História Can You Feel My Heart? - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias David Luiz
Personagens David Luiz, Personagens Originais
Tags David Luiz, Psg
Exibições 90
Palavras 731
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um!Uhul!!!!

Capítulo 32 - Slow Dancing In a Burning Room


Fanfic / Fanfiction Can You Feel My Heart? - Capítulo 32 - Slow Dancing In a Burning Room

(Amélia's POV)

Eu estou bem chateada,hoje o David vai pra Londres,mas por que eu estou assim?Ele não é nada meu,é só meu amigo:

-vai me levar no aeroporto Curupira?

-vou sim 

-olha,eu prometo que assim que eu arrumar um cafofo lá,você passa um fim de semana em Londres comigo 

-tu sabe que eu vou mesmo né?

-claro que eu sei haha,eu quero que vá mesmo,mas eu vou vir pra cá sempre que der também,ver se os meninos estão cuidando bem da minha casa hahaha 

-eles são guris responsáveis,vão cuidar bem da tua casa hahaha 

-o casal 20 a gente precisa ir-o Dudu falou 

-vamos 

Fomos para o aeroporto e o David se despediu só do Dudu,porque o Gu ia junto,o Gu se despediu também,então o David veio se despedir de mim:

-eu prometo que venho te buscar,você vai ser minha viu 

-deixa de ser bobo David haha 

-deixa você de ser boba e acredita em mim 

-vou tentar 

-é bom conseguir haha,tenho que ir-ele fez um bico fofo 

-vou sentir saudades Samambaia 

-eu também vou Curupira 

-tó-dei uma camisa do meu time de Hockey favorito pra ele-pra tu não esquecer de mim 

-isso é impossível,mas eu amei o presente mesmo assim-ele me deu um abraço apertado,acho que ele só não me deu um beijo,porque não temos nada e ele não quer causar falatório por ai

-boa viagem 

-obrigado minha ruivinha 

Ver o David se afastar e entrar naquele portão de embarque doeu,eu confesso,mas vai ser bom pra ele essa vida nova.

[...]

(David's POV)

Uma semana,7 longos dias sem ver a minha ruivinha,nesse quarto de hotel,já resolvi tudo com o time,até achei uma casa bacana aqui,perfeita pra Amélia,tem as escadas,mas é espaçosa,da pra ela fazer os exercícios da fisio tranquilamente,tem até um porão,quando ela voltar a dançar,ela vai poder montar o estúdio de dança ali,mas eu vou demorar algumas semanas pra mudar,só no começo de outubro,a casa é nova,mas teve um pequeno planta da cozinha e tiveram que reformar,enquanto isso eu fico no hotel.

-oh cara,melhora essa cara,amanhã você vai ser ruiva haha-o Gu falou 

-to louco pra dar um abraço bem forte nela 

-ta todo apaixonado hahaha

-fazer o que né hahaha 

Finalmente o dia da viagem chegou e a Amélia não sabe que eu estou indo visitá-la,o que vai ser legal,porque vou aparecer de surpresa na casa dos pais dela.Cheguei no aeroporto,o Dudu já estava lá,fomos pra casa,eu deixei minhas coisas no meu quarto e fui pra casa dos pais da Amélia:

-oi David-a Marisa falou,ela sabia da minha vinda-a Amélia ta na fisio,mas daqui uns 10 minutos ela já ta em casa 

-posso esperar no quarto dela?

-claro que pode haha 

-com licença 

Subi até o quarto dela e vi que a decoração era basicamente a mesma de quando ela morava comigo,só tinha uma coisa a mais na decoração,minha camisa do PSG na parede,com meu nome e numero a mostra,abri um sorriso de orelha a orelha com isso;eu estava distraído,deitado na cama e olhando pro teto,quando a Amélia entra no quarto:

-QUE SUST...DAVID!-ela pulou em cima de mim-ah meu deus!-ela me abraçou 

-oi minha ruivinha 

-ta fazendo o que aqui?

-vim te ver,gostou da surpresa?

-adorei-ela sorriu 

-vim amar você também-lhe dei um beijo 

-David,meus pais estão aqui 

-vamos lá pra minha casa,passa o fim de semana comigo

-acho que posso pensar no teu caso hahaha 

Ela arrumou uma mochila com roupa pro fim de semana,avisou os pais e fomos para a minha casa,o Gu tinha ido pro treino do futsal com o Dudu,então estávamos sozinhos:

-a casa é só nossa-falei entrando no meu quarto com ela no colo 

-saudades dessa casa,faz só uma semana que tu foi embora,mas eu sinto falta da tua chatice todos os dias 

-você vai aproveitar muito a minha chatice-dei um selinho nela 

Ficamos deitados na cama conversando,trocando uns beijos roubados haha,até que eu coloquei resolvi colocar umas musicas e começou a tocar Slow Dancing In a Burning Room do John Mayer:

-Ruivinha 

-diga

-quero dançar com você 

-dançar?Endoidou?

-não,quero dançar essa musica,vem-puxei ela pelo braço 

-David!

-shh,só sente a musica-iniciei a musica de novo e comecei a guia-la pelo quarto-uma dança calma com a minha ruiva 

Dançamos calmamente,até a musica a acabou e eu deitei ela na cama:

-agora vamos deixar esse quarto em chamas-dei um beijo quente nela,pra mostrar que eu to louco pra sentir o corpo dela colado ao meu.


Notas Finais


até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...