História Camren - The true story - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Exibições 215
Palavras 1.253
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Orange, Shonen-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Camren is real?


 Camila POV


Estava com as meninas ensaiando no estúdio e começou a tocar uma musica na rádio "i found a girl" depois de anunciarem que era do the vamps Lauren levantou e a musica começou, depois que prestei atenção na letra arregalei um pouco os olhos e encarei Lauren, é claro que eu me sentia culpada por isso, de certa forma eu tinha culpa.

Deixe-me explicar, todos os meus fãs acham que sabem a verdade, acham que eu e a Lauren tivemos alguma coisa, mas não é verdade, nunca tivemos nada, a única coisa que tive com ela foi um beijo, meu primeiro beijo, nisso os fãs acertaram, depois disso ficou um clima tenso e eu não consigo mais olhar para ela como antes, nossa amizade mudou completamente, isso acabou comigo.

A musica acabou e eu olhei para a Dinah enquanto a Lauren andava de um lado para o outro, ela pegou e tentou ligar para alguém, podia jurar que era o Brad, mas o mesmo não atendeu, ela olhou para as meninas e depois olhou para mim, foi embora batendo a porta com força.

- Oque foi isso? - Normani falou sentando ao lado da Dinah e suspirou forte.

- Não sei mas... vocês acham que ela está com raiva de mim? - Falei com medo, elas me olharam e a Dinah levantou e foi até a porta.

- Se ela estivesse com raiva, que diferença ia fazer? Ela nem fala mais com você - Dinah saiu indo atrás da Lauren.

- Nossa eu vou acalmar a Dinah - Normani levantou e foi embora, Ally me olhava triste e eu sentei no sofá que tinha ali, queria chorar, era sempre assim, quando o assunto 'camren' era tocado a Lauren saía, a Dinah ia brigar com ela, e a Normani ia acalmar a Dinah e a Ally apenas ficava comigo, mas eu entendia a Lauren, falavam coisas dela que não era verdade, eu me sentiria assim também, lembrei do nosso primeiro beijo, éramos amigas, muito amigas, qualquer um podia invejar a nossa amizade...


Flashback ON 


- Lauren, espera não sai - Impedi que ela saísse da sala e segurei na sua mão.

- Oque foi Camz - Ela me olhou sorrindo, a verdade é que eu sempre senti alguma coisa pela Lauren.

- Queria te pedir uma coisa mas... é difícil de explicar - A verdade é que ela não sentia nada por mim, além da amizade.

- Pode falar Camz - Ela ajeitou o laço que estava nos meus cabelos, a verdade é que eu amava o cuidado que ela tinha comigo, éramos pessoas diferentes, mas a nossa amizade era tão forte.

- Você sabe o Austin... eu vou ter que beijar ele amanhã, você já sabe, mas eu não quero que o meu primeiro beijo seja uma mentira - A verdade era que eu não sentia nada pelo Austin, enquanto eu estava com ele eu só pensava na Lauren.

- Eu entendo, mas você aceitou isso então vai ter que aguentar - A verdade era que eu amava esse jeito dela, ela era tão linda mas tão grosseira ao mesmo tempo, não era nem grosseira e sim verdadeira.

- Lauren, eu quero que você me beije - A verdade era que eu queria os lábios da Lauren mais que qualquer coisa no mundo, ela me olhou por longos segundos, olhou para a minha boca entreaberta, ela não falou nada, não teve reação alguma, apenas me beijou, um beijo lento que eu nunca consegui decifrar, depois ela foi embora e eu nunca pensei que esse beijo ia fazer a nossa vida mudar. A verdade é que eu sempre fui apaixonada pela Lauren mesmo ela não sentindo nada por mim.


Flashback OFF


Deixei que uma lágrima caísse dos meus olhos e depois outra, quando me dei conta já estava chorando, Ally veio me confortar como sempre, tinha que parar de chorar, Dinah não podia ver meu sofrimento, ela iria descontar tudo na Lauren, depois que a minha amizade com a Lauren acabou eu fiquei muito amiga da Dinah então qualquer um que fizesse eu sofrer ela iria descontar tudo nessa pessoa, oque eu fiz com esse grupo? Isso é tudo a minha culpa.

Lauren POV

Vocês não tem noção de quanto eu to nervosa, mas o Brad me paga, aposto que foi ele quem fez essa musica, tentei ligar para ele mais uma vez mas não consegui, por isso eu terminei com ele, por ele ser um idiota, abri a porta do meu carro mas não entrei pois a Dinah me puxou pelo braço, seu olhar transmitia raiva mas eu não ia deixar ela me intimidar, tirei a mão dela dos meus braços e encarei ela.

- Deixa eu ir - Falei sem tirar meus olhos dos dela, logo vi Normani chegando.

- Você não vai a lugar algum, e vai me escutar - Ela me puxou, eu queria fazer alguma coisa mas era difícil, ela é bem mais forte que eu - Você acha que essas suas atitudes não deixa a Camila mal? Ela fica mal com isso Lauren será que você não enxerga isso? - Mais uma vez o assunto Camila foi tocado nessa conversa, toda vez que ela falava na Camila eu não conseguia conter a minha raiva.

- Você fala que a Camila fica mal com tudo isso mais é mentira, ela não ficou mal quando ela começou a namorar o Austin - Camila chegou bem na hora que eu falei isso, olhei para ela e seus olhos estavam vermelhos, eu estava prestes a chorar também, mas não vou chorar na frente dela.

- Você sabe que não era um namoro de verdade - Dinah falou, nesse caso ela tinha razão, não sei nem porque eu sentia ciumes disso, Camila nunca foi minha namorada e oque ela tinha com o Austin não era sério.

- Dinah calma, não precisa briga - Normani começou a acalmar a Dinah, era a única que conseguia.

Entrei no meu carro e fui atrás do Brad, tenho certeza que ele ta ensaiando a nova musica com os amiguinhos dele, chorei o caminho todo, quando eu cheguei no local entrei sem nem pedir permissão, e encontrei ele rindo, quando me viu recuou um passo mas eu avancei nele empurrando ele na parede.

- Você ta louco de fazer uma música daquelas? - Eu já estava com raiva, nem eu me conhecia mais.

- Porque você se importa, a única coisa que tem na musica é a verdade - Dei um tapa na cara dele com toda a minha força mas ele não fazia nada.

- Na musica você fala que estava apaixonado por uma menina que gostava de outra menina, você sabe que isso não é verdade Brad - Os outros meninos da banda me seguraram.

- Vai dizer que não é verdade agora? Nunca gostou da Camila? Nunca se importou por ela ter namorado o Austin? - Depois que ele falou isso eu avancei em cima dele e dei um soco na sua cara e sorri com ele caíndo no chão e os meninos irem segurar ele, saí de lá e entrei no meu carro, não sei de onde senti forças para bater nele, Camila e Austin na mesma frase nunca me fez bem, mas eu ainda não sabia o porque, nunca gostei da Camila como namorada, isso era verdade, mas sempre soube que ela gostava de mim, liguei o carro e fui para a minha casa, cheguei e encontrei minha mãe no sofá e subi para o meu quarto, não queria chorar só fechei meus olhos e dormi, esperando que aquela dor acabasse logo.


Notas Finais


Procede?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...