História Can't happen - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Cora Hale, Erica Reyes, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Scott McCall, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Stydia Scallison Maleo
Exibições 59
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Foca na Érica e Isaac porque eu gosto do ship
Desculpem não ter postado mais cedo mas fui de viagem e não deu.
Boa leitura ❤🌸

Capítulo 13 - Só você para me fazer rir nesse momento


Fanfic / Fanfiction Can't happen - Capítulo 13 - Só você para me fazer rir nesse momento


O interior do carro de Isaac estava quente e seco. Erica ainda estava chorando e ele olhava para ela apenas 

-Sabe que quando parar de chorar vamos numa farmácia comprar os testes, não sabe?

-Você está sendo muito bruto, idiota!

-Erica, deixa de frescura.Voce está grávida? Não sabe. Vamos comprar os testes e logo descobrimos. Se tiver a gente preocupa, se não tiver a gente esquece .

Ela assentiu com a cabeça e limpou a cara com a mão.

-Você tem razão, e se tiver grávida, eu crio meu filho e nem preciso dar satisfação para ninguém. Eu sou Érica, eu não choro nem fraqueijo.

Ele olhou para ela e sorriu antes de ligar o carro e dirigir até uma farmácia.

{...}

Lydia estava sentada no sofá com Allison e Scott, tentando não vomitar com tanta remelice que os dois estavam fazendo ela passar. Os recentes namorados estavam se comportando como se tivessem sozinhos e isso estava deixando Lydia enjoada.

-Olhem, eu vou na pista ver se encontro Kira ou Liam, vocês nem me estão ouvindo...

Deixou os amigos e caminhou pelo meio da multidão, tentando avistar a japonesa. Andou dando voltas por uns minutos antes de ver a amiga agarrada num menino qualquer. Liam estava dando conversa pra uma menina morena e Lydia estava oficialmente sozinha. 

Minha melhor amiga está praticamente engolindo Scott, Kira está com um garoto e Liam também. Estou sozinha e abandonada à minha própria sorte. - ela pensou.

-Está sozinha, ruivinha?

Lydia reconhecia muito bem o dono daquela voz, não só pelo facto dele ser o único a chamar-lhe "ruivinha".

-Meus amigos estão ocupados com os próprios pares. E você? Não devia estar se divertindo?

-Meus amigos está desaparecidos, acho que é a paga por não lhes ter falado muito nestes últimos dias.

-Eu vi Érica saindo com Isaac-ela disse apontando a porta de entrada.

-Eu então parece que me abandonaram tal como a você. Quer sair?

-Daqui? Absolutamente 

Caminharam juntos para fora da casa e ainda tiveram que andar um pouco para longe da mesma para deixarem de ouvir a música e os gritos provenientes de todos os adolescentes lá dentro. Chegaram no jeep dele e ele abriu a porta para ela.

-Obrigado. 

-Qual é seu endereço? Vou te levar em casa. 

-Já? A noite ainda é uma criança. Dá tempo pra tanto.

Os seus olhares cruzaram-se e por uns segundos, Lydia e Stiles tiverem seus corações batendo do mesmo jeito e com a mesma intensidade. As suas caras aproximaram-se e já conseguiam sentir a respiração um do outro batendo na própria cara. No mesmo segundo que Lydia fechou os olhos, convicta que ia beijar Stiles, o seu telefone toca e a imagem de Allison começa a piscar na mão da garota. Ela olha para ele embaraçada e com uma expressão facial que indicava vergonha e tenta se desculpar pelo momento tão próximo e íntimo que tiveram ainda à pouco.

-Desculpa... - ela gagueija.

-Atende o telemóvel.- ele fala apontando o telemóvel com um sorriso no rosto.

-Oi Alli. Estou com Stiles. Não se preocupe, eu tenho carona para casa. Se cuida. Te amo.

-Você e ela são muito chegadas né?

-Só faz uma semana que a conheço e já não imagino minha vida sem ela. Antes de sermos amigas eu nem tinha vontade de levantar de manhã sabe? Acho que é a vantagem de ter alguém assim consigo, eles sempre vão estar lá para você, mesmo quando do eles próprios se sentiram como um grande nada no mundo.

-Eu sei, por vezes as pessoas acham que só porque somos populares temos de ser cabrões como nos filmes. Eu e Isaac somos melhores amigos desde criança e as meninas estão cá desde o início do secundário. Estamos sempre disponíveis uns para os outros.

-Desculpa a curiosidade mas eu tenho de perguntar, você  e Malia ainda são amigos, depois de acabarem normalmente as pessoas se odeiam e tals.

-Eu e Malia nunca namoramos de verdade, quer dizer, sim nós namoramos mas nunca foi esse tipo de amor. E antes de nos beijarmos éramos amigos, não vimos razão para deixarmos de o ser.

-Isso é raro hoje em dia. Vira aí, estamos chegando.

{...}

-Oi!

-Oi.

-Eu sou Liam.

-E eu Hayden.

-Está acompanhada?

-Vim com um amigo. Ele está ali. 

-Eu queria perguntar se.. 

-Se eu namoro? Não, mas não quero namorar agora também. Pode dar meia volta se era pra isso que veio ter comigo.

-Eu estou realmente me sentindo um fracasso.-ele brincou.

Ela o olhou nos olhos, não dava bem para ver a cor no meio daquela luz fluorescente mas dava para perceber que eram muito claros. Azuis talvez. Ela não estava bêbada, ela nem bebia. Aproximou -se e acabou com o espaço que havia entre eles. Não havia realmente qualquer tipo de meiguice do lado da garota, ela batalhava pelo domínio como uma leoa.

{...}

-Eu não estou pronta para o resultado, Isaac 

Erica e Isaac estavam no quarto da menina e esperavam o resultado do teste que ela tinha acabado de fazer.

-Quanto tempo precisamos de esperar?

-Ainda falta 1:30

Ela começou a chorar de novo, desta vez, Isaac só reparou porque as lágrimas faziam barulho ao cair no chão. Era um choro silencioso, não desesperado como o do carro. Ele a abraça, tendo certeza que não a estava a magoar.

-Você vai ultrapassar isso Érica. Lembra, se vier só vem coisa positiva.

-Sabe o que você ainda não perguntou pra mim?

-O quê?

-Quem é o pai da criança.

Isaac olhou para ela surpreendido, claro que a pergunta já tinha passado pela cabeça dele, mais do que uma vez. Ele só não queria estar forçando a barra pra ela. Largou o corpo dela e fez os seus corpos ficarem frente a frente. Deu um olhar de "você sabe o que eu quero saber, me conta"

-Derek 

Ele queria mesmo muito ter evitado mas as suas mãos não lhe obedeceram e já estavam esfregando sua cara. Realmente, de todas as pessoas em Beacon Hills, Derek era a última que Isaac ueria ouvir o nome. Ele era um mulherengo e um canalha. Pelos vistos isso agradava as mulheres.

-Já falou com ele?

-Eu queria ter certeza antes. Já passou o tempo. -ela pega no pequeno aparelho e esboça uma cara sofrida, uma expressão dolorosa- positivo.

Antes que ela pudesse fazer mais alguma coisa ou chorar de novo, Isaac a abraçou com muita força. 

-Nós todos vamos te ajudar, e sua mãe é uma querida, ela vai compreender, Cora nem vai ficar brava nem nada. Vai ser titia.

Erica soltou uma gargalhada abafada e contida.

-Só você para me fazer rir nesse momento


Notas Finais


Comentem 😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...