História Can't happen - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Cora Hale, Erica Reyes, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Scott McCall, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Stydia Scallison Maleo
Exibições 66
Palavras 1.613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi oi oi 😁
Estou de volta com um capítulo focado n Érica e na dinâmica dos 5 maravilha. Infelizmente, por agora vai ser o última capítulo ficado na Érica, por agora estou precisando focar também em Stydia porque se não o fizer a fic vai ficar grande demais e não vai fazer sentido a tag que eu pus de Stydia Scallison e Maleo.
Boa Leitura 🌸

Capítulo 14 - Eu vou estar lá


Fanfic / Fanfiction Can't happen - Capítulo 14 - Eu vou estar lá

Segunda-feira, 08:00 AM, Beacon Hills High School

   -Isaac, eu não estou preparada para enfrentar as perguntas da Cora e da Malia. Elas não vão parar de perguntar porque é que nós saímos mais cedo da festa e porque é que eu não respondi a nenhuma mensagem durante todo o fim de semana. Sabes que não sei mentir.
   -Então pra quê que vais mentir? Elas são as tuas melhores amigas, as tuas irmãs… Algum dia vais ter de contar. E por falar em contar, já falaste o Derek?
   -Eu queria falar com a Cora primeiro, pra ver se ela me ajuda com ele.
   -Já sabes que se ele tentar algo de errado é só me chamar que eu arrebento com a cara dele.
   -Acho que temos de entrar, daqui a pouco começam as aulas.
Saíram do carro e entraram para dentro da escola, desfilando pelos corredores como se fossem o rei e a rainha daquele lugar. Já era costume serem olhados por onde quer que passassem, afinal estamos falando de Érica e Isaac, mas hoje era diferente. Ela tentava não olhar ninguém para nem sentir o nervosismo de alguém descobrir e contar pra todo o mundo que ela estava grávida e ele, bem, ele escondia algo de todos, nem Stiles nem nenhuma das meninas sabia, era algo tão doloroso que Isaac preferia nem ter de falar pra ninguém, ele queria esquecer. Desde que a sua irmã tinha desaparecido e levado consigo toda a humanidade de seu pai que ele não era o mesmo. Todos os dias ele tinha que conviver com o monstro a quem ele se foi desabituando de chamar pai. Era apenas o seu guardião legal, uma vez que tudo o que ele fazia era expô-lo a situações marcantes e cheias de reflexos na alma. Isaac já estava acostumado a fingir, afinal a situação em que se encontrava já não era de agora e nem parecia ter um fim próximo.
   -Vocês finalmente chegaram – a voz de Cora estava um pouco acima do seu tom habitual, o que indicava que a garota estava de muito bom humor – achei que ía ter de ir buscar os dois em casa!
   A Hale usava umas calças rasgadas nos joelhos e coxa com uma camisola branca de manga curta. O estilo dela era sempre assim, simples e descomplicado. Malia, ao seu lado, usava um top regata listrado por dentro da curta saia de cabedal.
   -Não reclama que a gente chegou até bem cedo, mais cedo do que Stiles.
   -Stiles disse que ía faltar a primeira aula da manhã. Mandou mensagem avisando. Mas olha, Erica, onde você teve durante todo o fim de semana? Só vi você quando cheguei na festa e nem te passei os olhos por cima uma única vez mais.
   -Eu estou precisando falar com vocês as duas precisamente sobre isso. Aconteceu algo e eu não estava conseguindo me divertir lá na sua casa.
   -Algo de grave? – Malia se pronuncia pela primeira vez naquela manhã, ela estava estranhamente calada.
   -Nada que me incomode demasiado, mas mesmo assim, preciso de vocês na minha casa logo que acabarem suas aulas.
“Malia Hale no gabinete do diretor assim que possível.”
  -O que você fez, menina? -Isaac fala olhando Malia com ar de interrogatório
   -Tá mais pra o que me faltou fazer. Eu falo com vocês no almoço, tchau.
Ela deu meia volta e antes de começar a andar na direção do  gabinete do diretor baixou a sua cabeça e revirou os olhos, certamente estava se perguntando quanto tempo ela pegaria de detenção por ter faltado à mesma na sexta.
Chegando na secretaria ela dá de cara com Theo, que estava sentado numa das cadeiras esperando sua vez para entrar.
   -Já aprontou logo de manhã?
   -Podia fazer a mesma pergunta. Você sabe muito bem o que eu estou fazendo aqui, eu é que não sei o que você fez para ser chamada.
   -Bem, se você puxar pela memória é capaz de lembrar que na sexta eu faltei na detenção para estar com você.
Ela senta do lado dele, sem nenhum tipo de contacto físico entre ambos e espera a sua vez para entrar.
Segunda-feira, 01:00 PM, Cafeteria de Beacon Hills High School
Allison, Lydia, Kira, Liam e  Scott estavam sentados numa mesa no centro da cafeteria conversando sobre a festa de sexta.
   -Bem, parece que para Allison e Scott foi bem boa essa festa -diz Kira com uma certa ironia na voz.
   -Como se você pudesse falar, eu bem te vi agarrada num garoto da equipa de basquetebol.
   -E Liam também não se saiu nada mal, conseguiu pegar a gatinha do 2° ano. Como que é o nome dela mesmo?
