História Caminhos Traçados. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Aiden, Alan Deaton, Allison Argent, Breaden, Brett Talbot, Chris Argent, Claudia Stilinski, Cora Hale, Corey Bryant, Danny Mahealani, Derek Hale, Ethan, Garrett, Gerard Argent, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jordan Parrish, Kate Argent, Ken Yukimura, Kira Yukimura, Laura Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Marin Morrell, Mason Hewitt, Matt Daehler, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Noshiko Yukimura, Paige, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Talia Hale, Victória Argent
Tags Morey, Pydia, Scisaac, Sterek, Teen Wolf
Visualizações 229
Palavras 2.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura 😻❤🌈

Capítulo 3 - Imortal?


Acordo levemente enjoado, estava em um lugar branco e cheio de luz, olho para os lados era um hospital. Olho no pé da minha cama Derek dormia sentado em um sofá, seu peito musculoso subia e descia, seus cabelos estavam bagunçados, ele estava com outra roupa não a mesma de ontem, já devia ter se curado era um lobisomem.

Fleshs da noite passada passam por sua cabeça, Vicent contando sua verdadeira história, destruindo tudo que um dia achou ser verdadeiro. Sentia raiva do pai, porquê nunca lhe contou sua verdadeira história, a verdadeira causa da morte de sua mãe.

Stiles sente sua cabeça explodir de dor, tenta mexer suas mãos mas a dor só aumenta, Stiles grita e olha para os seus braços, estavam enfaixados até os cutuvelos.

Um flesh rápido passa em sua cabeça novamente, quando jogou óleo em Vicent uma boa parte caiu em seus braços, queimando eles.

Derek acorda assustado com o grito de Stiles, se coloca ao lado do garoto rapidamente.

- Stiles o que foi?

Seu sono era aparente, sua voz estava rouca uma coisa que Stiles achava muito fofo.

- meus braços… minha cabeça.. minha perna…

A perna de Stiles latejava.

-Há Stiles, a bala era pra mim, não pra você — fala Derek pegando a mão do garoto, sentir sua mão tocar a do garoto era bom. Derek nunca contou há ninguém suas reais emoções por Stiles, sentia uma atração forte pelo garoto, mas tinha medo de dizer isso em voz alta e perder o respeito de todos.

absorvendo a dor de Stiles, suas veias saltam ficando pretas gotas de suor se acumulam no rosto do lobo seus olhos azuis brilham mais logo voltam pro verde normal.

Depois disso ficou um silêncio mortal, Stiles não sabia o que falar, então para quebrar o silêncio Stiles fala com seu jeito engraçado e convencido.

-Eu fui Um herói..

Stiles fala se gabando

-Claro é o superman. 

Derek usa o tom de ironia que Stiles sempre usa.

-Não eu prefiro o batman.

fala Stiles como se fosse uma criança de cinco anos. Derek revira os olhos, mas no fundo achou fofinho.

- já que você está melhor vou embora.. Melissa pode ficar aqui com você o resto da noite.

Derek levanta e vai até a porta a abrindo. Parecia estar com pressa para sair do quarto. Ou só queria realmente se livrar de Stiles. Uma tristeza caí sobre Stiles.

-fica aqui, ja que eu fui seu Batman o máximo que você pode fazer é ficar aqui comigo.

Stiles o olha com cara de cachorro que caiu da mudança. Stiles sente vontade de rir dava pra perceber a raiva no rosto de Derek. 

-Okay

fala Derek com um mal-humor que na opinião de Stiles era a coisa mais fofa do mundo.

- Derek… o que aconteceu… depois que desmaiei?

Stiles pergunta com medo da resposta.

- hmm eu perdi algumas coisas também, mas quando acordei estava todo o pack na sua casa… ajudando a deixar tudo um pouco menos quebrado… Quando seu pai chegou contamos tudo há ele... E sua reação não foi nada boa… ele surtou mas depois nos ajudou a levar o corpo pro necrotério sem muita burocracia…

Stiles corta a fala de Derek.

- e sobre eu ser… um feiticeiro.. minha mãe.. minha história… tudo que eu acreditava era mentira Der…

Derek se senta ao meu lado, põe a mão em minha perna.

- ele confirmou tudo Sti…. Mas não o culpe… ele teve que se esconder, ou melhor esconder você.

Stiles olha Derek com uma tristeza aparente.

- tudo é uma mentira Derek… eu não sei o que sou.. Eu não me sinto mais Stiles Stlinski….

Stiles olha para suas mãos, o garoto não se reconhecia mais, será que era assim que Scott se sentiu Quando se transformou em lobo? Um nó se forma em sua garganta, não ia chorar, não queria que todos percebessem sua dor.

