem o melhor de vocês. Relaxem e eu vou colocar uma musiquinha de fundo pra não ficar tão quieto.  

 
 

Os meninos assentiram e foram em seus lugares. Primeiro tirariam as fotos sozinhos, olhando a todo momento para HeeChul que tirava as fotos orientando-os e elogiando. Depois de trocarem de roupa, Taehyung e Hoseok tirariam as fotos juntos. Tae colocou uma calça preta folgada e um casaco azul de veludo. Hope a mesma calça e colocou uma camiseta branca e por cima um casaco listrado. Ambos usavam lentes de contato. 

 
 

- Será que teríamos um tempinho pra eu tirar esse seu casaco. Você tá lindo demais. Taetae. - Hope selou os lábios do namorado. 

- O hyung nos mata. E você também tá lindo.  

- Vamos meninos. - a auxiliar de HeeChul os chamou e eles a seguiram até o fotógrafo.  

- Boys, quero que sentem de costas um pro outro. Tae, abre esse casaco e deixe ele meio caído, pra mostrar os ombros.  

 
 

O mais novo assentiu e fez o que foi pedido e as fotos continuaram. Os dois estavam se dando super bem e HeeChul se via maravilhado com a facilidade que eles tinham com as câmeras. Kim e Jung eram sucesso garantido, e quem tinha os mesmos pensamentos que o fotógrafo eram Kai e Yesung que estavam olhando tudo de longe com um sorrisinho nos lábios.  

 
 

- Esses meninos... Realmente. - Jongin suspirou. 

- Tão perfeitos... A minha sorte é que Hoseok já é maior de idade. Já o Tae, ainda não. Acho que você vai ter que esperar um pouco. - Yesung sorriu debochado.  

- Ai irmãozinho, esse novinho tá me enlouquecendo.   

 
 

-;- 

 
 

Jungkook terminou seu almoço com Jessica e a ajudou a limpar a cozinha. Adorava passar o tempo com ela. Jess cuidava do maknae como sua mãe, então tinha uma enorme admiração pela Jung.  

 
 

- Kookie, eu vou pro parque com a Yuri quer ir junto?  

- Não noona, o Baekhyun vai vir aqui. Na verdade ele já devia ter chego.  

- Ok. Quer que eu prepare alguma coisa pra vocês comerem? - a ruiva perguntou.  

- Não precisa Sica, nós vamos comer alguns doces.  

- Ok, quando eu chegar eu preparo alguma coisa.  

 
 

O maknae selou a bochecha dela e saiu da cozinha. Foi até a sala, se jogou no sofá e ligou a televisão assistindo qualquer filme aleatório que estava passando. Suspirou pesado ao lembrar de Jimin, afinal se ele estivesse ali, com certeza estaria se divertindo com ele, rindo, o provocando, ou transando com ele.  

Jeon sorriu fraco ao lembrar do jeitinho inocente, caipira e do interior que o Park tinha. Ele realmente era uma perdição de homem.  

 
 

- Tá no mundo da lua é?  

 
 

Tomou um susto quando viu Baekhyun surgir do nada na sala.  

 
 

- Aish hyung!  

- Tá pensando no mordomo né. - Byun sorriu malicioso.  

- Fala baixo que a Jess está aí! - Jeon puxou o amigo loiro pra sentarem no sofá. - Por que demorou?  

- Tava com um calouro de Artes Cênicas.  

- Seu safado! - Kook sorriu.  

- Mas foi péssimo. - o loiro suspirou decepcionado. - Eu tô enjoando desses americanos, mexicanos e cubanos.  Eu queria algo diferente, sabia?  

- Eu posso lhe dizer sem sombra de dúvidas que os coreanos são maravilhosos, pelo menos o Jimin é né. - Jungkook riu baixinho.  

- Acha um pra mim então, por que os que eu conheço estão namorando e são héteros. E falando em Jimin, onde ele está?  

- Texas né.  

- Wow, imagina ele montando num cavalo, tipo aqueles filmes de cowboy?  

