História Can't Live Without You - Capítulo 98


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Lauren G!p
Exibições 1.494
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey amores! ❤️ sentiram saudades? eu senti :c

Capítulo 98 - It's Vercy, yo!


ANTERIORMENTE

"Só?" Pergunto com um bico.

"Por enquanto sim, eu ainda nem escovei os dentes" DiZ e eu reviro meus olhos.

"Que coincidência, eu também não" Falo já indo beijá-la quando ela me empurra pelos ombros e sai correndo e rindo até o banheiro. Fiquei apenas sorrindo que nem boba por um tempo e só depois me dei conta.

"Eu te pego, Cabello!" Gritei indo atrás dela e devo ter ficado boquiaberta quando entrei no banheiro.

~ ✺ ~ ✺ ~ ✺ ~ ✺ ~

POV Verônica Iglesias

Me encontrava sentada num puff em frente à televisão enquanto jogava o meu mais novo jogo de video-game, estava completamente viciada nele e nada me faria desgrudar tão cedo.

Bufei quando meu celular começou a tocar e dei pause pra atender sem ao menos ver quem ligava.

~ Ligação On ~

Vero - "Alô, que é?" - Falei, eu estava completamente impaciente, já queria voltar a jogar.

Lucy - "Parece que alguém está de mal-humor" - Minha carranca deve ter se desfito imediatamente quando ouvi aquela voz. Eu me tornava uma completa boba falando com essa mulher.

Vero - "Uh... desculpa Lu, é que eu estava jogando e..." - Parei de falar quando ouvi a sua risada.

Lucy - "Está viciada em algum jogo novo, não é?"

Vero - "Talvez..." - Ela riu fraco.

Lucy - "Eu ia te chamar pra fazer alguma coisa, mas sei que não vai querer desgrudar desse jogo por nada no momento, ent..." - Logo a interrompi.

Vero - "Eu topo, vamos pra onde a senhorita desejar" - Digo afobada antes que ela realmente desistisse.

Lucy - "Sério mesmo?" - Concordei rindo do seu tom surpreso - "Ótimo, tem como vir aqui em casa umas 17h?"

Vero - "Me espere às 17h"

Lucy - "Vou estar te esperando" - Diz e eu sabia, pela sua voz, que ela estava sorrindo - "Até mais tarde?"

Vero - "Com certeza, até mais tarde babe" - Falo a ouvindo rir baixinho.

Lucy - "Tchau Vero" - Ouço antes de encerrarmos a ligação.

~ Ligação Off ~

Nem preciso dizer que eu estava com um sorriso estampado em meu rosto que certamente era maior que minha cara.

[...]

Mais tarde...

Dirigi até a casa de Lucy e acho que meu coração acelerou quando a vi sair de sua casa, ela estava, como sempre, simplesmente maravilhosa.

"Hey, eu ainda não estou acreditando que você largou mesmo aquele jogo pra sair comigo" Disse entrando no carro e beijando minha bochecha.

"Sinta-se importante, Vives" Falo e ela ri.

"Eu sei que sou" Disse convencida e eu arqueei uma sobrancelha pra ela que riu.

"Pra onde vamos?" Pergunto e ela da um sorriso fofo.

"Eu queria ir no cinema ver aquele filme de suspense que estávamos esperando lançar..."

"Inferno?" Ela assente e eu sorrio me animando ainda mais "Eu nem sabia que já tinha lançado, vamos ver sim!"

Lucy só ria da minha empolgação. Se o fato de eu parecer uma idiota for a razão desse sorriso, eu com certeza faria mais idiotices pra vê-lo.

Não ficamos em silêncio por um milésimo de segundo sequer no caminho inteiro, falamos sobre qualquer banalidade até chegarmos em nosso destino.

"Pronta pra fazer xixi nas calças, Iglesias?" Pergunta e eu reviro os olhos sorrindo.

