História Camren one shots - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Camila Cabello, Elizabeth Gillies, Fifth Harmony, Shawn Mendes, Troye Sivan
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Elizabeth Gillies, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes, Troye Sivan
Visualizações 552
Palavras 3.156
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, aq esta.
Erros concerto depois.

Capítulo 2 - A Autora (final)


Camila tirou a blusa e jogou-o de lado. Em seguida, ela desabotoou o seu sutiã rendado cor de pêssego. Após um momento de hesitação, ela deslizou para fora, expondo seios pequenos, com grandes auréolas, marrom. O sutiã voou para a outra sala Lauren prendeu a respiração na deliciosa vista. Parecia uma eternidade desde que ela tinha estado com outra mulher. Escrevendo em reclusão, em seguida, viajar por semanas em um tempo não fazia namoro fácil. “Droga,” ela murmurou, olhos sobre os enrugados mamilos marrons. Camila sorriu nervosamente, e Lauren percebeu que estavam ambas um pouco desconfortáveis.

“Sinto tipo...”

“Estranho?” Camila terminou sua oração. “Yeah.” Lauren deu uma risadinha.

“Já faz um tempo desde que fiquei despida na frente de alguém.”

“Você não está ainda.” Camila acenou para ela. “Vá em frente. Você conhece o velho ditado, não vou morder a menos que você queira.” Lauren sorriu, então percebeu que ela tinha parado de se despir e rapidamente tirou a blusa. Ela desabotoou o sutiã branco funcional e deixou-a cair no chão. 

“Eu sabia!” Camila falou vitoriosamente. 

“O quê?” Lauren estava confusa.

“Eu fantasiava sobre você antes. Sua pele é tão bonita, branquinha, e com certeza fica marcada facilmente e com mamilos rosados.”

“Você fez?” Ela ficou espantada. Ela tinha estado tão ocupada, que não tinha tido tempo para fantasiar. “Oh sim.” Camila deu um passo mais perto.

“Eu suspeitava que era modesta. Eu estava certa.” Ela passou o dedo sobre a parte de cima do seio de Lauren.

“Eu geralmente sou modesta. Quer dizer, eu não costumo cair na cama com alguém que acabei de conhecer. Isto não é assim como eu. Tem sido...”

“Um longo tempo entre as danças?” Camila sorriu. “Bem, sim. Um tempo muito longo. E você é tão bonita e sexy...”

“E com tesão como o inferno, e porque tem sido um longo tempo maldito para mim também?” Ela passou as palavras juntas rapidamente. 

Lauren riu. “Sério? Eu não sei por que, mas isso me faz feliz.”

“Provavelmente pelo mesmo motivo que eu estou por ver seus seios. Eu não quero pensar em mais ninguém cobiçando seus lindos peitos.” A excitação fechou na espinha de Lauren, o envio de uma centelha direto para o seu núcleo. Ela sentiu a umidade entre as pernas e correu para tirar as calças e calcinhas.

“A água está ficando fria.”

"Nós não queremos isso.” Camila seguiu seu exemplo, despindo e jogando suas roupas de lado. Ela mergulhou um dedo do pé na banheira. “É apenas certo. Venha.” Ela se acomodou em uma extremidade da banheira, e Lauren subiu para o outro, de frente para ela. Elas mudaram suas pernas desajeitadamente por um minuto até que eles entrelaçaram em uma posição confortável. Lauren chegou para o vinho. “Aqui está.”

“Obrigado.” Camila aceitou seu vidro, encostando-se na banheira. “Isso é bom.” Ela tomou um gole, seu olhar sobre Lauren. “Isto é o céu. Eu estive na estrada por tanto tempo.” 

“É por isso que você não está com alguém? Todas as viagens que você tem que fazer?”

“Eu não sei.” Ela encolheu os ombros, girando o líquido pálido em torno de seu copo. “Parece que há sempre alguma coisa. Quando eu escrevo, eu enterro meu nariz no computador. É tudo que eu quero fazer, viver e respirar meus personagens. Depois que eu terminei um livro, eu acho que vai ter uma pequena pausa e, em seguida edições começar a rolar dentro.”

“Há muitas alterações?” Camila arrastou o dedão do pé no estômago de Lauren.

"Às vezes. Minha editora e eu trabalhamos bem juntos. Eu sei o que ela procura e tudo isso. Mas as coisas passar por mim. Às vezes eu me pergunto: ‘O que no mundo que eu estava pensando?' ”

“Não! Certamente que não.” O dedo do pé de Camila escorregou abaixo, fixando-se no vale entre as pernas de Lauren.

