História Camouflage Series ( F. S. A. T.S ) - Capítulo 58


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Personagens Justin Bieber, Kylie Jenner, Personagens Originais
Tags Alfredo Flores, Chantel Jaffries, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Khalil, Kylie Jenner, Lil Twist, Ryan Bluter, Scooter Braun, Selena Gomez
Exibições 358
Palavras 1.560
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ÚLTIMO CAPÍTULO!
Há meses atrás, no começo do ano eu estava começando essa história tão amada por mim. E aqui estou no último mês do ano, passando o  último capítulo para vocês.
Não sei dizer a emoção que eu estou em encerrar a fanfic, eu me enrolei tanto porque todos vocês sabem, eu odeio finais. Mas é preciso.
E como em toda minha história, tem um significado, não se esqueçam a de Camouflage: Amar a família e amigos além de tudo, amar a Deus e a vida.
Muito obrigada! Aproveitem o capítulo

Capítulo 58 - Camouflage Series: The End.


 

 [ 13 ANOS DEPOIS, Miguel Bieber POV, Los Angeles, EUA ]

Cheguei em casa puto da cara, como esses paparazzo não podiam me deixar em paz pelo menos naquela hora? Que era tão importante pra mim e eles acabaram expondo para todo mundo. 

- O que aconteceu meu xuxu? – Minha mãe se jogou ao meu lado

- Mãe, sem esses apelidos ok? Você já está beirando os 40 anos. – Falei e ela me jogou uma almofada. – Brincadeira dona Megan. 

- A mamãe aqui tem muito o que viver ainda, tá vendo alguma ruga em mim? – Ela apontou o dedo para seu rosto e eu ri. – Diga filho. 

- Uns fotógrafos, de novo, clicando eu e uma amiga minha. – Bufei irritado. – Eu estou bravo com isso, é a minha privacidade! 

- A meu filho, você tem que entender que nasceu em frente as câmeras, infelizmente não tem o que fazer, tenha paciência. – Minha mãe dizia me dando beijos, eu odiava melação. – Espera...

- A não! – Rolei os olhos ao perceber o que eu tinha dito para ela. 

- Uma garota? Eu não acredito! – Ela disse animada. – Meu bebê, parece ontem que você estava aprendendo a andar. – Vi seus olhos encherem de lágrimas. – Me desculpe, mas eu não seguro. 

- É mãe, seu filho gostosão está ser tornando um homem. – Sorri. 

- Quem está ficando homem? -  Ouvi barulhos da cozinha. Pai. 

- Aposto que o Miguel que não é. – E a mala sem da minha irmã. 

- Seu irmão está se tornando um homem sim mocinha. – Minha mãe disse olhando Jheni de cara feia. – Miguel está namorando!  

 - Mãe! – A repreendi. – Se não fosse pelas fotos vocês não saberiam, podem ter toda a certeza disso. – Falei me lembrando. 

- Esse é o meu Bieber! Eu estou tão orgulhoso de você Miguel! – Meu pai disse me dando um abraço, droga eu odeio isso! – Yeah! 

- Por que Miguel pode namorar e eu não? – A abstenção foi toda para minha irmã. – Nossa! Não me olhem como fosse me matar.

- Nem pense nisso mocinha, entendido? Antes dos 18 nem em sonho! – Meu pai disse autoritário. – É apenas pro seu bem. – Ri. 

- Toma trouxa! – Falei rindo e meu pai fez cara feia. – Foi mal aí! 

- Jheni sabe que o que é dela está lhe esperando, não precisa adiantar e nem ficar ansiosa por isso, relaxa princesa. – Minha mãe disse lançando uma piscadela para Jheni Borrenta Bieber. 

- E vai trazer ela aqui em casa quando? – Minha irmã pediu. 

- Ainda não sei, ela tem um pouco de vergonha. – Falei bobo. 

- Olha a cara dele amor, está apaixonado. – Minha mãe disse abraçada ao meu pai que sorria para mim todo orgulhoso. 

- Que ânsia, vou sair daqui! – Jheni disse voando dali. Rimos. 

Eu podia dizer que meus pais nunca paravam em casa e que eles eram distantes de mim e da minha irmã mas eu estaria mentindo. Lidar com a fama que veio pra mim dos meus pais era irritante as vezes, mas eu lidava bem até, a única coisa que me incomodava era os holofotes, nisso eu puxei para o meu pai. De todos os jeitos, éramos uma família normal, as vezes eu até pediu um espaço porque os dois velhos não me deixavam em paz, muito menos a minha irmã que era menina, pior ainda. Mas eu os amava incondicionalmente, desde as nossas brigas até os momentos com todos da família, era algo muito abençoado.

Ah! 

[ Justin Bieber POV, Mansão Bieber, Los Angeles, EUA, 16:00pm ]

Me joguei na cama querendo ficar ali para sempre, ultimamente eu tenho andando meio cansado demais, Megan diz ser velhice. Mas caramba, eu já estava com 35 anos! Nossa, nem era velho, mas meus filhos achavam o fim do mundo, já estavam cavando minha cova  e a da mãe deles. Sinceramente estavamos idênticos. 

- Está me achando velha? – Megan disse olhando suas mãos, ri. 

- Claro que não! Eu estava pensando nisso agora, como o tempo passou rápido não acha? – Falei sorrindo. – A gente não mudou!

- É, eu também acho! – Ela riu. – Mas seu filho desnaturado disse que eu estava próxima aos quarenta, eu não quero ficar velha Justin! – Minha mulher disse me abraçando em meio aos beijos. 