 
 

Os dois riram.  

 
 

- Meninos? - os dois se assustaram quando ouviram a voz de Jessica soar pela sala.  

- Oi noona. - Baekhyun sorriu e acenou.  

- Oi Baekkie, fique à vontade viu? Eu estou indo, mas não me demoro muito. 

- Se divirta noona! - Kook fez um coração pra mais velha.  

- Ok, ok. Ah! Você viu a foto que o Jimin postou? Parece que ele chegou bem, mas se ele ligar aqui em casa e eu não tiver, diga que eu ligou mais tarde.  

- Sim noona. - JungKook sorriu.  

- Beijos pra vocês garotos.  

 
 

A ruiva saiu caminhando até a porta e a trancando. Mas do que depressa o menino Jeon pegou a celular dentro  do bolso da calça de forma afobada e desbloqueou, entrando em seu Facebook procurando pelas últimas postagens de seus amigos.  

 
 

- Vai com calma pra não destruir seu celu... Meu Deus do céu! - Baekhyun arregalou os olhos ao lado de Jungkook.  

 
 

Os olhos dos dois amigos analisaram a foto e as bocas ficaram abertas.  

 
 

- Kami Sama! - o herdeiro engoliu seco ao ver a foto de Jimin com um rapaz mais alto. A foto já tinha inúmeras curtidas.  

- Eu não sei o que você disse, mas eu concordo. Ele realmente é muito bonito e cara, quem é esse moço do lado dele?  - Byun perguntou sem tirar os olhos do celular.  

- Não me lembro dele... Faz muito tempo que eu não vou naquela fazenda.  

- O nome dele é... Chanyeol Park. Que homem maravilhoso! - Baek suspirou. - Eu estou sem falas.  Acho bom você dar um jeito de reconquistar o boy logo, porque já tem inúmeras garotas querendo o corpo do Jimin e do gatinho também. E puta que pariu, esse menino do lado dele... Tenho interesse. 

 
 

Jungkook leu os comentários e não gostou de nenhum deles. Ia dar um jeito de reconquistar o ruivo nem que fosse a última coisa que faria na vida.  

 
 

- Pobres idiotas. Mau sabem que o caipira prefere um japonês lindo do que um par de peitos. 

 
 

-;- 

 

A sessão de fotos tinha chegado ao fim e todos os presentes aplaudiam os quatro modelos. Taehyung estava um pouco envergonhado, já Hoseok estava enérgico. HeeChul era todo sorrisos, já que fora umas das melhores sessões que já tinha feito na vida. Yesung e JongIn analisavam os dois adolescentes, encantados com a beleza de ambos.  

 

- Meu Deus! Isso foi fantástico! Eu falei que meu sexto sentido nunca falha! Esses dois já são sucesso! - HeeChul abraçou os dois fortemente e claro que ambos retribuíram.  

- Obrigada pela confiança hyung! - Hope disse.  

- Eu amei tudo, sério mesmo! Você é o melhor hyung! - Tae sorriu beijando a mão do fotógrafo.  

- Olha, vocês parem porque eu não quero chorar! Você arrasaram e vão arrasar mais ainda!  

- Por que ficaram tanto tempo escondidos hein? - Yesung se aproximou sorrindo galanteador como sempre.  

- Olha, HeeChul acertou mais uma vez! - JongIn sorriu.  

- Maninho, eu nunca erro! Eu sempre acerto. Acertei com JongWoon, acertei com você, acertei com o Luhan e agora com meus novos bebês.  

- Convencido.  

- Só trabalho com verdade Ye. - Heechul jogou o cabelo pro lado. - O que vocês acharam deles?  

- Maravilhosos. - Kai sorriu de canto vendo o gosto de ambos corarem levemente. 

- Eu acho que vocês deviam sair pra jantar com a gente. - o moreno sorriu malicioso.  

- Nem fale isso perto do Yoongi, ele tem um ciúmes excessivo com esses dois.  

 

Hoseok riu baixinho.  