"Devo te lembrar que essa é você e não eu" Falo cutucando sua costela vendo-a sorrir se esquivando.

"Eu não faço xixi nas calças... e nem choro em filmes de animação" Falou divertida lembrando da vez em que eu chorei quando viemos assistir um filme qualquer da Disney.

"Já disse, foi só um cisco no meu olho" Falo e ela ri junto comigo.

A trouxe mais pra mim e abracei de lado os seus ombros, tendo o seu braço em volta de minha cintura.

Compramos os ingressos, os doces, o refrigerante e a pipoca e fomos pra sala já que nosso filme iria começar em uma questão de minutos.

"Pelo menos não é 3D" Murmurou ela e eu a olhei e arqueei uma de minhas sobrancelhas.

"Por que? Está com medo?" Faço a pergunta sorrindo divertida e ela me olha com os olhos cerrados.

"Me poupe" Revira os olhos "Eu com medo de um filmezinho desses?" Diz e eu reviro os olhos ouvindo-a rir.

"Quero ver se não vai estar agarrada no meu braço daqui há pouco" Foi o que murmurei assim que as luzes se apagaram e os trailers começaram.

[...]

O filme estava na metade e eu estava concentrada na cena de suspense que passava quando sinto um corpo grudando no meu. Olhei pro lado e era Lucy escondendo o rosto no meu ombro.

Puxei ela mais pra mim e a abracei pelos ombros sentindo a respiração bater em pescoço.

"Depois não vai negar que aconteceu huh?" Sussurro e sinto meu pescoço ser mordido "Isso dói, Lu" Falo com uma careta no rosto e ela solta minha pele dos seus dentes.

"Era pra doer" Respondeu e eu rio me afastando apenas pra dar um beijo na sua testa e depois voltar a posição de antes.

Assim que o filme acabou, saímos da sala de cinema abraçadas falando do filme que havíamos acabado de ver.

"Ainda quer comer, babe?" Pergunto já que estávamos passando no andar da praça de alimentação.

"Vamos na McDonald's?" Pede e eu sorrio.

"Depois me chama de gorda" Falo e ela belisca o canto da minha barriga "Você tem que parar de me mutilar, sabia?" Falo massageando o local com um bico e ela ri dando um beijo na minha bochecha.

Ocupamos uma das mesas assim que compramos nossos lanches e começamos a comer enquanto nós conversávamos sobre qualquer coisa.

"Lu..." Chamei e ela me olhou.

Passei o dedo no canto da minha boca indicando que ela devia fazer o mesmo já que a sua estava suja, mas ela franziu o cenho em confusão.

Me curvei um pouco sobre a mesa e passei o polegar ali limpando o local.

"Pronto" Falo ouvindo a minha voz sair num sussurro.

"Obrigada" Ela murmura prendendo o lábio inferior entre os dentes e eu me sento corretamente de novo quando me dou conta de que ainda estava meio que curvada sobre a mesa.

Depois de um tempo o clima voltou ao normal e comemos entre risadas.

~ ✺ ~ ✺ ~ ✺ ~ ✺ ~

Estacionei na frente da casa de Lucy e fui até a porta com ela.

"Vamos entrar?" Ela me convida.

"Não vai dar, babe, tenho que ir pra casa ficar o Enzo já que meus pais vão sair hoje" Falo torcendo os lábios e ela assente.

"Da um monte de beijos naquelas bochechonas dele por mim" Ela fala me abraçando e eu rio.

"Tchau babe" Falo acariciando sua cintura durante o abraço.

Quando nos soltamos, ela olhou pra mim com um pequeno sorriso e deu um beijo bem no cantinho da minha boca me deixando estática.

"Boa noite, Iglesias" Fala entrando em casa.


Notas Finais


E então? 👀

Lucy chamando pra sair, tomando todas as iniciativas 👀 deixou a Vero "no chinelo" haha

Comentem 💙 vou >tentar< postar mais uma att ainda hoje, ok? Beijos!💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...