Por impulso Derek segura forte a mão de Stiles, olha nos olhos do garoto menor.

- Stiles… não vou falar que te entendo, nasci lobo… nunca me descobri lobo…. Mas eu te promete que eu e todos da alcatéia vamos te ajudar… você também faz parte dela… e sabe disso…

Stiles o olha, as mãos de Derek eram quentes, o calor das mãos do lobo parecem subir pelo seu corpo, o deixando corado.

- você sabe alguma coisa sobre feiticeiros?… sobre o que sou?

O olhar de Stiles era contido, mas o desespero podia ser visto em sua voz e gestos. A porta abre e Derek pula soltando a mão de Stiles. Melissa entra e olha de um para o outro lentamente.

- Se quiserem eu volto depois… sem problemas…

Ela gagueja e vai se afastando rapidamente, suas costas batem na porta que havia se fechado. Stiles da uma risada cansada.

- volte aqui mamãe McCall, Derek estava só me dando apoio.. estou precisando.

Derek estava com vergonha de tudo, tinha sido pego de mãos dadas com Stiles.

-tudo bem Stiles… eu fiquei sabendo de tudo… realmente não sei o que falar… ultimamente fico sem palavras para tudo.

Ela da uma risadinha meio que para si mesmo. Derek fica quieto sua cara de constrangimento era evidente.

- Só vim avisar que já está de alta… tem sorte que o tiro não foi fundo… e você também está se curando mais rápido, não tão rápido quanto os lobos.. mas bem mais rápido que um humano normal… coisa que você não é… há Desculpa querido..

Ela fala de um jeito desesperado.

- tudo bem Melissa, tenho que me conformar com isso… o mais rápido possível.

Ela faz que sim com a cabeça.

- então podemos ir?

Derek pergunta depois de um tempo calado.

- sim podem ir… só não o deixe sozinho Derek… ele pode cair e se ferir de novo…

- porque eu? Não tem como Scott, Lydia ou Liam ficar com ele?

- há Desculpa então senhor Hale. Não quero lhe atrapalhar.

Me lavanto com dor na perna, coloco uma bermuda com muita dificuldade, coloco uma camiseta e olho de Derek para Melissa.

- Obrigado mamãe macCall. Obrigado por ter ficado aqui comigo Derek.

A mágoa era evidente na voz de Stiles, Melissa o olha sair do quarto. Melissa se aproxima de Derek e da um tapa no braço do homem.

- aí, porque fez isso?

Ele faz uma cara de dúvida.

- você é burro ou o que Derek? Stiles não tem só uma quedinha por você, tem um róla daqueles que você vai parar a metrôs de distância. Eu vi o carinho que você segurou a mão dele, todos vêem o carinho reprimido que você tem pelo garoto… você não vai deixar de se abrir por medo Derek. Não machuque ele, não se machuque.

Ela passa a mão no local aonde ela deu o tapa. Derek sai correndo sem responder Melissa, queria ver Stiles, mas não sabia se isso era o certo ou o pior se Stiles o queria por perto. Quando chega em Stiles o garoto esta sentado em uma cadeira, gemia de dor. Ao ver Derek ele segura os gemidos mordendo os lábios.

- vou ligar para Scott… não preciso de você. Pode ir embora Derek.

A mágoa estava estampada na voz e no rosto de Stiles.

- vamos…

Derek pega Stiles no colo, com muito cuidado, parecia que o garoto ia quebrar. Derek o leva para o carro, o coloca no segundo banco da frente, passa o sinto pelo garoto, vai até o banco do motorista entra e se senta.

- você está confortável?

Stiles fica assustado com o jeito carinhoso de Derek.

- está tudo bem?

Stiles pergunta com um olhar evidente de dúvida.

- está sim.. vamos pra minha casa okay? Não posso ficar morando com você… e Melissa pediu pra mim cuidar de você.

- eu ia pedir isso mesmo, não quero ver meu pai por enquanto…

- okay.

Um silêncio mortal fica entre os dois.

- eu acho que você não deveria culpar ele.. eu faria o mesmo por um filho.. eu faria isso por todos do pack também.

Stiles não fala nada simplesmente respira fundo. Novamente o silêncio reina no carro. O peito de Stiles doia, a perna latejava, os braços estavam enfaixados. Stiles se esquece por um momento de Derek, solta um gemido dolorido para os próprios ouvidos.

Derek não tira os olhos da estrada parecia desconfortável.

Quando chegamos ao seu loft, Derek me pega novamente no colo me levando para seu quarto, sua cama.