 

- Acho que o Yoongi-hyung só quer cuidar de nós dois.  

- Também acho, mas agora vamos almoçar e vamos pro salão porque temos um evento importante a noite não é mesmo? 

- Ok.  

 

Os dois mais novos se afastaram e foram para os camarins enquanto Jongin, JongWoon e HeeChul ficaram vendo as fotos tiradas no computador.  

 

- Taehyung é muito sedutor. Esse olhar dele... E Hoseok é expressivo! São rostos fortes que causam impacto. - O Kim mais velho explicou.  

- O loirinho é um pedaço de mau caminho. - Kai sorriu.  

- Hey, abre o olho. O Tae é menor de idade sabia? E ele tem namorado. - Chul o repreendeu. 

-  Sem problemas, eu não tenho ciúmes.  

 

O mais velho revirou os olhos e o encarou.  

 

- Quê?  

- Fale alguma coisa pra pro juízo na cabeça do Kai, Yesung!  

- Hoseok é uma gracinha.  

 

Jongin riu alto com a confissão do irmão JongWoon e HeeChul apenas revirou os olhos.  

 

- Saiam daqui pelo amor de Deus. E vão se arrumar porque nós quatro vamos almoçar com o Siwon. 

- Tudo bem. Se o TaeHyung for comigo, eu vou encontrar com o Siwon até no inferno.  

 

HeeChul jogou um copo de plástico vazio nos irmãos, que saíram correndo e rindo.  

 

-;- 

 

SeoJin abriu os olhos e viu que já tinha amanhecido. Olhou pra cima e viu NamJoon dormindo profundamente. Sorriu ao ver a expressão serena no mais velho, já que era difícil vê-lo assim. Se afastou minimamente, tirando as mãos dele sobre si e foi levantando. Gemeu baixinho ao sentir dor em um certo lugar. As últimas noites estavam sendo maravilhosas e nunca imaginou que Namjoon era do tipo insaciável. Seok estava surpreso consigo mesmo, já que se entregava para o loiro todas as noites. Nunca se imaginou tão sedento e tão dependente do corpo, dos beijos e dos toques de alguém. Seu corpo doía um pouco, mas era uma dor suportável, o moreno até sorriu ao lembrar dos tapas que tinha levado.  

Caminhou até o banheiro e ligou o chuveiro. Deu uma olhada no espelho e viu seu corpo ainda marcado. Seu pescoço tinham algumas marcas roxas que estavam saindo, porém suas clavículas e ombros estavam com mancha mais escuras. Se sentiu um pouco masoquista por gostar da visão que tinha de seu corpo nu e machucado. Estava adorando cada vez mais esse jeito bruto do Kim loiro.  

Entrou no chuveiro e deixou que a água gelada tentasse levar consigo todo preguiça de seu corpo. Sentia seu corpo mais leve, diferente de alguns dias atrás, quando ligava o chuveiro na intenção de que ele o livrasse de toda tensão que sentia. Sentiu suas mãos abraçarem sua cintura e arregalou os olhos.  

 

- Ai que susto! Aish! Namjoon! 

- Desculpa bebê. Por que não me acordou? - o loiro disse com sua voz rouca perto do ouvido do outro, causando-lhe um arrepio. 

- Você tava dormindo tão bonitinho que eu não quis te acordar.  

- Dormiu bem? 

- Sim. Muito bem. - Jin escorou sua cabeça no ombro do maior, sentindo a água cair sobre os dois corpos.  

- Acho que peguei pesado ontem. Eu te deixei marcado demais.Se bem que, eu queria que todos soubessem que você é meu. Por mim eu te marcaria por inteiro. - deixou um beijo delicado no pescoço do menor.  

- Você pode fazer isso se você quiser.  

- Não me provoque baby boy. Eu não quero te machucar. 

-  Eu não me importaria nem um pouco daddy.  

