História Camren- Te Amo Para Sempre - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Austin Mahone, Demi Lovato, Fifth Harmony, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Selena Gomez, Shawn Mendes
Exibições 479
Palavras 1.432
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOIIN BOLINHOS, MOMMY DENS VOLTOU COM O ULTIMO CAP (SERA?)

BOA LEIRUTA

Capítulo 12 - Capítulo 12


Acordei com o despertador, desliguei o mesmo, me levantei e fui fazer minhas higienes matinais, tomei banho e fui vesti minha roupas, assim que terminei desci as escada e fui para a cozinha.

 

-Bom dia mama. -Disse dando um beijo nela. -Bom dia Sofi. -Dei um beijo nela e fui onde meu papa estava e dei um beijo nele. -Bom dia papa.

-Bom dia hija. -Papa e mama diz.

-Bom dia Kaki. -Minha irmã diz e eu me sento, pego uma torrada e meu cafe.

-Filha, nós vamos hoje para a casa da sua abuela, tem como você pedi a Milika para você dormir lá ate domingo, não quero você sozinha nessa casa, não quero que você taque fogo em casa. -Mama diz bebericando seu café.

-Mama, eu posso chamar as meninas para dormir aqui comigo, o que acha? -Digo com esperança dela deixar.

-Se a Milika, Patricia e Andrea deixar, tudo bem. -Mama diz.

-E a Clara mama. -Digo

-Sim, a Clara, nós vamos de noite -Mama diz se levantando.-Nós temos que ir, tchau hija.

-Tchau pessoal. -Digo e meu pais junto com minha irmã sai.

 

Vou para o meu quarto, escovo os dentes e pego meu celular e minha mochila, desço as escadas, saio de casa e tranco a mesma, boto as chaves na mochila e vou caminhando ate a casa da Lolo, depois de chamar ela nós vamos para o colegio, chegando lá fomos ao refeitorio e as meninas como todos os dias estavam la, fomos ate elas.

 

-BOM DIA AMIGAS LINDAS DO MEU CORE. -Falo gritando e abraçando cada uma.

-Tá, o que você quer Bunduda. Chee fala e eu olha para ela confusa. -Milinha você já viu o tamanho da sua bunda?

-Não é pra tando. -Falo revirando os olhos. - Ta, minha mãe vai viajar junto com meu pai e minha irmã e ela mandou pedi a cada uma de suas mães, ate você Lolo, para dormir la em casa comigo, ela acha que se eu ficar sozinha eu sou capaz de taca fogo em casa. 

-Nós vamos. -Todas quatro diz em coro.

-Eu concordo com a tia Sinu, não é confiável deixar a Mila sozinha em casa. -Mani diz e todas rir. -Um dia tava eu e ela na minha casa e eu pedi para ela esquentar a água, dai eu fui no meu quarto pegar uma coberta e eu ouvi ela gritando, quando fui correndo para a cozinha a panela estava pegando fogo, como? Eu não sei. -Ela disse e as meninas começaram a rir que nem hienas asmaticas.

-Tá bom gente, so foi uma vez e eu ja sei cozinhar. -Eu disse e o sinal toca.

 

XXX

 

Assim que as três primeiras aulas termina o sinal toca, guardei minhas coisas e como sempre eu era a ultima a sair, depois de guarda minhas coisas e bota a mochila nos meus ombros, o Austin enta na sala e fecha a porta.

 

-Milinha querida, que bom te encontrar aqui sozinha. -Ele diz se aproximando de mim.

-Austin deixa de palhaçada e abre essa porta. -Digo dando passos para trás por que o mesmo estava vindo em minha direção.

-Sabe Mila. -Ele fala ignorando o que eu disse. -Eu gosto de você, gosto muito, desde o dia que te vi. -Ele fala e segura meus braços com força.

-Austin, você esta me machucando, me larga eu vou gritar. -Digo com medo.

-Não grita Milinha ou vai ser pior. -Ele disse apertando mais meus braços e eu ja chorava.

-SOCORRO, ALGUEM ME... -Eu grito mais ele tapa minha boca com sua mão. 

-Eu pedi para você não gritar. -Ele diz tirando a mão da minha boca tentando me beijar.

 

P.O.V Lauren

 

Estava no refeitorio com as meninas e Camz estava demorando muito.

 

-Meninas eu vou atras da Camz, faz 10 minutos que ela ainda não chegou. -Digo me levantando e as meninas assentem. 

 

Saio dali e vou no banheiro e nada dela, vou em todos os lugares e ela ia e depois decido ir na sala, boto a mão na maçaneta mas a porta a trancada, bato na porta mas não vem ninguem para abrir, quando ia embora ouço a voz da Camz.

 

-CAMZ VOCÊ TA AI. -Tento abrir a porta mais não da.