- Você não vai meu amor! Relaxa e vamos viver o momento. – Falei a beijando. – Sabe o que eu acho? – Apertei sua bunda. – As crianças estão lá na piscina, eu e você aqui. – Sorri malicioso. 

- Nós dois a sós, uma rapidinha... – Megan sorriu. Essa era minha mulher. – Sabe? Nós não estamos envelhecendo, não pra isso. - Megan disse e então tirou sua roupa. A essa corpo maravilhoso! 

Logo ela tirou as minhas me dando beijos por tudo, inclusive meu ponto fraco, pescoço. Desci uma mão minha até sua vagina que estava toda molhada  peguei e comecei a massagear, vendo Megan se contorcer de prazer então coloquei passei minha mão por dentro, penetrando um dedo em sua vagina, fiz alguns movimentos com os dedos e percebi que ela estava quase gozando. 

 - Ainda não gostosa - Sorri para ela e então desci para sua intimidade, e então cai de boca nela. Comecei passando a língua por toda a sua intimidade, e depois beijei seu clitóris, colocando um dedo dentro dela de novo, e fazendo movimentos circulares com meu dedo, enquanto isso beijava o resto de sua intimidade com vontade, molhei bem a minha boca e enfiei minha língua, a fazendo gemer alto.

- Justin!! - Ela abria as pernas cada vez mais para mim me fazendo delirar de tanto tesão que eu estava sentindo por ela.

Megan gozou, chupei todo seu líquido, meu pau estava latejando de duro, novamente. Meg  abria as  pernas pra mim de uma forma incrivelmente gostosa, aquilo me levava ao céus. Coloquei a cabecinha do meu pau de leve na entrada da sua vagina. Penetrei de leve e vi ela fazer uma cara de reprovação. Comecei a fazer movimentos de vai e vem, entrando e saindo dela deliciosamente, meu pau duro apertava tanto dentro dela, que a cada minuto me fazia querer enfiar mais, e assim fiz, Megan apertava firme meus braços com as unhas e me deixava mais louco ainda, eu chupava seus peitos e metia gostoso nela.

  - Caralho, gostosa, anw - Meus gemidos ecoavam pelo quarto inteiro. Comecei a meter mais rápido ainda, rebolando forte dentro dela, via que Megan mordia o lábio inferior, sexy e gostosa.

- Geme pra mim vai. - Eu dizia aumentando cada vez mais os movimentos dentro dela.

- JUSTIN! - Megan gritou de uma forma eletrizante, gostosa gemeu tanto que eu não me aguentei. Filha da puta. Senti meu pau contrair, ela não deveria ter gemidos assim, fiquei mais louco ainda. Acabei gozando dentro dela. Me joguei do seu lado cansado. 

- Vai se foder! Eu nunca vou cansar disso. – Falei respirando fundo.  – Você fica a cada dia mais gostosa, eu te amo! – Sorri. 

- Não tem um dia que eu queria estar ao seu lado Jay, eu amo você, muito mesmo! – A abracei forte. Meu porto seguro! 

Não importava quanto tempo passasse eu me apaixonada todos os dias novamente pela Megan, por meus filhos, pela vida. Pensar que um dia no passado eu já quis desistir de tudo, me deixa com medo. Eu não teria essa vida maravilhosa de agora. Eu estava em paz, feliz como nunca, quando mais passa o tempo, melhor as coisas ficam. Deus sorria para mim todos os dias. 

[ Megan Bieber Point Of View, Mansão Bieber, 19:57pm ] 

- Anda logo mãe! O tio Ryan e a tia Angelina chegaram! Só falta você. – Minha pequena mas não tão pequena Jheni disse. – Mãe! 

- Desça meu amor, já estou indo. – Falei colocando meu sapato. 

Apenas ouvi a porta bater, essa menina era bem difícil de lidar, assim como eu era na idade dela. Era. Como os anos passaram voando, parecia ontem eu conhecendo o Justin, vendo meus filho nascer, os filhos dos meus amigos... Meu Miguel namorando... Ah! A vida era bela, incrível, eu era apaixonada incondicionalmente por todos eles cada vez mais. Minha família.

*******

   - Deixe ela comigo Khalil, rala daqui que dessa puta eu cuido.  – Uma voz mais8 rouca disse chegando perto de mim.

- Não rela um dedo em mim, e puta são as cadelas que você traça. - Digo brava me afastando, era só o que me faltava mesmo. 

- Escuta aqui menina, nunca mais me ignore, muito menos tente me confrontar, eu sou Justin Bieber!

*******

 - Aonde você vai? E essas bolsas ai Megan? -  Justin pediu confuso na porta da casa.

 - Eu vou embora, e você não vai me impedir. - Digo séria, eu já estava molhada de tanto chorar.

****

- Que você seja feliz, e eu sei que vai, você merece. – Justin disse e seus olhos estavam... Cheios de lágrimas. 
Ele estava chorando. 

 - Obrigada. – Sorri e voltei para meu destino. 

 - Megan eu te amo. - Pude ouvir Justin gritar. 

Deixei minhas lágrimas desabarem, eu esperei tanto tempo para ouvir isso

*****

Parei nas escadas me lembrando desses momentos, olhei para todos que estavam ali presentes, mais um ano. Eles sorriam para mim e  a vontade de chorar batia. Chorar de alegria de amor. Eles eram a razão e o porquê de tudo.

E a nossa regra era nunca parar. 

- Oi família! 

 FIM


Notas Finais


Então... Acabou!
Espero que tenham gostado e quero que deixem comentários sobre a fics se possível! Obrigada.
VENHAM LER MINHA ÚLTIMA FANFIC!!!!
https://spiritfanfics.com/historia/o-lugar-que-eu-roubei-f-s-a-t-s-7126104


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...