História Can you be my hero - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X, Sistar
Personagens Hyoryn, Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Soyou, Won Ho
Tags All In, Fighter, Monsta X, Perfect Girl, White Girl
Exibições 32
Palavras 1.587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bombaya

Capítulo 2 - Monsta x?


- Atualmente

 

- Seohyun-

Ensaiar, ensaiar e ensaiar! Foi isso que fiz o ano inteiro após ter sido chamada pelo CEO da Starship. Não estou reclamando, de forma alguma! Mas me sinto frustrada por não ter encontrado ninguém.... Não que poder ver o sunbae HyungSoo seja chato, mas sinceramente, eu queria ter visto sei lá... A Soyou? Ou quem sabe até mesmo o meu tão lindo Minhyuk!

Acho que estou pensando demais... Monsta x está promovendo neste exato momento, não vou vê-los tão cedo. Na realidade, eles não pararam de promover desde que eu entrei aqui. Por esse motivo talvez eu me sinta tão desanimada e frustrada.

Respirei fundo e voltei a ensaiar, precisava terminar a coreografia de hard carry para poder então fazer cover dela com uma amiga. Já estávamos planejando isso tinha algum tempo, quando eu tivesse um tempo livre, faríamos apresentações de rua apenas para distrair um pouco a cabeça, afinal... Eu também preciso de diversão.

Conheci a Jisoo quando as audições da SM começaram, eu e a conheci na fila, acho que foi a única coisa boa que essa empresa me deu até então. Ela é mais nova que eu, mas de certo modo é bem mais responsável, exceto quando o assunto é um certo Suho, por quem ela é completamente apaixonada.

Terminei de pegar os últimos passos da coreografia e me joguei no chão, como era cansativo! Peguei o celular e notei que já passava da meia noite, bom... Acho que exagerei desta vez.

Todos os dias tem treino diário para os trainees e depois podemos fazer o que quisermos, obviamente tenho um emprego de meio período e pela noite volto para a sala de ensaio e fico pegando coreografias aleatórias ou até mesmo criando passos novos.

Espreguicei-me mais uma vez e me levantei, deveria limpar tudo antes de ir embora. Lentamente comecei a organizar o local, não iria demorar, já havia virado profissional em limpar a sala, pois as outras garotas gostavam de me deixar para trás e eu não tinha muita opção.

Nunca fui muito sociável, se parar para pensar, dentre todas as garotas que estão aqui se esforçando para debutar, e até mesmo para chamar atenção de qualquer um dos garotos que convivem no mesmo prédio que elas, talvez eu seja a mais fracassada. Vim parar aqui por um único motivo, e ok... Tem o secundário, mas não importa, ele não é importante, se parar para analisar os fatos, as chances do Monsta x falar comigo é zero.

Em minha mente é sempre a mesma coisa, eu fico lá admirando os posters dos membros espalhados pelo prédio, as músicas que são tocadas com frequência, o fancafe cheio de fãs loucas para poder ter uma chance de tirar uma foto com os garotos... Todos ocupados e amando suas fãs, e eu quero muito poder ter essa sensação, de ter fãs para amar também.

Claro que se um dos membros me amar, não iria ser ruim não, muito pelo ao contrário, minha avó ia gostar da ideia.

Mas ainda assim, acho impossível eles me perceberem e se for esperar pelo meu debut, só quem sabe daqui dois anos. Claro em meus sonhos eu já namorei o Minhyuk várias vezes! Coitado, eu até o criei no the sims quando tinha tempo para jogar.

Ri boba com meu pensamento ao me recordar que o meu Minhyuk havia ficado mais que perfeito no jogo, e principalmente que tivemos quatro filhos e um clube chamado x-clan. Como eu amo the sims.

Fui despertada de meus pensamentos no momento em que um rapaz de cabelos róseos bateu três vezes na porta, eu larguei a vassoura e olhei na direção do som, o que me deixou bastante surpersa ao perceber quem era.

Kihyun estava na porta, segurando dois copos de suco e me olhando com um sorrisinho bobo nos lábios. Eu olhei para os lados meio confusa e corei um pouco ao perceber a sua proximidade. Não podia agir como fã, eu trabalho na mesma empresa que ele! Vamos Seo, se recomponha.

 

- Estou te atrapalhando? – Ele perguntou e olhou para a sala que já estava praticamente limpa. Eu neguei com a cabeça e continuei a encará-lo. – Eu a vi treinando, na realidade... Passei pelo corredor algumas vezes e percebi que você não parou em nenhum instante, então... – Kihyun riu das próprias palavras e estendeu um dos sucos para mim. – Pensei que estivesse com sede.

- Uh? – Por que eu estou tão envergonhada? – Obrigada. – Agradeci e peguei o suco, tomando um pouco do mesmo e percebendo que realmente, eu estava com muita sede. – Mas... O que o sunbae está fazendo aqui nesse horário? – Perguntei curiosa, ele terminou de dar mais um gole em seu suco.

