História Can You Feel My Love? - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Asking Alexandria, Black Veil Brides (BVB), Bring Me The Horizon, Memphis May Fire, Sleeping With Sirens
Personagens Andrew "Andy" Biersack, Ben Bruce, Denis Stoff, Kellin Quinn, Matty Mullins, Oliver Sykes, Personagens Originais
Tags Andy Biersack
Exibições 41
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores, como vão?
Desculpem pela demora, novamente aconteceram alguns imprevistos.
Vou demorar a atualizar pois minha cachorra vai fazer uma cirurgia, e vou ter que dedicar a maior parte do tempo para ela.
Escrevi esse capítulo e sai correndo....
Boa leitura📚

Capítulo 12 - Pain


*1 semana depois*

Mariana On~
     Depois de uma semana, chegou o dia em que Black Veil Brides iria fazer seu show. Eu estava no camarim dos meninos, conversando com CC sobre coisas aleatórias. A porta estava aberta, Juliet passou e me olhou com cara de nojo.
    -nunca gostei dela. -Falou CC
    -Não tinha nada contra, mas ela foi muito rude comigo esse dias atrás.
   -O que ela fez?
   -Eu acabei esbarrando com ela aqui neste corredor, é quase acabei derrubando o açaí dela, ai ela começou a brigar comigo me chamando de retardada, e tal.
   -é, açaí aqui no Canadá é difícil mesmo, mas não justifica ela ter feito isso. Na verdade ninguém da banda gosta dela, apenas Andy gostava.
   -Hum.
   -Chritstian?
   -Que Pitts?
   -Vamos lá, você precisa terminar de arrumar sua bateria.
   -Já vou. Tenho que ir Mari.
   -Okay. -sorri.

Andy On~
     Eu estava sentado no palco, esperando tudo começar, até que vejo Mari e Bela andando perto dos food trucks, ria vendo as bobeiras das duas.
     Estava quase tudo pronto, Eu terminava de me vestir no camarim, já escutava as pessoas cantando algumas músicas que tocará de BVB.
     -Eae, vem sempre aqui?
     -só quando você vem.
Mari havia entrado e me abraçado.
     -Está ansioso?
     -Não... talvez um pouquinho só.
     -Normal.
     -desculpe interromper o casal mas está na hora Andy.
      Olhei naquelas orbis verdes de Mari e a beijei.
 
Mariana On~
      Fiquei nos bastidores vendo BVB tocar, foi um show incrível, eles fecharam com Sweet Blasphemy, uma das músicas que mais amo. Andy veio andando até mim, sorri. Meu celular vibrou no bolso, era... meu pai?
Fiz sinal para Andy que já voltava.

Ligação On~
   -Pai?
   -Filha, aconteceu algo com sua mãe.
O tom no qual meu pai falava não era nada agradável.
   -O que aconteceu?
   -Apenas volte para o Brasil.
  -Primeiro me explique tudo, eu preciso saber o que está acontecendo.
   -Ah alguns meses, sua mãe estava se sentindo mal, fomos ao médico e descobrimos que ela estava com câncer de mama. E agora ela não está nada bem. Preciso que esteja aqui.
Fiquei em choque, não sabia o que fazer.
    -Okay pai, eu vou com certeza o mais rápido que eu conseguir.
    -Fique bem filha.
    -Você também pai, e manda um abraço por mim pra mãe.
Ligação Off~

       Eu não sabia o que fazer ao certo, eu sentia lágrimas em meu rosto, eu estava sentada ao chão, e o lugar estava se esvaziando. Me levantei ainda em choque e fui a procura de Andy, eu tinha que falar para ele o que havia acontecido e que precisaria voltar para o Brasil. Foi quando dei de cara com Juliet o beijando.
     -Andy???
     -Mari!
      Senti algo percorrer sobre minhas veias. Fui a frente de Juliet e tirei Andy de sua frente. -sua vadia.- dei um soco em seu queixo fazendo a mesma cair.
       Andy me olhou assustado e veio até mim tentar se explicar.
      -Mari eu....
      -Cala a boca, tenho coisas mais importantes para me importar.
     -Eu não queria aquilo, ela me agarrou.
      -Andrew cala a boca porra.
     Ele ficou quieto. Eu estava com tudo misturado, era raiva, tristeza, e medo. Parei em frente ao espelho do camarim e olhei meu rosto no espelho iluminado por luzes em volta do mesmo. Lágrimas começaram a descer.
      -Mari, me perdoa?
     Encarei Andy e sai dali correndo. Esbarrei em Bela. Ela notou minha tristeza e veio logo a traz de mim.
      -Hey Mari, calma o que aconteceu?
      -Vou ter que voltar para o Brasil.
      -Mas por que? O que houve?
      -Minha mãe Bela, ela está com câncer.
      Bela apenas olhou em meus olhos e me abraçou forte.
      -Calma, vai ficar tudo bem.
      -E Andy beijou Juliet.
      -O QUE? VOU MATAR TODO MUNDO NESSA PORRA. Mas primeiro vou ir para o Brasil com você.
      -Não, não quero atrapalhar você.
      -cala boca, não perguntei se posso ou não, eu vou e ponto.
     