Lauren achou mais difícil de se concentrar. “Oh sim. Ninguém é perfeito. Eu escrevi uma passagem onde uma mulher disse: ‘Não me provoque’, mas eu deixei de fora um ‘e’ e escapado como ‘Don’t tase me‘ (o correto seria don't tease me). Nós rimos sobre isso durante semanas.”

"Não é a mesma coisa,” Camila concordou, rindo. Seu dedo do pé centrada no clitóris de Lauren, formando pequenos círculos. Lauren olhou para o teto, tentando manter o foco. “E então há a promoção. As pessoas que pensam que os livros se vendem estão errados. Há um monte de trabalho de pé envolvidos....Jesus, Camila!” ela agarrou os lados da banheira, seu clitóris aumentado, pulsando. “Você é muito boa com o trabalho de pé lá.” Um lento sorriso se espalhou pelo rosto de Camila. “Esperava que você pensa-se assim. Algumas pessoas não estão em pé. Eu acho que eles são uma outra zona erógena, muitas vezes esquecido.”

“Eu amo pés,” Lauren resmungou enquanto seu sensível cerne era massageado. “Esse dedão do pé é especialmente agradável.” 

"Você está respirando pesadamente, querida.” Camila puxou pé. “Eu deveria dar-lhe um minuto.” contínuo Camila, com um sorrio cínico.

“Você deve trazer esse pé de volta aqui!” Lauren procurou sob a camada de bolhas por ele mas não pode agarrar.

“Fácil, agora.” Camila pegou um dos pés de Lauren, usando os dois polegares para pressionar pequenos círculos no arco. “Apenas relaxe. Nós temos a noite toda.”

“Cristo!” Lauren adaptou-se. Tinha sido assim por muito tempo e a estimulação sentia tão bem. Mas Camila estava certa, elas tinham a noite toda. Não há necessidade de pressa. Ela pegou a taça e tomou um gole. A massagem nos pés sentia bem demais, e ela inclinou a cabeça para trás. “Ah...”

“Assim?” Camila mexeu cada dedo, mergulhando um dedo entre cada par, acariciando. “Muito bom. Você já considerou se tornar-se uma massagista?” Camila riu.

“Nah. Esfregando corpos me deixa muito excitada. Eu ia acabar fodendo todos os meus clientes e eu acredito que isso me classificaria como uma prostituta. Até agora, ninguém me pagou para fazer sexo.” Ela amassou o pé com movimentos firmes, em seguida, trouxe mais alto e plantou beijos leves sobre ele.

Lauren se contorcia de prazer.

“Eu poderia pagá-la se você der esse tratamento para o outro pé.”

“Acredite em mim...” Camila mordiscou o menor dedo do pé antes de mudar o pé. “Tenho a intenção de dar esse tratamento a cada parte do seu corpo.” A ideia enviou arrepios de excitação através de Lauren. Ela afundou mais abaixo na água, agarrando ambos os lados da banheira. Ela fechou os olhos e apreciou a massagem sensual. Quando ambos os pés eram tão flexíveis como a borracha, Lauren suspirou. Antes que ela pudesse falar, Camila se levantou e trocou as posições na banheira, deslizando atrás dela, de frente para a mesma direção.

“Olá,” A latina sexy sussurrou em seu ouvido. 

"Um, oi. Espera. Deixe-me aquecer isso.“

Lauren se inclinou para a frente e puxou o plugue, permitindo a banheira para escoar parcialmente. Conforme ela acrescentou mais água quente, Lauren sentiu os dedos brincando sobre seus quadris e bunda. Quando a banheira estava mais quente e cheio de novo, ela se recostou no peito de Camila.

“Ah, assim está melhor.”

“É.” Camila circulou seus braços ao redor Lauren, segurando ambos os peitos. “Muito melhor.”

"Ah…” Lauren chegou para baixo, mas nessa posição não podia agarrar nada exceto as pernas de Camila, que envolveu em torno dela. “Foda.”

“O quê?” Camila murmurou, beijando-a no pescoço.

"Eu não posso esfregar-lhe. Eu quero colocar minhas mãos em seu corpo.”

“Em breve.” Ela apertou as mãos de Lauren e apertou-os, fixando-os em suas coxas. “É a minha vez.” Ela voltou com as mãos para os seios, colocando a plenitude antes de beliscar os mamilos. “Você vai me enlouquecer.” Lauren se contorcia novamente. “Eu tenho os mamilos muito sensíveis.”