- você já ouviu falar em cadeira de rodas?

Stiles olha para ele com um sorriso sapeca de lado.

- já sim… mas não tenho nenhuma… Desculpa se te machuquei Quando te peguei. Não era a intensão.

O olho e sorrio.

- não me machucou não… porque não me deixou no sofá? Você vai dormir aonde? Você vai dormir comigo?

Stiles o olha com cara de espanto. Mas também tinha gostado da idéia de dormir com o lobo.

- nãao, vou dormir no sofá. Você não vai tomar banho? Eu te empresto uma camiseta… só não sei se vai ter calça, durma sem ela se quiser. O banheiro é alí.

Derek aponta o banheiro.

- vou arrumar o sofá e te trago comida, nem tente descer a escada.

Derek praticamente corre pra cozinha.

Stiles entra no banheiro, se olha no espelho, sua pele estava branca, seus olhos fundos com olheiras fundas e negras. Com um suspiro triste Stiles lembra da noite passada. Do jeito frio de Vicent o híbrido. Do jeito que aquela força escura saiu de suas mãos. Do jeito frio que ele atirou na cabeça do homem.

"Eu sou um monstro"

Stiles pensa e se olha no espelho uma última vez. Entra de baixo da água quente a deixando car em seu corpo, o garoto solta um gemido de satisfação pela água quente. Tira as faixas de seus braços e se assusta com o que vê, os braços só tinham alguns queimadinhos de leve. Porém a perna ainda latejava e doía quando ele andava.

O banho é rápido, o garoto se seca e sai apenas de toalha, pega um blusa de Derek a coloca se olha no espelho, nem precisava usar calça. Rio e ponho minha calça cuidadosamente.

Me sento na cama Derek tinha falado para não descer as escadas.

Escuto Derek subir as escadas, estava com uma bandeja grande na mão. Na bandeja tinha, dois pães, dois copos de suco de morango, quatro fatias de pizza e alguns Pães de queijo. Olho para a bandeja na mão de Derek, fico de boca aberta depois olho pra cara dele. Ele estava com um olha de (está olhando o que menino estranho).

- eu não sei se você está com fome… então trouxe tudo que tinha em casa..

Derek da um sorriso sem graça e coça a cabeça. Stiles achou aquilo lindo, Derek conseguia ser fofo quando queria, porque lindo ele era sempre. Stiles sente o rosto queimar de vergonha pelos seus pensamentos impuros.

- eu estou com fome sim… obrigado… Derek… você sabe o que eu sou? Ou o que feiticeiros são?

Derek pega um pedaço da pizza e olha Stiles.

- Feiticeiros, são uma raça imortal de Seres do Submundo descendentes de demônios com humanos, pelo o que sei todos os feiticeiros são estéril, mas acho que sua mãe não…

Derek aponta para o garoto.

Stiles fica pálido, imortal… como assim imortal?

- imortal? Como assim imortal?

Derek se arrepende de ter falado, ele não sabia que Stiles ainda não sabia que era imortal.

- Stiles eu não sabia… Desculpa…

Derek coloca a mão na perna de Stiles, o garoto começa a comer parecia sem vontade.

- mas então minha mãe era uma demonia?…

Stiles coloca as duas mãos na cabeça como se fosse enlouquecer.

- eu acho que não.. ela poderia ser algum tipo de feiticeira.. filha de um demônio maior por exemplo…. Você terá que perguntar pro seu pai.

- eu não tenho coragem… não quero machucar ele… do jeito que eu me machuquei… não quero outra pessoa que amo sofrendo…

Stiles da um suspiro triste.

- eu preciso dormir… estou acabado… Obrigado por tudo Derek… de verdade.

Derek sorrio e faz um gesto carinhoso até íntimo, bagunça o cabelo de Stiles e sorri.

- boa noite… qualquer coisa estarei lá embaixo, me chame.. não desça.

Derek pega a bandeja e sai andando, fecha a porta e desce as escadas, deixa tudo na cozinha e se joga no sofá, como estava muito cansado não demora para pegar no sono.

Stiles não consegue dormir, só conseguia chorar e lembrar das cenas da noite passada, fazia de tudo para seu choro ser abafado mas não conseguia ele saia alto e estridente. Stiles escuta os passos de Derek, que entra no quarto e já vai sentando na frente do garoto o puxando para um abraço caloroso.

- me desculpa Derek..

Stiles solução e Derek não responde, só deita o menino na cama o cobre e fica ao seu lado até ele dormir. Derek fica no quarto a noite toda para ter certeza que o garoto dormia bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...