- Ah, eu e os meninos passamos aqui para largar algumas coisas e já estamos indo para o dormitório, e você? – Ele dizia aquilo com a maior tranquilidade e eu, trouxa, estava achando tudo incrível demais.

- Ah... Só treinando... – Resmunguei timidamente e me agarrei ao suco mais uma vez.

- Entendi... Bom, eu só vim te entregar isso mesmo! Até mais e descanse! Não fique aqui até tarde. – Ele acenou e saiu tão rápido quanto entrou.

 

Meu coração só foi parar de bater tão rapidamente depois que cheguei no meu dormitório e tomei um banho praticamente gelado para tentar colocar a cabeça no lugar.

Até pouco tempo atrás eu estava certa de que o Monsta X não apareceria tão cedo e principalmente que não me notaria e agora ganhei suco do Kihyun... Eu estou sonhando?

Respirei fundo e sai do banheiro enrolada na toalha, fui até meu quarto e então notei que a janela estava aberta e que o quarto do prédio do lado estava com a luz acesa, o que não era comum. Aproximei-me um pouco mais da janela para que pudesse a fechar e me vestir, mas me deparei com um rapaz muito bonito, praticamente sem roupas. Devia estar só de cueca.  Forcei então a vista mais um pouco e assim percebi que meu vizinho de janela não era ninguém mais que Shin Hoseok, e ele estava ali, tão exposto pra mim. Ah que beleza, eu acho que estou enlouquecendo de vez.

Corei violentamente ao notar que ele viu que eu estava o encarando e então fechei a janela rapidamente quando lembrei que também estava quase pelada.

Peguei a primeira roupa que tinha pela frente e abri a janela mais uma vez. A luz permanecia acesa, mas o garoto não estava mais lá. Suspirei pesado e me joguei na cama. Era o Wonho mesmo? Ou eu quem estou viajando demais?

Minutos depois ouvi algumas batidas na porta do meu dormitório, corri para atender, afinal de contas, podia ser algo importante.

Então Wonho apareceu, invadindo meu dormitório e indo até meu quarto, o mesmo estava claramente indignado com algo.

- O que você pensa que ta fazendo? – Perguntei me irritando com o abuso do mais velho, ele olhou para a janela do meu quarto e avistou o quarto dele e riu.

- Como eles podem colocar uma fã em um dormitório da empresa? – O loiro perguntou, eu o olhei e ri. Fã?

- Você não é uma fã? – Ele perguntou mais uma vez.

- Eu sou uma trainee. Agora me dá licença, tenho que acordar cedo amanhã. – Dei de ombros com tamanha bagunça que ele estava fazendo e o empurrei para fora de meu quarto.

- Ya ya, espera! – Ele parou e eu continuei tentando o empurrar, mas era difícil, Wonho era maior e mais musculoso pessoalmente do que por fotos ou vídeos. – Então por que você me encarou tanto?

- Eu o encarei? – Corei violentamente e me afastei. Não tinha como negar isso não é? Ele percebeu e riu da situação. – S-Só achei estranho... Já estou aqui faz um ano e aquele quarto nunca estava com as luzes acesas. – Justifiquei, ele me olhou um pouco surpreso.

- Um ano? Mas eu quem nunca vi a sua luz acesa! – Rebateu ele. Espera, ele também tinha curiosidade sobre o meu dormitório? – Talvez os nossos horários fossem diferentes.

- É talvez... – Concordei, ele suspirou e foi para a porta mais uma vez. - Não vai pedir desculpas? – Perguntei. Hoseok estava saindo sem se desculpar por invadir a minha privacidade simplesmente pelo fato de achar que eu era uma fã dele. Tudo bem que sou fã do MonstaX, mas não é como se ele fosse meu favorito.

- Desculpas? Aah... – Ele riu mais uma vez e passou a mão pelos cabelos. Aquilo fez com que eu estremecesse por dentro. Odiava quando ele fazia isso nos clipes e lives, imagina pessoalmente. – Eu volto aqui outro dia e te peço ok? Boa noite!

Ele saiu correndo sem falar mais nada e me deixou plantada na porta observando-o se afastar.

O que está acontecendo afinal? Primeiro Kihyun, agora Wonho... Quem mais vai aparecer?

Suspirei mais uma vez e fechei a porta, apaguei as luzes e voltei para o quarto, mexi um pouco no celular e voltei meu olhar para a janela, dava para admirar as estrelas e até mesmo a lua cheia que brilhava intensamente no céu. De fato isso me fazia feliz, apesar do cansaço. Eu era uma das poucas pessoas que tinha uma vista tão limpa e bela do céu dentro da tão iluminada e cheia de vida, Seoul.

As luzes do quarto à frente começaram a piscar, desviando minha atenção para o mesmo e em seguida Hoseok apareceu segurando um cartaz, e então no mesmo estava escrito em letras enormes.

“Te vejo amanhã.”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...