História Caminhos cruzados - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drogas, Paixão, Psicóloga, Vida
Exibições 4
Palavras 569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Bem gente, vocês já devem ter uma ideia de quem é não é? Kkk Fiquem com esse capitulo...

Capítulo 2 - O reencontro, o drogado e a surpresa


Fanfic / Fanfiction Caminhos cruzados - Capítulo 2 - O reencontro, o drogado e a surpresa

O senhor demora em responder e eu fico impaciente:

-Diga de uma vez! De onde me conhece?

-Safira... – Bem, ele sabe meu nome – Sou eu... Joseph... –Não pode ser o mesmo Joseph! – Namoramos na escola...

Minha armadura cai, eu fico de braços cruzados, estática, até que ele olha para mim, ele ainda é lindo...

Ele te magoou... Não merece nada!

-Safira... – Ele desmaiou.

-Mas que droga! Porteiro! – Ele aprece correndo – Você pode ver se ele tem algum parente? Eu vou subir, se ele não estiver com nenhuma identificação mande-o para cima, no meu apartamento...

Oque você está fazendo sua burra?! Ele não merece nem que algum parente venha busca-lo! Ele merece apodrecer em alguma rua.                           

Entro no elevador e aperto *711* na senha e ele abre na porta do meu apartamento, entro, digito a senha de novo, e começo a me despir, tiro meu vestido azul, solto meu coque e tiro minhas lentes – N/A: Eu uso óculos na vida real – E entro no banheiro, a água fria em contato com meu corpo, me fazendo arrepiar, é delicioso... Saio do banho e vejo que tem uma mensagem do porteiro...

_MENSAGENS_

Charlie (Porteiro): Parece que ele...

_MENSAGENS_

Será que ele está bem? Só me falta ele não ter ninguém no mundo!

Você ainda pergunta se esse canalha está bem?! Se toca garota! Ele é a causa dos seus sofrimentos!  

Abro a mensagem e tomo um susto, e meu estomago fica com borboletinhas...

Ele não merece o seu nervosismo!  

Charlie (Porteiro)  

 

 

|Parece que ele não tem ninguém para contatar senhorita, devo manda-lo para cima?|  

 

|___________________________________________________________| |MANDAR|    

                                                          **********************

Eu penso muito, mais muito mesmo, até que descido manda-lo entrar...  

Charlie (Porteiro)  

 

 

|Parece que ele não tem ninguém para contatar senhorita, devo manda-lo para cima?|       

 |Deixe-o entrar... |               

                                 

|___________________________________________________________| |MANDAR|     

                                                          ******************   

E está feito... Coloco meu pijama mais comportado e espero o elevador abrir, quando ele se abre, lá está ele, caído nos braços do porteiro, eu o pego e digo um obrigada, o elevador se fecha e eu estou sozinha com meu ex – idiota – namorado pelo qual eu tenho ódio.  

Então olho para ele e para suas roupas, ele está tão sujo, mais magro do que antes, dou uma risada...

Oque você está pensando garota?! Que ele vai mudar para você?! Não é assim que o mundo real funciona!

Tem razão subconsciente, esfrego minhas olheiras e o pego, oque eu estou fazendo?

Sendo uma estupida...

Levo ele até o banheiro e o sento no vaso sanitário, e o dispo devagar... Jaqueta... Blusa... Calça... Tênis... Meias... E paro, o observo, com tristeza no olhar... Ele está cheio de hematomas, machucados e...

Chupões! Viu sua burra! Ele tem vadias suficientes para dar banhosinhos nele...

Agora não tem como voltar atrás, penso, e levo minhas mãos a cueca dele, um pouco hesitante, e a tiro, vejo ele se remexer um pouco, mas continuo, sempre olhando para a cueca...

Estou realmente curiosa, mas o levanto pelas costas e saio arrastando-o, desligo a banheira e o coloco dentro, pego o sabão e passo em seu corpo, e pego o xampu e passo em seu cabelo, com cuidado, sentido sua pele...   

Não ouse ter nenhum sentimento por esse idiota!

Eu sei! Discuto comigo mesma, seco ele e coloco meu short de dormir mais largo, coloco suas roupas para serem lavadas, e eu me deito, fecho os olhos e estou pronta para dormir quando...

 

 

Que droga acabou de acontecer aqui?!


Notas Finais


Foi até ai que eu imaginei, esse subconsciente me irrita, até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...