História Campeões no Jogo - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Grandine, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Sting Eucliffe, Virgo, Yukino Aguria, Zeref
Tags Casinos, Las Vegas, Nalu
Exibições 480
Palavras 951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente sorry, era pra esse capítulo ter saído quando o outro saiu, só que deu um problema e nem pude entrar pra postar. Desculpa minna!

Bom, boa leitura a todos.

Capítulo 11 - Viajem


Fanfic / Fanfiction Campeões no Jogo - Capítulo 11 - Viajem


Campeões no jogo

Lucy como sempre não tinha absolutamente nada pra fazer, então decidiu ver algumas séries na sala enquanto comia pipoca. Ela estava deitada, apoiando sua cabeça com uma das mãos e a outra levava a pipoca na boca.

Ela prestava tão focada na tv que quando o telefone tocou a mesma levou um grande susto, derrubando o pote no tapete.

-que susto, merda -se levanta e vai até o aparelho- alô?

-o Natsu está?-diz uma voz masculina do outro lado.

-não, ele está no trabalho.

O homem suspirou e logo volta a falar- pode dizer que o pai dele ligou?

-claro.

-obrigado -ele diz e desliga, depois de pôr o telefone no gancho. A porta foi aberta e um ser rosado passa por ela. Subiu as escadas sem ao menos dirigir uma palavra.

Depois de catar tudo e desligar a tv ela foi até o escritório dele, para lhe dizer sobre o telefonema de seu pai.

Lucy deu duas batidas e sem esperar ele responder foi logo entrando. Natsu estava no notbook teclando sem parar, ele parou por um momento e reparou que a loira o encarava. Ela estava vendo cada detalhe daquele rosto sério do rosado.

"Por quê ele não tenta ser menos sério?" -era o que ela sempre pensava ao olhar pra ele.

-o que quer Luce? -ele diz e Lucy saiu de seus pensamentos.

-seu pai ligou hoje -ela disse indo se sentar na poltrona e viu o mesmo desviar o seu olhar pro notbook novamente- não vai ligar pra ele?

O rosado apenas soltou o ar que nem pensava que estava preso e foi até sua maleta, a que sempre levava para empresa. Lá ele retirou duas passagens de avião.

-vai viajar? -ela pergunta.

-nós vamos viajar -ele diz e entrega pra ela as passagens. E de algum jeito isso fez todo o tédio da loira ir embora.

-japão... -ela  diz lendo no papel- porquê?

-eu preciso comparecer a um evento especial -ele volta e se senta na cadeira de couro- e lógico, você vem comigo.

Ela passou seu olhar nos olhos verdes que o rosado possuía, certamente eram lindos, assim como ele. E agora não era um olhar rigído e sério, tinham brilho.

-legal, quando iremos partir?

-depois de amanhã. Agora poderia sair? Tenho trabalho a fazer -Lucy nada diz, apenas sai de lá e vai para seu quarto escolher suas roupas.

***

O dia da viajem chegou, os dois estavam no aeroporto esperando o chamado para seu vôo, que estava atrasado. Por isso, pra passar o tempo, foram a uma cafeteria.

-Natsu -Lucy o chamou- você nem me disse qual era o evento.

-é mesmo -diz e paga a conta- será o casamento do meu pai.

-nossa...-foi então que uma coisa se passou na cabeça da loira. Se ela iria conheçer os pais de Natsu o mesmo não poderia simplismente dizer que ela foi ganha em uma aposta, não é?

-ei... Você não vai dizer que eu fui apostada né...

-claro que não. O que meu pai pensaria de mim se soubesse disso.

-concerteza que o filho gosta de apostar jovens e indefesas -diz ela.

-pra mim você não é nada indefesa. E vou te apresentar como minha namorada ok? -o som do auto falante era ouvido e o vôo pro Japão foi anunciado. Eles pegaram suas malas e partiram.

A viajem toda Lucy dormiu e o rosado também. Depois de horas, Natsu acordou com Lucy apoiando sua cabeça no ombro dele. Com jeitinho e calma foi acordando a loira pra saírem de lá.

Depois do desenbarque Natsu e Lucy pegaram um taxi pra irem até a casa do pai do rosado. Natsu, mesmo que não paresese, estava nervoso. Iria finalmente rever seu pai, seu irmão e a nova mãe dele. Aquilo certamente o incomodava... Nova mãe. Isso seria novo pra ele.

-estamos quase chegando -ele diz pegando na mão da loira.

-algum problema Natsu? -ela pergunta estranhando ele ter pego em sua mão.

-nada, deve ser apenas nervosismo...

-em ver sua família? -Lucy vê ele asentir- quanto tempo não vê eles?

-mais ou menos uns cinco anos -diz mais natural agora.

-nossa, porquê?

-assumi a empresa do meu pai aos vinte, já que Zeref não queria a posse. Desde então eu me dediquei muito ao trabalho que nem venho visita-los.

-você poderia mudar um pouco, sabe, tirar férias e passa-las junto deles -ele nada disse apenas a olhou, entrelaçou seus dedos nos do dela e deu um beijo nas costas de sua mão. Lucy era doce isso ele não podia negar, ela preechia um calor no coração dele. Um calor que não sentia à muito tempo.

-chegamos -Natsu sai do taxi e pega suas malas e vai até o portão onde é recibido por uma empregada da casa, Lucy estava logo atrás dele.

Quando entram a empregada disse que todos se encontravam na piscina e eles deixaram suas bagagens com o mordomo e foram encontrar os donos da casa.

Natsu e Lucy logo viram um moreno mergulhando e uma azulada junto de um ruivo deitados em uma cadeira. Quando o moreno os viu saiu da piscina amostrando seu ótimo porte fisíco e mexendo nos cabelos negros e molhados.

Ele deu um largo sorriso pro irmão e um sorriso malicioso pra loira.

-Natsu, como é bom te ver novamente -ele ira dar um abraço no rosado mas foi afastado.

-Zeref você tá todo molhado.

-ah desculpe -disse- e quem é ela?

Natsu se aproximou da mesma a pegando pela cintura- Lucy. Ela é minha namorada…

-oh, bem-vinda, princesa -diz piscando deixando Lucy vermelha e Natsu com um incomôdo- vem, ele está logo ali -diz se virando indo em direção a Igneel e Grandine.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...