História Uma Deusa no Colegial - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags sasusaku naruto romance
Visualizações 24
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Magia, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


espero que gostem!

Capítulo 1 - Festa de aniversário


A bola de cristal a minha frente mostra onde eu nasci, a Terra.


Meu nome e Sakura, sou uma semi-deusa, minha mae era humana, mas quando me deu a luz ela acabou falecendo, disseram que ela não aguentou um certo poder que eu tenho, seu corpo frágil de humana não pode suportar o poder de um deus. Quando ele morreu fui trazida pra ca, o paraíso dos deuses, meu pai, o deus Jiraya, me criou muito bem, mas ele não tem muito jeito de pai, so estou viva hoje porque ele teve muito ajuda de Shizune, minha tia, é muito engraçado ele tentando se mostrar um deus correto na minha frente, tentando me dar uma lição de como ser uma boa deusa. Mas eu não quero isso, não quero ser uma deusa, por mais que eu ame o paraíso dos deuses, e também os deuses que moram aqui, mas sinto que aqui não e o meu lugar. Quero conhecer o lugar onde nasci, onde mimha mae viveu e morrei, a Terra.


Mas tudo oque eu posso ver e uma imagem dela, a grama não posso tocar as flores deles não posso sentir o cheiro, que deve ser maravilhoso! Mas hoje ira mudar, sera hoje que eu vou para a Terr!


- Já terminou, Sakura? - pergunta Shizune. - Não pode ficar olhando pra sempre a bola de cristal.


- Eu preferia estar lá mas naoe deixam. - faço bico quando ela pega o cristal de volta.


- Hum... - Suspira. - Já sabe oque vai pedir de aniversario? - Pergunta tentando mudar de assunto.


- Já! - Dou um pulo. Mas não posso falar pra ela, ela ia tentar fazer eu mudar de ideia. 


- Oh, oque que e então? - da um  sorriso. E bem difícil esconder alguma coisa dela.


- É se-gre-do! - Pisco um olho.


Ela bufa e sai do local. Desculpinha tia Shizune!


~~


- Estamos todos reunidos hoje para celebrar uma data muito especial! - grita meu pai se levantando do trono e erguendo uma taça de ouro. - Hoje é o aniversário do meu bem mais precioso, minha única filha, Sakura! - Sorri orgulhoso.


Todos me aplaudem quando levanto, isso e meio embaraçoso mas divertido! Amo todos eles.


- E como e seu aniversario, pode fazer um pedido, minha filha! - Diz meu pai colocando a mao no meu ombro.


- Serio?! - Olho para ele com olhar de cachorrinho, queria ter certeza que poderia fazer qualquer coisa.


- E claro! sou um deus, pode pedir oque quiser, meu anjo! - Sorri abertamente.


Todos ficam aplaudindo e dançando. Estudo meu peito de coragem, e digo.


- Então...eu quero conhecer a Terra! - A música que estava tocando, os deuses que bebiam e dançavam, de repente tudo parou. Todos me olhanvam como se eu estivesse louca, minha tia ficou com a boca semi aberta, não estava entendendo nada, porque todos ficaram assim? Olhei para meu pai que me encarava com os olhos muito arregalados e sua boca muito aberta. Mas depois seu rosto se transformou em preocupado. - T-Tudo bem, pessoal?


- Ela esta perguntando se esta tudo bem?! Haha. - Meu pai joga a taça na parede com muito força e começou a andar em círculos com a mão no queixo. - SE ESTA TUDO BEM! - Gritou assustando todos aqui.


- C-Calma, Jiraya! - Shizune foi em direção ao meu pai e colocou a mao em suas costas tentando acalma-lo. - Foi apenas a brincadeira não foi, Sakura querida? - Olhou pra mim como se pedisse com olhar pra mim falar que era uma brincadeira.


Por que todos estam assim? Eu só quero conhecer meu lugar de origem, tenho esse direito! eu e minha mãe é da Terra, lá éeu segundo lar, preciso conhece-la.


- Não...- Todos olharam para mim, ate meu pai. - Não era uma brincadeira...- Falo quase num sussuro mas o local esta tao calmo que eu acho que quase todos ouviram. - EU QUERO CONHECER A TERRA!!!





Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...