*Horas mais tarde*
     Eu estava com Bela e Dennis me ajudando com nossas malas.
     -Mari, você vai voltar?
     -Não sei ainda, Dennis.
     -Mari...
     -O que foi Matty? - olhei para a porta e encontrei Andy parado ao lado de Mat.
     -Eu soube o que aconteceu
O encarei friamente.
     -O que quer aqui Andrew?
     -Dennis se meta nessa conversa.
     -Você tem noção do que você fez para ela?
     -Porra Dennis cala boca, não estou falando com você.
     -Se todos aqui não calarem a PORRA da boca, eu vou matar todo mundo. -Todos encararam Bela.- é isso mesmo.
     -Mari, posso conversar com você?
     -estou te ouvindo.
     -conversar a sós!!!
    Sai do quarto e fui para fora de casa. Andy veio logo atrás de mim.
     -Eu lamento pela sua mãe, saiba que para o que precisar eu vou estar lá... E quero pedir desculpa pelo que fiz, não vou dizer que a culpa foi apenas de Juliet, por que eu aceitei aquilo. E quero que me perdoe por isso.
     -Andrew, quando eu voltar. Se eu voltar, nós conversamos, tá?
     Me levantei e subi novamente para o quarto, arrumar as minhas malas.
     -Ele fez alg...
     -Não. -Interrompi Matty.- Apenas vamos terminar de arrumar isso aqui logo.
    
No aeroporto~
      Bela, Dennis, Oli e Matty estavam sentados ao meu lado, eles tentavam me animar falando coisas bobas. Mas eu estava um pouco anestesiada com tudo, foi tão rápido, não tive tempo para digerir tudo. Bela estava abraçada comigo falando de nosso bons momentos, e dizendo que tudo ia ficar bem, que quanto a Andy ela iria surra-lo, e ria de algumas bobeiras mas a tristeza ainda estava ali.
     A hora do nosso vôo se aproximava, todos os momentos bons em que passei ali passavam em câmera lenta em minha mente, Andy, nosso beijos, nossas conversas, o dia na praia... até chegar a hora em que vi aquela cena dele com Juliet, ao lembrar disso, sinto meu coração apertado.
      -Ah, olha lá quem veio... -Dennis falou.
     Andy vinha correndo, eles  estava com outras roupas e um óculos de sol, provavelmente para ninguém reconhece-lo.
     -O que ele quer? -Oli perguntou
     -A Mari ué. -Matty respondeu
      Apenas olhei para o lado e em seguida baixei minha cabeça.
      -Andrew, não tem nada aqui para você.
      -Sai Oliver, deixe-me falar com ela.
      -Oli...
      Andy se ajoelhou ao meu lado e começou a conversar comigo.
      -Não quero que termine assim, na verdade não quero que termine nunca. Você é especial para mim, Mari. Não quero te perder.
    Escutei o número de meu vôo ser convocado.
     -Tá Andy. Tenho que ir agora.
    Me levantei e me despedi dos meninos, cheguei em Andy, que tirou o óculos e me olhou, sua expressão era de tristeza, e medo podia ser visto em seus olhos. Por mais triste e brava que estivesse com ele, lhe dei um abraço apertado, senti um suspiro de alívio da parte dele. -me perdoa. -ele susurrou em meu ouvido. Me distanciei dele e sorri sem dentes. Tudo agora poderia mudar.


Notas Finais


Ainda estou correndo hahaha
Até o próximo capítulo
Beijos da Mari 💙❤
Me sigam no Twitter, se quiserem, claro @MisakiBVB


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...