História Can you save my soul? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Personagens Originais, Yugyeom
Tags Got7, Historia Original, Romance, Yugyeom
Visualizações 8
Palavras 794
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Cap. 2 - A Viagem


Fanfic / Fanfiction Can you save my soul? - Capítulo 2 - Cap. 2 - A Viagem

Acordei e finalmente era o dia, o grande dia em que a minha vida mudaria, novo país, nova escola, finalmente teria amigos, minhas malas já estavam arrumadas, e eu já estava a caminho do aeroporto junto a minha mãe, meu pai e minha irmã, as lágrimas caiam sem avisar, iria passar tanto tempo longe da minha família, e em um lugar tão longe, eu tenho que ir, preciso ir, não tem como eu continuar aqui, eu estudo coreano desde os meus 12 anos, e acho que já aprendi o bastante para morar lá.

Me despedi da minha família e entrei no avião, chorando mais do que já havia chorado em toda a minha vida, estava indo para um país novo, totalmente novo, eu pesquisava muito sobre a Coreia mas eu não iria simplesmente visitar, iria morar, totalmente sozinha.

Quebra de tempo


Depois de uma LONGA viagem de mais de 24hrs, cheguei no meu destino, depois de 3 anos planejando tudo, finalmente cheguei. Peguei meu celular e fui logo falar com JaeGeun

- Jaaaaaaae
- Oi...
- CHEGUEI!!!!
- MEU DEUS! SÉRIO ISSO?
- SIM! CHEGUEI!
- POR QUE NÃO ME FALOU QUE VIRIA HOJE?
- AAAH! ME DESCULPAAAA, eu queria fazer uma surpresa quando chegasse
- Mas assim, já tem onde ficar né?
- Mas é claro, eu estou indo agora mesmo pegar um taxi e logo logo já chego no lugar onde vou morar
- Assim... Você poderia me dizer ONDE você mora aqui?
- Se eu te falar que eu não sei direito você acredita?
- Sendo você, acredito
- Hahahahaha, quando eu chegar eu te digo onde moro

Cheguei em um prédio pequeno e branco, fiz todos os procedimentos necessários e depois subi para meu apartamento, era bem pequeno, do tamanho perfeito para uma única pessoa morar bem lá dentro, acredito que claustrofóbicos jamais entrariam em um lugar desses mas pra mim era perfeito. O pequeno apartamento, que mais parecia um quarto estava totalmente arrumado, havia uma pequena cama de solteiro, uma pequena mesa e algo para guardar comida, além do banheiro, tudo pequeno, tudo perfeito.

Peguei meu celular e havia uma mensagem de JaeGeun

- Já chegou?
- Cheguei
- E aí? Como é?
- É um prédio beeeem pequeno e branco
- Ah, eu também moro em um prédio assim
- Eu percebi que tem muitos prédios assim aqui né?
- Sim, muitos, mas só por curiosidade mesmo, e pra checar mesmo, tem certeza de que não moramos no mesmo prédio?
- JaeGeun, para, é quase que impossível isso
- Não custa nada tentar, sai aí, fica na frente do prédio
- To indo

Saí do meu "quarto" e desci as escadas, já que meu apartamento ficava em um andar baixo e fiquei no primeiro andar do prédio. E para a minha surpresa, esse era o prédio onde JaeGeun morava, assim que o vi saí correndo e pulei para abraçá-lo, essa era a primeira vez que nos viamos, eu estava abraçando uma pessoa que eu nunca pensei que iria ver pessoalmente, pra falar a verdade, nunca pensei que a nossa amizade duraria tanto assim.


- EU NÃO ACREDITO!

- NEM EU!

- Meu deus, e-eu nem sei como reagir - falei isso e já comecei a chorar abraçada a meu amigo, o mesmo que era muito alto, mais alto do que eu pensava, acho que um pouco alto demais para sua idade, ele era o típico coreano, olhos pequenos, pele quase que pálida, cabelo preto, já falei olhos pequenos? Porque eram extremamente pequenos. JaeGeun secou minhas lágrimas e falou:

- Já sabe em que escola vai estudar?

- Já, mas eu não me lembro o nome agora, é um nome coreano estranho aí, Daehan alguma coisa

- Daehanminguk?*

- SIM! Essa mesmo

- Ana... Eu estudo nessa escola...

- Ah não...

- Sim...

- ISSO TÁ FICANDO ESTRANHO DEMAIS, TÁ TUDO MUITO CERTINHO E BOM PRA SER A MINHA VIDA!

- Calma Ana, por que não está feliz com isso?

- É porque eu já estou tão acostumada com esse negócio de tudo dar errado na minha vida que quando coisas boas começam a acontecer eu estranho

- Deveria estar comemorando, pelas coisas que você me dizia sobre a sua vida no Brasil...

- É... É que é tão complicado sabe?

- Sei... Mas agora não é hora de ficar fazendo teoria pra sua vida, dá pra perceber que você está caíndo de sono, vai dormir baixinha, mais de 24 horas dentro de um avião é pesado

- É, eu estou morrendo aqui de tanto sono, tchau

- Tchau! Não se esqueça que amanhã as aulas já começam!


Subi as escadas e entrei em meu apartamento, nem pensei duas vezes, me joguei na cama e dormi, era isso que eu precisava, dormir.

Notas Finais


*A pessoa que escreve isso, também conhecida como eu, estava sem criatividade pro nome da escola e não conseguiu pensar em mais nada além de Coreia em coreano

Espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...