História Candy Crush - Namjin - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amorcolegial, Jeonjungkook, Jikook, Junghoseok, Kimnamjoon, Kimseokjin, Kimtaehyung, Kookmin, Minyoongi, Namjin, Parkjimin, Vhope
Visualizações 274
Palavras 1.810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Galera, eu voltei... Dei o meu melhor nesse capitulo, eu espero que vocês gostem!❤❤❤❤❤

Capítulo 36 - Máscaras


(Máscaras)

Jungkook estava sentado em um dos bancos da imensa sala de espera do hospital em que tinha levado Jimin. Havia ligado para os pais do ruivo, e os esperava. Estava com a cabeça entre as mãos, tentando manter a calma, tinham levado o Park e ainda não tinham voltado com noticias.


Jin acabara de sair dali, apenas porquê Jungkook insistiu muito, se não seria capaz do loiro ainda estar ali. Jin meio que agradeceu a insistência de Jungkook, afinal de contas, eram quase uma hora da manhã e o loiro precisava dormir, estava muito cansado, sem contar que seu bebê também precisava de um cochilo.

-Jungkook! -A voz aveludada do pai de Jimin foi ouvido de longe, o castanho olhou em direção da porta de entrada do hospital, e viu os sogros chegando perto.-Oh, Jungkook... Como ele está? -Perguntou a Srª Park, arrastando o garoto Jeon para um abraço apertado.


-Ainda não voltaram com noticias... -Disse baixo, quando a mulher enfim o soltou, Jeon olhou para o Sr Park, e deu um reverência ao homem, que curvou-se em direção a si.-Como vai Sr Park?


-Eu já mandei você parar de me chamar de "Sr Park"! Eu sou jovem ainda, tenho só meus quarenta e dois anos. -Disse, convicto, fazendo uma careta em direção ao sorriso da sua mulher.-Não me olhe assim Kyura! Sou moh jovem eu, e Jungkook... Se você me chamar de senhor de novo eu arranco suas orelhas.


-Certo Se-, quer dizer, DonJoon. -Disse baixo, rindo um pouco.


-Familia do Park Jimin. -Um homem baixo, com as costas curvadas e uma aparecia um pouco cansada apareceu. O homem não aparentava ser muito velho, no mínimo uns quarenta anos, trinta e sete. Por mais que fosse jovem, na visão de alguns, o estresse do dia-a-dia, faziam que o médico envelhece depressa, e isso era nítido, a qualquer um. Jungkook aproximou-se rápido, assim como os outros dois mais velhos, esperando que o médico falasse algo.


-Nós, eu sou o namorado, e eles são os pais dele.


-Certo. -O médico puxou o seu óculo, e o deixou pendurado no pescoço, preso a uma cordinha de sustentação, e olhou para a família do Park, que estavam loucos para saber como o garoto estava.-Bom, pedi alguns exames para ver se Jimin tinha comido algo de diferente, mas percebi que não, e também não tinha nenhuma droga no seu organismo, ele é um garoto saudável. Bom, o motivo do sangramento e do desmaio, foi por conta de algum choque que o garoto tenha sofrido, sem contar que não tinha se alimentado direito. -Os pais do Park olharam para Jungkook com olhares acusadores, que fez o Jeon tremer nas bases.-Mas enfim, como disse... A falta de alimentação adequada, mais uma sessão de estresse, e logo após isso um choque, ocasionou essas circunstancias em que estamos agora. Não se preocupem, Jimin vai ficar bem, como eu disse, o sangramento nasal não é nada sério, pelo meu diagnósticos, Jimin sofre de transtorno de ansiedade, me corrijam se eu estiver errado. -Ninguém disse nada, apenas concordaram com o médico, que suspirou baixo e olhou para os familiares do ruivo.-Pois bem, toda vez isso irá acontecer, mas deve ser tratado, se não pode dar algo pior. Mas por agora, não a nada com o que se preocupar... O Park mora com quem?


-Comigo. -Jungkook disse, levantando a mão, como se indicasse que era ele.


-Ok, você devera cuidar melhor dele, e o alimente direito... Mais uma dessas, Jimin poderia perder o bebê e-


-Espera ai! -Jungkook disse afoito.-Você está me dizendo o que!? O Jimin está grávido? Como é?