“Bom saber.” Camila beliscou ambos os mamilos e puxou eles. Sensações deliciosas inundaram Lauren. A menor estimulação do clitóris iria mandá-la voando e ela estava pronta para isso. Ela virou a cabeça para o lado para encontrar os lábios de Camila. “Mais.” Elas se beijaram, as línguas correndo, buscando. Camila continuou acariciando um dos seios, e o beijo delicioso parecia durar para sempre. Camila finalmente puxou seu rosto longe, sua mão beliscando o tenro mamilo. “Mais o que, bebê?” Sua outra mão deslizou entre as pernas de Lauren, dividindo o cabelo emaranhado pela água. “Mais de algo como isto?”

"Sim…isto.” Lauren fechou seus olhos novamente. “Muito disso.” Ela ouviu uma risada suave. Os dedos dela separaram, examinando as dobras que não estavam estritamente molhadas da água.

Lauren estava preparada e pronta para seu primeiro orgasmo nas mãos desta latina. “Mmm, você é tão suave. Você se sente bem.”

“Essa mão é o que se sente bem. Ah, sim, esfregue-me, baby. Esfregue meu clitóris e me faça gozar.”

"Eu quero que você goze.” Camila beijou o lóbulo da orelha, circundando o clitóris com pressão lenta que cresceu mais vigoroso. “Eu não posso esperar para enterrar meu rosto lá e fazer você gozar com a minha língua. Para ver sua boceta apertando, pulsando... então me embeber com seus molhados, sucos pegajosos.”

“Oh deus!” Lauren sempre tinha se sentido excitada para conversa sensual. Ter Camila murmurando em sua orelha, roçando seu clitóris, beliscando seus mamilos, à sensação era demais.

Ondas de choque explodiu através dela. Lauren agarrou as coxas segurando-a em um aperto monstruoso e estremeceu através de uma liberação gloriosa. “Mmm.” Camila afastou o cabelo do pescoço de Lauren, beijando em todos os lugares que ela pudesse alcançar. Vendo que Lauren tremia ela lançou o peito que estava atormentando e embalou-a em um abraço. “Isso foi bom.”

"Isso é dizer pouco.” Lauren olhou de lado e sorriu. “Isso foi incrível. Beije-me.”

“O prazer é meu.” Camila agradeceu, suas bocas encontrando uma a outra com fome, tanto fome por mais. “Eu adoraria fazer muito mais para você na água, mas está ficando frio novamente. Acho que devemos secar e passar para a cama.”

"Parece bom.” Lauren deslizou por entre as pernas fortes e se levantou. Ela retirou o dreno e pegou duas toalhas. Passando uma de volta, ela saiu para um tapete de banho. “Estou todo enrugada.”

“Você é linda. Quer mais vinho?” Camila olhou para a garrafa, metade consumida.

"Talvez mais tarde.” Lauren lançou sua toalha de lado e ofereceu uma mão para a linda latina. Camila saiu e se secou rapidamente. Adicionando sua toalha para a pilha no chão, ela seguiu Lauren para o quarto.

"Vamos nos livrar disso.” Lauren tirou a colcha. Ela virou-se para baixo dos lençóis e deu um tapinha na cama. “Venha aqui, baby.”

“Eu não terminei com você.” Camila caminhou em sua direção. “Eu tenho mais algumas horas de degustação para fazer.”

"Você vai ter todo o tempo que você quiser. Agora, é a minha vez. Eu tenho que colocar minhas mãos em você.” Ela acomodou a latina em cima da cama antes dela, empurrando-lhe as pernas. “Você é tão bonita! Abra-se, bebê. Estou entrando.”  Camila jogou a cabeça para trás e riu. Ela abriu as pernas, em seguida, viu como Lauren beijava caminho para cima, a partir de um tornozelo. “Oh sim.”

"Deite-se e relaxe. Isso pode levar algum tempo. Devo-lhe algum tormento.” Contorcendo na cama, Lauren lambeu atrás do joelho, Camila gemeu. “É uma tortura. Eu não gozei por tanto tempo, eu sinceramente não me lembro da última vez em, que as baterias não estavam envolvidas, isto é.” Lauren deu uma risadinha. “Eu ouvi isso. Eu me lembro da última vez, mas não foi muito satisfatória. Não desse jeito.” Ela beliscou a parte carnuda da coxa de Camila.

“Não é como você. Você é perfeita.”

“Dificilmente. A luxúria cegou você, sweet.”