 

Namjoon virou o corpo de Jin e o encostou na parede, puxando o queixo do moreno, roçando seus lábios. Observou os cabelos molhados de SeokJin colados na testa, tão perfeito. Os lábios cheinhos e vermelhos.  

 

- Você é tão perfeito Jinnie. 

 

-;- 

 

Jimin e Chanyeol corriam pela estrada com os cavalos, disputando uma corrida pra quem chegava na cidade primeiro. O mais alto estava um pouco à frente, mas o ruivo estava na sua cola. Dooly, o cavalo de Jimin era marrom com e preto. O pelo curto chegava a brilhar de tão lindo. Aquele animal era uma das paixões do mordomo. Já o cavalo que pertencia à Chanyeol era todo branco e se chamava Yoda. 

 

- Que decepcionante hein Jimin! Ficou fraco e perdeu as habilidades é?  

 

O menor riu baixinho se concentrando em passar o primo. Chanyeol começou a rir  quando viu Jimin desacelerar. Olhou e viu que as casas da cidade já estavam aparecendo.  

 

- Channie!  

 

O moreno olhou pro lado e viu duas garotas dentro de uma Studebaker 1951 laranja acenando e como um bom galanteador que era, acabou acenando pra duas e mandando um beijo.  

 

-  Perdeu playboy!  

 

O ruivo gritou passando na frente do primo mais alto, rindo.  

 

- Porra Jimin! Isso não vale!  

 

Os dois continuaram correndo até chegarem na cidade, desacelerando os cavalos pra não atropelarem ninguém. O ruivo sorriu ao ver as pessoas andando tranquilamente na rua. Viu alguns homens conversando nos bares, algumas mulheres saindo das lojas de roupas com algumas sacola. Até cumprimentou o dono de uma venda.  

 

-  Olá senhor Garrett!  

- Quanto tempo Jimin! Veio pra ficar?  

- Vim pra visitar meus pais.  

- Menino, menino! Depois que conheceu Nova York nos abandonou! - o senhor riu. 

- Nova York não chega nem aos pés do Texas senhor Garrett! Até mais.  

- Se cuidem meninos.  

 

Os dois Park continuaram a andar nos cavalos cumprimentando alguns conhecidos.  

 

- Vamos ali comprar o que sua mãe pediu no armazém.  

- O quê? - O ruivo arregalou os olhos. - Eu não vou não.  

- Vai sim cara! Vamos logo. - Chanyeol revirou os olhos. - A Hillary não trabalha com frequência no armazém do pai dela. Faz muito tempo que eu não à vejo.  

- Aish!  

 

Os dois desceram dos animais e os amarraram. Jimin estava nervoso demais pra ter que rever a menina, mas claro que seu primo não o deixaria em paz. Ambos abriram a porta da loja e entraram. Viram o senhor lendo um jornal e com um cigarro preso nos lábios.  

 

- Ora, ora vejam só! Jimin Park!  

- Olá senhor Wilson. - o ruivo sorriu de forma simpática.  

- Quanto tempo eu não te vejo! Como você está?  

- Estou bem.  

- Nova York deve ser maravilhosa, você demorou pra voltar hein! 

- Tenho trabalhado muito por lá.  

- Sabe, seus pais devem morrer de orgulho de você. É o rapaz mais trabalhador eu conheço! - o velho americano sorriu. Ele realmente gostava de Jimin. 

- Hey! E eu senhor Wilson? - Chanyeol perguntou fingindo estar ofendido. 

- Você também é. Mas o que tem de esforçado, tem se safado! - o velho riu. - O dono da mecânica do bairro do lado quer te matar porque você pegou a filha dele.  

- Ai droga! - o mais alto bateu na testa.  

 

O ruivinho começou a gargalhar, tirando sarro da cara de assustado do outro.  

 

- O que está acontec... Jimin?  

 

O mordomo olhou pra trás e viu quem menos queria ver. Hillary Wilson, sua ex quase e única namorada.  

