História Call me daddy × Jikook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Amor, Babyboy, Bottom!jimin, Daddy, Jikook, Mensagem, Sexting, Sugardaddy, Top!jungkook
Exibições 187
Palavras 637
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe qualquer erro

Capítulo 3 - Set


Fanfic / Fanfiction Call me daddy × Jikook - Capítulo 3 - Set

Durante esses dias Jungkook vem sendo um verdadeiro daddy para mim, ele vem me mandando mimos, meu guarda roupa ja não aguenta mais de tantos presentes que venho ganhando dos papai. Ele tem muito ciúmes dos outros daddy comentando coisas pervertidas em minhas fotos, então eu venho a provocar ele. Coloquei um mimo que um dos daddy me mandou *mídia* e postei com a legenda "i want you, daddy" e comentários e corações foram vindo, Jungkook sempre estava atento as minhas fotos e quem eu adicionava na lista, era incrível a sua persistência em querer me tornar o seu babyboy.

@jeonjgk: oh meu baby! Você está tão incrível com essa roupa, seria uma pena eu rasgar ela com os meus dentes!

Evitei ler os outros comentários em razão que minha mente é muito fértil, então acabarei ficando duro, e eu não posso me tocar sem a permissão de um daddy.

<<  Mensagem >>>

Jeonjgk: você está sendo um péssimo babyboy!

Pkjmin: eu não estou fazendo nada, daddy!

Jeonjgk: você sabe dos meus ciúmes e fica cobiçando os outros daddy, você é o mais desejado do site e todos te querem como baby, até os mais ricos o deseja!

Pkjmin: mas eu não quero dinheiro daddy, eu quero apenas amor e atenção!

Jeonjgk: eu posso te dar isso e muito mais, kitten!

Baby?

O que você está fazendo?

Pkjmin: eu estava respondendo os outros daddy!

Jeonjgk: outros? Você não vai ter outros nunca, você é meu Park Jimin, eu sou o seu daddy! De quatro agora! Você está sendo um péssimo baby! Já!

Pkjmin: [áudio] eu estou sendo um pessimo garoto, daddy kookie? Estou como o daddy mandou, o que devo fazer?

Jeonjgk: use o brinquedinho e repita "eu  vou ser um ótimo babyboy" sem gemer ou falhar!

Pkjmin: [áudio] e-eu v-vou s-ser u-um  o-ótimo bab-Ahh- d-desculpe da-ahh!

Jeonjgk: você falhou baby, eleve o consolo para o 2  e repita "eu sou apenas do daddy kookie!"

Pkjmin: [áudio] e-eu sou a-apenas do -ahdaddy ko-kookie!

 Consegui daddy?

Jeonjgk: não baby, você falhou novamente, eleve o consolo ao 3 e não se toque se não serei obrigado a lhe punir mais!

Pkjmin: mas daddy o 3 é o mais grosso, eu não vou aguentar!

Jeonjgk: Apenas faça o que o daddy manda!

~pkjmin ficou off~

Eu não estava aguentando mais esse consolo toda vez, eu preciso dele, isso não me preenche, por mais que minha imaginação me faça imaginar seus beijos, "carícias", tapas e gemidos nada é real, apenas fruto. Eu tentei repetir tudo que o daddy mandou mas eu gemia cada vez que  eu forçava o consolo em minha entrada, assim como ele pediu, eu já estava com o membro pulsar dentro da calcinha de seda, eu não a removi por inteira apenas abaixei um pouco da parte traseira para penetrar o seu brinquedinho. O terceiro foi mais difícil pois ele era mais grosso do que o primeiro, eu não aguentei e me derramei em gemidos e contorções de prazer ali mesmo, minha cama batia contra a parede   devido o meu êxtase de prazer, assim como ele me pediu, eu gravei um áudio gemendo, eu também sei que isso o afeta bastante, e nesse horário ele deve estar no trabalho. 

Alguém bateu na porta, mas quem viria me visitar? Oh! Deve ser o correio com mais mimos, meu guarda roupa não aguentava tantas roupas e acessórios. Removi o brinquedo da minha entrada e depois o lavando, coloquei uma calcinha mais apertada que não marcasse o meu membro que estava duro e depois coloquei um vestido  preto que ficava 4 dedos acima do meu joelho, uma meia calça preta com lacinho na coxa, arrumei meu cabelo e desci. Abri a porta e sorri para quem estiver ali. E não era o correio, pois ele não chega nas pessoas chamando de babyboy.


Notas Finais


É só para vocês não esquecerem da fic ♡ amo vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...