“Bom. Eu espero que eu continue cega.” Ela se acomodou em frente ao ápice onde um remendo bem aparado de cabelo castanho brilhava com a umidade. “Mmm.” Camila alargou seus pés para melhor acesso. Lauren soprou sobre a área sensível, em seguida, passou por ela e mordeu o caminho até a outra perna.  Camila gemeu em frustração. “Você é do mal!”

"Eu mal comecei. Quando eu terminar aqui eu preciso passar algum tempo com essas mamas deliciosas.”

“Isso não vai demorar muito tempo.”

“Hey!” Lauren agarrou a segunda coxa e chupou ruidosamente. “Não diga coisas desse tipo.”

“Ai! Certo, certo!” Lauren teve de parar, a fim de rir. Ela sacudiu o dedo para sua amante. “Não fale assim novamente. Eu amo o tamanho dos seus seios. Mais do que um punhado é um desperdício.”

“Se você diz que sim.” Camila mexeu as pernas abertas e fechadas. “Isso vai deixar uma marca.”

“Comporte-se, ou eu vou plantar uma em algum lugar onde as pessoas podem ver.”

“Sem promessas. Eu nunca fui boa em ficar longe de problemas.” Lauren olhou para cima, para o olhar sensual da mulher. “Bom. Eu gosto desse jeito. Agora, se incline para trás e relaxe. Eu tive minha luxúria saciada, então isso pode demorar um pouco.”

Um gemido frustrado voltou em resposta, e Lauren sorriu. Isso é muito divertido. Ela tinha esquecido o quão maravilhoso poderia ser passar o tempo com uma mulher. Olhando para o corpo sexy da mulher, ela sorriu.

Ela olhou para os seios empinados diante dela com fome, em seguida, baixou o olhar para o remendo bem aparado de cabelo castanho. “Mmm, você é como um buffet. Por onde começar?”

Camila ergueu os braços, puxando seu cabelo fora de seu pescoço e, em seguida, deixá-lo cair. Ela espreguiçou-se. “Nós temos todo fim de semana. Por que não começar no início e não parar até que um ou ambas de nós desmaiar de total satisfação?”

“Eu amo a sua maneira de pensar.” Lauren puxou a mulher em seus braços, acariciando a pele macia como as mãos e arrastou de volta ao topo. Ela capturou os lábios de Camila em um beijo, que cresceu mais apaixonado enquanto elas acariciavam uma a outra. Uma das mãos de Camila mergulhou entre as pernas de Lauren, espalhando suas dobras. Ela se contorceu com o toque delicioso e alargou sua posição para melhor acesso. Camila introduzido um dedo em sua vagina e empurrou. “Oh Deus,” murmurou Lauren, precisando de mais.

Lauren caiu sobre a cama, quando Camila a empurrou.

"Não!." Lauren protestou.

“Estou morrendo de vontade de experimentá-la.” Camila rastejou entre as pernas de Lauren e espalhou mais ampla. Lauren se inclinou para trás enquanto a boca de sua amante se concentrou em seu clitóris. “Oh, sim, você faz.” Ela estava molhada já, sua boceta escorrendo quanto camila lambia e chupava várias dobras carnudas. Não demorou muito para que ela sentiu os primeiros arrepios de um clímax. “Umm, continue. Estou perto.”

“Você tem um gosto tão bom.” Camila escondeu o rosto no vale e rosnou. “Eu poderia ficar perdida aqui.” Sua língua retomou sacudindo palpitante clitóris de Lauren.

“Sua boca é perfeita.” Lauren empinava contra os lábios sensuais que lhe devorava. Faíscas de prazer fechou através de seu corpo, centrando-se no seu núcleo. “Ah, eu estou gozando!”

“Vamos lá.” Camila manteve o ritmo frenético como Lauren sacudiu com um orgasmo intenso.

Ela aproximou-se para as alturas e, lentamente, voltou novamente, a boca ainda trabalhando mais. “Isso foi maravilhoso.” Camila escondeu o rosto na barriga de Lauren enquanto ela subia seu corpo. “Eu sou uma bagunça pegajosa. Agora nós duas somos.”

“Venha me beijar. Eu gosto de bagunça pegajosa.” Ela caiu em cima de Lauren com um grande sorriso e um rosto brilhante. “Você quer me beijar?” Lauren levantou a cabeça, em resposta, a captura dos lábios salgados em um beijo voraz. Ela gostava do sabor de boceta, seus próprios sucos a excitava ainda mais. Ela chupou a língua de Camila, atraindo tanta essência que podia.

“Hum, eu acho que você faz.” Camila acariciou o seio de Lauren, elas se beijaram novamente.

“Adivinha o que eu quero que você faça agora?” Lauren afastou o rosto.