 

-;- 

 

Heechul estava terminando de passar o delineador nos olhos e um hidratante nos lábios. Olhou pro espelho e adorou o que viu. Depois de muito insistência de GunHee, deixou que pintasse seu cabelo de vermelho cortasse um pouco, já que estava batendo no ombro. Estava muito lindo e acabou dando um sorriso pro seu reflexo.  

 

- Hyung, sabe onde está o Yoongi? - Hoseok perguntou.  

 

HeeChul olhou pra trás e viu o mais novo devidamente arrumado. Ele vestia um blazer Haider Ackermann branco e preto, com uma camiseta em V preta por baixo. Uma calça jeans preta e colada e pra finalizar uma bota dourada da Saint Laurent. O mais novo ainda usava as lentes de contato amendoadas. 

 

- Wow meu Deus do céu! Que lindo! 

- Você tá sempre maravilhoso Chullie. Tá bom assim hyung? Eu trouxe algumas coisas de casa, mas não sabia o que vestir.  

- Tá maravilhoso Jung Hoseok. Apenas isso! - o Kim sorriu. - Bom, só veremos Yoongi quando chegarmos lá. Ele foi direto do hotel.  

- Ah sim.  

- Cadê o Tae?  

- Está se vestindo. 

- Vou pedir pro meu motorista pegar o carro.  

- Ok.  

 

O de cabelos vermelhos se afastou e Hoseok continuou se olhando no espelho para ver se tudo estava no lugar. Ele, Heechul, Siwon, Taehyung, Yesung e Jongin almoçaram juntos. Não podia negar que adorou passar um tempo com os irmãos Kim, pois os três era muito divertidos. Pôde sentir o tempo todos os olhares intensos de Yesung sobe si. Achava o mais velho muito lindo, e acabou sorrindo pra ele várias vezes.  

 

- Hobbie?  

- Wow, Taetae!  

 

O ruivo virou pra trás e viu o loiro devidamente arrumado. Taehyung estava com uma camisa preta e vermelha, um blazer preto brilhoso da Saint Laurent. Vestia também uma calça jeans preta justa e sapatos sociais verniz preto. Ao olhos do mais novo estavam azuis e o cabelos loiro jogado na testa como usava casualmente.  

 

- Você tá lindo Hobbie. - selou os lábios do mais velho.  

- Não mais que você meu gatinho.  

 

-;- 

 

HeeChul e os dois adolescentes estavam no carro. Ambos estavam ansiosos e o mais velho tentava acalmá-los.  

 

- Respirem fundo e arrasem. Vocês conseguem.  

- É muito gente tirando foto o mesmo tempo. - Taehyung mordeu os lábios.  

- Mostre que tem atitude. Imagine que quem está tirando as fotos é o Hoseok. Seduza as câmeras. - o Kim  sorriu.  

 

 

Os dois assentiram vendo que o carro já tinha parado. Os três desceram e viram Siwon conversar com alguém desconhecido por Tae e Hope.  

 

- Chegamos rapazes. - HeeChul abraçou o namorado por trás e sorriu.  

 

Taehyung e Hoseok ficaram de boca aberta quando viram que o desconhecido era nada mais nada menos que Min Yoongi com os cabelos negros. Eles não tinham visto o resultado já que Suga saiu mais cedo do salão. Ele estava lindo, com os fios escuros contrastando com a pele alva dele.  

Yoongi por sua vez engoliu seco vendo o quão belos os dois ficaram. Eles conseguiam ficar mais bonitos do que já eram. Olhou nos olhos dos dois e quase pode ver o caminho do paraíso, mas também o caminho pro inferno. Eles oscilavam entre o pecado e a pureza, e Yoongi não sabia mais o que fazer já que estava cada vez mais viciado nos dois.  


Notas Finais


VAI TER LEMON NO PRÓXIMO E VAI TER MAIS NAMJIN.
O que acharam do Jimin de cowboy junto com o Channel lindo?
QUERO.
Já sabe quais lugares você vão no show? To querendo a pista premium mas.... ALGUÉM QUEM COMPRAR UM RIM MEU?????

Beijos <333333333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...