-LAUREN SOCORRO, ME AJUDA POR FAVOR, O AUSTIN TÁ AQUI. -Camz grita.

-VAI EMBORA GAROTA. -Austin grita e meu sangue ferve.

-EU VOU MATA VOCÊ BOMBRIL .-Digo me afastando um pouco da porta e dou um chute na mesma a arrombando. -LARGA ELA. -Digo indo para cima dele, pego no seu colarinho e dou um soco na cara dele e o mesmo cai no chão, subo em cima dele e defiro varios socos nele ate o mesmo ficar desacordado e Camila me puxa, olho para ela e a mesma estava chorando. -Você esta bem? Ele te machucou? Fez algo com você? -Digo abraçando ela.

-So me tira daqui Lolo, por favor. -Ela me pede me apertando mais ao abraço.

-Tudo bem, vamos. -Peguei sua mochila e saimos da sala.-Hey, moleque chama uma enfermeira, o bombril esta desacordado na sala, faz esse favor. -Falo e o garoto assente e sai correndo, fomos para onde as meninas estavam e me sentei com a Camz no meu colo ainda me abraçando.

-Hey MIla, o que foi? -Dj perguntou com a cara preocupada.

-Eu nã-ão que-quero fa-falar sobre is-sso, nã-ão ago-agora. -Camz disse entre soluços.

-Camz, você tem que falar para o diretor. -Digo e ela me aperta.

-Nã-ão Lolo. -Ela disse.

-Camz, eu não vou deixar aquele panaca sair em pune. -Eu disse e segurei seu rostinho fazendo ela olha para mim.

-Mais você ja bateu nele ate desmaia, ja basta. -Ela diz.

-Não Camila, você vai agora para a sala do diretor e... -Eu tava falando mais o diretor veio ate nós e me interrompeu.

-Jauregui, venha comigo na minha sala, e você também Cabello. -O diretor diz e sai dali.

-Pronto é agora, meninas quando nós voltamos eu conto tudo. -Disse e as meninas assentiram, eu e Camz foi para a sala do diretor, bati na porta e ele mandou nós entrar e se sentar, Austin estava lá e so fez meu sangue ferver.

-Bom senhorita Jauregui, um garoto veio aqui avisando que o Mahone estava na enfermaria desacordado e ele disse que foi você que bateu nele. -O diretor fala olhando em meus olhos.

-Sim diretor, eu bati nele mais posso explicar se o senhor permitir. -Digo também olhando em seus olhos.

-Diga senhorita Jauregui. -Ele pede.

-Bom, eu estava no refeitorio e a Camz -Olhei para ela e segurei sua mão. -estava demorando muito e decidi procurar ela mais não achei em lugar nenhum, fui la na sala e ela estava la dentro junto com esse panaca. -Olhei para o Bombril que estava todo arrebentado. -Desculpa, o Mahone, e a porta estava trancada e ela pediu socorro, eu arrebentei a porta e ele estava segurando ela que estava chorando, eu fui ate ele e bati nele ate desmaia. -Falei e o direto olhou para o Bombril.

-É isso mesmo Mahone, você estava trancado na sala com a Cabello? -O diretor perguntou e o bombril não falou nada. -Cabello foi isso mesmo?

-Si-sim diretor, ele tentava me beijar a força e tentava tirar minha roupa também, se não fosse a Lauren... -Ela dizia e do nada começou a chorar, me levantei fiquei de joelhos na frente dela.

-Calma Camz, não chora. -Disse passando meu polegar na bochecha dela secando as lagrimas.

-Pode ir Jauregui e Cabello. -O diretor disse e eu e Camz se levantou indo ate a porta. -Cabello, você quer prestar queixa na delegacia? -Olhei para Camz que olhou para mim e eu concordei.

-Si-sim. -Ela disse e me abraçou.

-Tudo bem, vou ligar para a delegacia e para os pais do Mahone, a senhorita pode esperar um pouco? -Ele perguntou e ela concordou, sentamos de novo na cadeira e dessa vez Camz sentou no meu colo.

 

O direto ligou para a delegacia e para os pais do bombril, depois da expulsão dele, Camz falar com os policiais e prestar queixa, o bombril foi preso, os pais do dele pediram desculpas para a Camz e foi embora.

Depois de tudo isso eu e Camz fomos para a casa dela e ficamos esperando as meninas chegarem, depois que elas chegaram eu contei tudo para elas e disse que ia para casa pegar algumas roupais.

Assim que peguei, voltei para casa da Camz e fiquei com ela ate as meninas voltarem, elas foram pegar roupas para passarem a semana toda aqui com Camz.


Notas Finais


É ISSO AI BOLINHOS :)
TOMARA QUE GOSTEM :)
COMENTEM POR FAVOR :D
DESCULPA QUALQUER ERRO :\
MOMMY DENS AMA VOCÊS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...