“Foder você?” Camila perguntou.

“Ainda não. Apenas uma de nós está molhada. Suba até aqui e sente em meu rosto. Depois que você gozar muito bem, então podemos foder como coelhos.”

“Mmm.” Camila montou o rosto de Lauren com os joelhos. “O que faz você pensar que eu não estou molhada? Assistindo você vir, provando seu almíscar, estou tão molhada como posso estar.”

“Nós vamos ver isso.” Lauren partiu o cabelo encaracolado castanho e mergulhou, de cara, nos centímetros acima de sua boceta. “Mmm,” ela gemeu, como o suco quente fluiu.

“Eu disse que estava molhada.” Camila se contorcia. Lábios pressionados contra os lábios inferiores, Lauren murmurou:

“Não tão molhada quanto você vai estar. Depois que eu chupar seu bonito clitóris, eu quero que você monte minha língua. Ir com tudo, como se estivesse em um cavalo xucro.” A mulher em cima dela gemeu, e Lauren sorriu para si mesma. Por mais que ela adorava ouvir a conversa suja, ela adorava falar ainda mais. Ele acrescentou outro elemento para o sexo, ajudando em orgasmos fabulosos. Ela agarrou ao clitóris rosa de Camila e chupou em sua boca. Quando parecia que a amante dela ia explodir, ela soltou e lambia sua boceta. “Vamos, bebê. Monte-me. Empale sua boceta na minha língua.” Camila gritou quando seu corpo tremeu e balançou. Lauren ficou com ela até que ela tinha certeza de que o clímax estava completo, terminando com pequenas, lambidas de gatinho para a área inchada.

“Filha da puta!” Camila finalmente murmurou. Ela subiu para trás fora Lauren, deslizando sua boceta molhada ao longo pele lisa. “Você sabe alguns truques, bebê. Eu não tenho certeza que eu já gozei tão bem.” Mais uma vez cara a cara, Lauren sorriu e bateu em seu queixo molhado.

"Beije-me. Eu quero provar você e eu juntas.” Os olhos castanhos de Camila vidrados com uma emoção, Lauren só poderia identificar como luxúria. Suas bocas se uniram de forma abrupta, o beijo profundo e apaixonado. Mãos vagadas acima de peitos, amassando, beliscando, sentindo. Quando elas finalmente se separaram, Lauren era mais voraz do que nunca. “Agora,” ela insistiu. “Foda-me agora.”

“Sim,” Camila concordou .

Ela cutucou a ponta da boceta de Lauren com dois dedos, empurrando para dentro e para fora outra vez, lentamente.

“Mais,” Lauren empurrou seus quadris. “Eu estou pronta. Dá-me tudo.” Com um movimento suave, Camila enfiou três dedos de uma vez.

“Oh yeah!” Lauren gritou. Ela saltou seus quadris para cima e para baixo, ansiosa por mais. “É melhor se apressar e se juntar a mim. Eu vou gozar, realmente rápido.”

"Não sem mim!” Camila se levantou, ficando sentada, enquanto Lauren colocava dois dedos em sua boceta. Ela gemeu quando seu corpo afundou, em seus dedos. “Oh Deus, oh Deus,” repetiu ela, moendo-se para baixo.

“Não é fabuloso?” Lauren cerrou os dentes. “Caramba, você está quente.”

"Você e eu juntas, bebê.” Camila apertou o rosto de Lauren com uma mão. “Olhe para mim.” Lauren abriu os olhos, fitando os olhos castanhos de Camila.

Lauren não sabia se era o verde no castanho ou o castanho no verde.

“Você é linda.” Camila falou.

“Nós somos bonitas juntas.”

Camila bateu seu corpo para baixo, e ambos gemiam. “É nós duas, você conseguiu isso não é?”

“Eu entendo.” Lauren nunca havia sentido mais querida em sua vida. Ela não poderia colocar o sentimento em palavras. Camila ainda segurando o rosto dela em um aperto, e ela virou-se para beijar a mão.

"Fique comigo,” Camila encorajou. “Assista comigo.”

“Eu vou tentar.” Olhos de Lauren queria desesperadamente fechar, para rolar para trás, para explodir direito fora de sua cabeça, mas ela manteve contato visual com sua amante sensual. Elas gozaram juntas, ofegante, gemendo, observando uma outra o tempo todo.

"Fica comigo?" Camila perguntou.

"Sim, por quanto tempo você quiser."

Fim!


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Dêem opiniões para a proxima se querem:
*Camila GP
*Lauren GP
*Ou sem ser GP


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...