-Sim, o Park está grávido, de mais ou menos dois meses e meio. Como não repararam em nada? Isso é bem óbvio! -Jungkook arregalou os olhos, e caiu para trás, desmaiado.



A cabeça de Jungkook latejava, e sentia uma dor de cabeça horrível. Apertou os olhos com força e passou a mão pelo local que doía, percebendo que ali tinha um inchaço. Suspirou e abriu os olhos, vendo o teto branco, olhou para o lado e percebeu que estava no mesmo quarto que Jimin, que o observava sentado na maca, com as mesmas roupas que estava usando quando chegara.

-Acordou? Eu pensei que eu tinha ficado surpreso, mas vejo que seu cérebro parou de funcionar por... -Jimin olhou o seu relógio de pulso.-Exatamente meia hora.


-Eu desmaiei por meia hora?


-Na verdade só por dez minutos, mas depois dormiu. -Jimin deu um sorrisinho bobo e suspirou.


-Que horas são? -Jeon perguntou sentando-se no sofá em que estivera deitado.


-Quase duas horas... -Jimin pulou da maca e andou até Jeon.-Vamos pra casa.


-Como você não...


-Não percebi que estava grávido? -Jimin suspirou.-Eu já desconfiava, ando meio enjoado e mais abatido que o normal, mas achei que não estivesse grávido porque não ando vomitando, assim como o Jin hyung, mas... Vejo que não estava errado.


-Por-


-Shh, não diga nada... Vamos embora.

Jimin deixou um calmo selar no rosto de Jungkook e estendeu a mão para o castanho, que aceitou com um sorriso. Caminharam para fora do quarto, e avistaram o casal pais de Jimin. Depois de um sermão sobre como haviam sido irresponsáveis, os velhos finalmente felicitaram o casal. Saíram do hospital era duas e dez da manhã, Jimin dormiu durante o caminho, e só acordou quando chegou em casa.


Jungkook abriu a porta de casa e Jimin entrou, quase dormindo em pé. O castanho segurou Jimin pelo braço enquanto trancava a porta, e logo subiram indo em direção do quarto deles. Jimin apenas jogou-se na cama e dormiu. Jungkook, por outro lado, ficou virando na cama um bom tempo, pensando em como ficaria sua vida agora depois dessa descoberta, que seria tratada com mais facilidade pela manhã, além do fato de Ken estar naquela casa, a dois quartos de distancia.

🔱💟🔱

(Uma semana Depois)

Jimin e Jungkook ainda não tinham contado nada sobre a gravidez do ruivo. Estavam calados quanto a isso, escolha de Jimin, que não queria que Ken soubesse de nada sobre sua vida. E hoje era o último dia de estadia do garoto na casa. E Jimin não poderia estar mais feliz, era madrugada, quase três horas da manhã.


Jungkook tinha recebido uma ligação, era, mesmo que seja quase impossível, seus pais, sim, os pais de Jeon Jungkook haviam ligado para ele. Depois de quase dois anos que tinham expulsado o garoto de casa, acabaram encontrando o perfil de Jungkook em um aplicativo social (Instagram), e resolveram stalkear o garoto, e ao perceber que Jungkook tinha mudado de vida, resolveram aceitar o filho de volta.


Jimin nunca esteve tão aliviado em ser uma madrugada, pois sabia que no dia seguinte, Ken iria embora, e Jimin não iria mais precisar se esconder no quarto. O ruivo dormia calmamente, um sono leve, diferente dos sonos que andou tendo nessa semana, que eram conturbados e cheios de pesadelos. Mas isso, estava prestes a mudar.


A porta abriu-se devagar, e o garoto dos cabelos castanhos entrou no quarto. Fechou a porta mais devagar ainda, trancando a madeira. Aproximou-se devagar da cama do ruivo, e puxou lentamente os lençóis. Suspirou ao perceber que Jimin estava apenas de blusa e uma cueca box, do mesmo jeito que havia sido na primeira vez.


Ken sentou-se por cima de Jimin, fazendo o garoto acordar em um susto. O ruivo, quando percebeu o que estava acontecendo, preparou-se parar gritar, mas Ken foi mais rápido, colocando a mão na boca de Jimin, enquanto o menor entrava em desespero, pensando no filho, pensando em Jungkook, e pensando em si próprio.