   -Hayden. Vocês não fazem ideia de como tudo aconteceu,  ela tinha acabado de me dar um fora quando de repente começa a me beijar e agarrar.
   -Ela devia estar muito bêbada. Lydia, você estava falando de Kira mas me disse que foi para casa com Stiles. Como correu?
   -Como correu o quê? Ele simplesmente me levou em casa, para de dramatizar, Alli.
Do outro lado estava Malia, Erica, Cora, Isaac e Stiles. Eles nem estavam tendo uma conversa de jeito, só estavam mandando piadas sobre algo que viram na net ou algo do género. Stiles não estava realmente prestando atenção de maneira nenhuma, ela só mantinha os seus olhos naquela cabeleira ruiva no outro lado da cantina. Ela e todos os outros na mesa estavam rindo de qualquer coisa engraçada que o McCall tinha dito, mas ela era diferente, ela tinha qualquer coisa que fazia o mundo meio que parar. Era como se ela e só ela tivessem direito a estar na mente de Stiles, porque ele não focava em mais nada.
   -Stiles? Você não está prestando atenção de novo… Está tudo bem com você?
   -Claro, porque não estaria?
   -Não sei, você tem estado tão distante. Faltou na quinta e na sexta, desapareceu da festa a meio e agora não está ouvindo. Tem algo a ver com aquela rapariga ruiva que se senta com você em economia?- A voz de Isaac estava a ficar preocupada, quando temos os nossos próprios problemas só queremos ajudar os outros, numa tentativa de talvez, esquecermos que temos situações para resolver- Desde que ela começou a se sentar com você que você não é o mesmo.
Malia, Cora e Erica apenas observavam e tentavam fazer com que ninguém reparasse que o tom da conversa estava a mudar, quando se é popular, até quando estamos a comer as pessoas reparam em nós. É um mundinho difícil de se viver, mas todos os que entravam sabiam bem qual o preço a pagar por se ser a estrela do liceu.
   -Eu estou bem, Isaac. Não precisa se enervar, tenha cuidado. -A voz de Stiles era calma e este olhava para baixo, apenas encarando o prato na sua frente. -Cuidado com o seu coração.
Não era novidade para nenhum dos 5 que Isaac tinha problemas cardíacos. Tinha sido aos 7 anos quando foi operado pela primeira vez e depois disso nunca mais pararam. Aos 14 anos foi operado pela ultima vez e foi também quando conheceu Erica, na ala do hospital. Ela tinha partido o braço e estava sentada na sala de espera com o braço ao peito. Ele lembrava-se da primeira conversa dos dois como se tivesse acontecido ontem e não à 4 anos.
Lembrança on
-Você partiu o braço?
-Sim, e o que aconteceu a você?
-Ah, eu tenho de ser operado ao coração mais ou menos todos os anos por esta altura. Se tudo correr bem, essa foi a última vez. Os médicos dizem que bons amigos ajudam a curar mais rápido.
Ela riu e escondeu o cara dentro dos longos caracóis loiros, percebendo a intenção dele.
-Acho que essa foi definitivamente a sua última operação.
Lembrança off
   -Você precisa de se concentrar mais, sua mãe comentou com a minha que todos os professores se têm queixado que você meio que esquece que está na aula e começa a olhar o horizonte. Palavras deles.
   -Eu sei, minha mãe não me tem deixado em paz ultimamente. Nem todos são como você Erica, nem todos podemos festejar como loucos à noite e parecer uns sobredotados de dia.
Segunda-feira, 04:56 PM, Casa da Érica
   -Vocês chegaram, estava a ver que não.
   -Cala a boca, sabe que tive de faltar o treino e ir na biblioteca arrumar livros se quis estar aqui antes da meia noite.
Malia estava visivelmente irritada.
   -Se acalma Malia.
   -Agora até você está contra mim, Cora? Achei que estávamos nesta juntas…
   -Eu vou voltar a estar do seu lado quando me contar o que foi fazer sexta feira para ter faltado ao castigo e não ter ido ajudar lá na minha casa.
   -Entrai logo, vadias.
Subiram as escadas da moradia e entraram no quarto de Erica. O quarto estava perfeitamente arrumado, algo estranho em Erica.
   -O que queria nos falar? -Perguntou Malia se sentando na beira da cama deixando as suas coisas confortavelmente espalhadas no chão perto da cama.
   -Eu estou grávida.
Cora parou de brincar com as pontas do seu cabelo e Malia levantou a cabeça, visivelmente afetada pela recente informação que entrou para o seu cérebro.
   -Você está o quê? -disseram as duas em conjunto.
   -Grávida.
   -E quem é o pai?
O sorriso que antes se encontrava na face de Erica desvaneceu e tomou lugar de um medo palpável.
   -Derek, o seu irmão.
   -O meu quem? -Cora estava incrédula. -Você já contou pra ele?
   -Eu não vou conseguir.
   -Claro que vai, porque eu vou estar lá a apoiar você. Como sempre estive e sempre estarei.
   -É, e eu também. -Malia disse se levantando e sorrindo.
Se abraçaram, fazendo daquele momento ainda mais especial.

 



 

 


Notas Finais


Olhem eu estou adorando escrever essa história mas para ser sincera a falta de comentários tem de desmotivado um pouco ultimamente por isso só vou postar o próximo capítulo quando esse tiver um comentário (e já não tou pedindo muito né?)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...