História Calm hands, heart shaken. 《Imagine Jungkook》 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais
Visualizações 43
Palavras 522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Ficção, Fluffy, Harem, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sim, lajajsjakqjw eu to fazendo outra história.
Essa vai ser tipo, a melhor que eu vou fazer ammansjsa

Vou me esforçar.

Capítulo 1 - Chapter One; the beginning


Fanfic / Fanfiction Calm hands, heart shaken. 《Imagine Jungkook》 - Capítulo 1 - Chapter One; the beginning

Jungkook andava distraído com a música que ouvia em seus fones. O garoto de apenas quatorze anos ia na lojinha da esquina. Precisava comprar seu remédio no estabelecimento onde vendia produtos orgânicos e naturais; Seus pais ainda acreditavam que o 'floral ia ajudar Jeon. Mesmo ele insistindo que não adiantava nada.

Entrou na loja com a sua receita, andou até o caixa e tentou ao máximo não olhar pra dócil atendente.

-São três caixinhas?- Ela perguntou e Jeon a encarou.

-S-sim...-ele corou e ajeitou os cabelos, vendo a atendente separar as caixinhas com desenhos de flores. Jeon olhava os remédios com desgosto.

-Não gosta de tomar?- A mais nova olhou para Jungkook, que assentiu e fez uma careta.

-Não precisva ver como um remédio em si, são gotinhas de flores.-  A jovem sorriu e colocou as caixinhas na sacola decorada. 

Jeon pagou e foi pra casa, vendo sua mãe fumar e seu pai trabalhar. Nenhum deles cuidava do menino. Ele é carente como um gato manhoso.

Jung subiu pro quarto e colocou as caixinhas do remédio na gaveta do criado mudo. Vendo um cartãozinho cor de rosa cair;

"Atendente Y/N 

    Loja na rua Xxxxxx, bairro Xxxxx. Número Zz.

Celular; (zz) zzzzz zzzzz

Volte sempre!"

Jungkook sorriu bem de leve, guardando o cartão na sua caixinha.


(....)

3:54, terça feira.

Jungkook chorava, estava desesperado e precisva de alguém pra desabafar. Pegou seu celular e adicionou o número da moça de pele pálida.

Deixou a timidez de lado por um minuto e ligou pra jovem, sentindo o arrependimento vir.

You- Alô..? -Y/N dizia sonolenta e se sentava na cama.

Jjk-e-eu...d-desculpe...- Jeon soluçou, chamando a atenção da jovem

You- oh...como se chama meu bem?- A jovem se levantou e vestiu a calça

Jjk- Jeon...Jungkook....-Jung soluçou novamente.

Y/N pediu o endereço de Jungkook depois de alguns minutos de conversa.

A mãe de Jeon trabalha de noite num bar, e seu pai vive cansado. Não acorda nem com um trator demolindo a casa.

A Jovem ligou e avisou que estava porta, Jeon desceu as escadas rapidamente e abriu a porta.

Seu rostinho inchado, os lábios tremendo, indicando seu choro novamente. Seu olhar triste, magoado. Aquilo partiu o coração bom de Y/N, que abraçou o menino com calma, acariciando seus cabelos, ouvindo seu choro baixo.

Ambos entraram na casa, subindo pro quarto totalmente organizado de Jungkook.

O qual se sentou na cama e coçou o olhos, Y/N se sentou ao lado do menor e passou sua mão pela lateral do rosto de Jungkook. 

Jeon timidamente encostou a cabeça no ombro da dócil menina.

Ambos estavam quietos, não queriam quebrar o clima bom que estava no ambiente.

A menina pegou a mão de Jeon, acariciou a mesma e sussurrou; "Sempre que precisar de um abraço, pode me chamar..."

Jung sorriu escondido e depois de um tempo, caiu no sono na mesma posição.

A menina o deitou na cama e o cobriu, se sentando numa poltrona que tinha no quarto.

-Noona...- Jeon resmungou manhoso e a menina respondeu com um  "Uh?"  -Deita aqui comigo...-Ele completou e ela andou até a cama, se deitando junto do menor. Que logo deitou a cabeça no colo da mesma, rodeando sua cintura.

Ambos pegaram no sono.

De manhã, Jeon acordou, percebeu a mais velha dormindo e cheirou o pescoço da jovem, sentindo seu cheirinho doce....


Notas Finais


Rsrss que nervorser
Ficou boa?

Floral; Remédio natural a base de flores para mudança de comportamento


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...