-Shh. -Ken sorriu, um sorriso diabólico, que fez Jimin tremer em baixo de si.-Não grite, eu só estou cumprindo uma promessa... Uma promessa de quatro anos atrás, não sentiu minha falta não? -Jimin entrava em um desespero absurdo, sentia o corpo tensionado, e os olhos transbordavam em lágrimas, lágrimas de medo e pavor.-Por que choras meu amor? -Ken enxugou uma lágrima fina que escorreu do rosto do ruivo.-Não chore. -Ken riu alto, e pôs-se a passear sua mão pela barriga de Jimin, por de baixo da blusa.-Anda malhando Minnie? -Disse baixo, aproximando o rosto do pescoço de Jimin, onde cheirou e deixou um selar, que fez Jimin arrepiar, afinal de contas, sempre ficava arrepiado quando tocavam em seu pescoço.-Reagindo aos meus toques? -Ken perguntou divertido, e Jimin piscou os olhos, deixando as lágrimas escorrerem. Enquanto balançava a cabeça em desespero, querendo a todo custo livrar-se das mãos de Ken.

O castanho puxou o fino tecido da blusa de Jimin, rasgando-a no meio, e Jimin apavorou-se. Ken desceu sua boca em direção da clavícula de Jimin, e quando preparou-se para deixar uma marca arroxeada, o ruivo foi mais rápido, aproveitando o fato de Ken estar entre suas pernas, para chutar-lhe no seu baixo ventre, fazendo o castanho urrar de dor e jogar-se para o lado.


Jimin levantou-se da cama, segurando o resto de sua blusa. Saiu de cima da cama, mas antes de sequer chegar na metade do caminho, sentiu a perna sendo agarrada com força, fazendo-lhe cair no chão, quase que imediato Jimin pôs a mão na barriga, sentindo uma dor terrível tomar-lhe conta. Sentiu também uma ardência debaixo do queixo, e o sangue escorrendo  pelo pescoço. Ken puxou Jimin, e segurou seus pulsos, Jimin, em puro ato de desespero, deu uma cabeçada forte em Ken, fazendo o garoto soltar seus pulsos e ficar desnorteado por alguns segundos, tempo suficiente para Jimin levantar-se do chão e abrir a porta, correndo para o corredor.


O ruivo correu em direção do quarto de Namjoon e Jin, mas no meio do caminho foi agarrado por Ken, que o jogou no chão, fazendo um corte profundo arrebentar no braço do ruivo, devido a queda e a unha longa do castanho cravada em sua pele. Jimin urrou de dor, e o desespero era cada vez maior.

-NAMJOON HYUNG! NAMJOON HYUNG!! -Gritou com todas as forças que tinha, antes de Ken tapar sua boca.


-Cala a boca! -Acertou um tapa na cara do Park, que entrava em desespero cada vez mais. Jin ouviu o barulho do lado de fora e acordou Namjoon, e os dois levantaram-se. Abriram a porta e encontraram Jimin jogado no chão e com Ken encima. Jimin tentava a todo custo livrar-se de Ken, enquanto o castanho descia os beijos pelo corpo seminu do garoto.


-ME SOLTA! -Jimin gritou quando conseguiu tirar a mão de Ken de sua boca. Começou a bater desesperadamente no peito do mais alto, tentando livrar-se do castanho, que não o soltava por nada.


-Mas o que é que está acontecendo aqui?! -Jin gritou quando viu a cena, Jimin deitado no chão, por debaixo de Ken, enquanto o mais alto deles beijava o corpo de Jimin. E quando Ken ouviu a voz do loiro, olhou para cima, apavorado e nervoso por ter sido pego no flagra.


Notas Finais


Eu espero que não tenha saído muito do que eu escrevo geralmente, mas eu dei meu melhor... Estou quase bem, quase... Mas estou meio chateadinha, porque uma garota encheu o meu saco ai eu ameacei ela, e me meti em problemas... Mas agora eu estou bem melhor, sem contar que isso acabou me aliviando um pouco, mesmo que isso tenha sido meio que um alivio através de bullying, de certa forma... Mas eu não me arrependo, infelizmente....;-;

Mas enfim. Eu acho, só acho, que eu vou voltar, mas claro... No meu tempo, Minha Unnie me deu a ideia de fazer um grupo no wpp.... Bom, está aqui o Link.

https://chat.whatsapp.com/5HG1bobHMMvAR5PzpTDlSr

Eu amo vcs❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...