História Can't take my eyes off you. - Capítulo 47


Escrita por: ~ e ~vi17

Postado
Categorias One Direction
Personagens Niall Horan
Tags Fanfic, Niall Horan, Romance
Visualizações 11
Palavras 1.130
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ME PERDOEEEM PELA DEMORA!

Gente desculpa messsmo!
Espero que gostem!!

Recadinho importante nas notas finais

Capítulo 47 - Família parte 1


~Niall On~

Acordei cedo, me virei e abracei ela. Sorri.

-‘Bom dia’

Ela sussurrou e mexeu no meu ombro.

-Ta bem?
-Sim e você?
-Também

Sorri e beijei o rosto dela

-Vamos tomar café?
-Sim, precisamos sair logo pra chegar cedo
-Oh Deus
-O que foi?
-Você me lembrou da caminhada até  a forca de hoje

Ela riu e levantou.

-Levanta logo e deixa de ser mole
-Acha que manda

Levantei e a abracei por trás. Beijei o pescoço dela

-‘Niall...’
-Eu sei, eu sei... Vamos tomar café

Me troquei enquanto Ana usava o banheiro e aproveitei para pedir o nosso café da manhã.

Após comermos, fomos até o apartamento dela e enquanto ela arrumava suas coisas, fiquei observando a vista da varanda.

-Vamos?!
-Sim, vou decorar meu discurso no caminho

Ela sorriu. Fechou a casa e fomos pro carro.

~Ana On~

Chegamos em Porto Alegre e depois de pegar um táxi, seguimos para Canela. Assim que chegamos, descemos do carro e percebi que Niall estava nervoso.

-Calma, você não será morto –disse rindo.

Logo vi Júlio parado brincando no quintal da casa dos meus pais. Assim que ele nos viu, levantou e correu em nossa direção.

-TIA TIA TIA TIA

Soltei a minha mala e abracei ele.

-Oi meu amor. Tudo bem?
-Aham, vamo desenhar?
-Vamos. Depois vamos. Agora fala com o Niall.

Júlio olhou pro Niall eu estava logo atrás de mim, nos observando. E assim como Niall, Júlio sorriu.

Depois de colocar Júlio de volta ao chão, nós entramos e então eu apresentei Niall à todos (literalmente todos da minha família, porque minha mãe chamou todos os meus irmãos pra almoçar lá hoje). Apesar de a primeira parte difícil ter passado, Niall ainda não estava totalmente confortável e eu não posso negar que também estava um pouco.

~Vi On~

Acordei e fui pro banheiro. Josh ainda estava dormindo. Depois de tomar banho, fiz o café e enquanto esperava o leite esquentar, peguei o meu celular. Vi duas mensagens da Ana. Em uma que ela mandou ontem, dizia que estava vindo pra cá e que dormiria aqui (se fuder né) e na outra, que enviou agora a pouco, disse que já havia chegado e que iria para a casa dos pais antes de vir pra cá.

Depois que o leite esquentou e que eu arrumei a mesa, Josh entrou na cozinha e nós começamos a tomar café.

-Vi... me desculpa por ontem, eu não deveria..
-Josh, a culpa não foi sua. Ele não tem que ficar vindo “me ver”.
-Mas eu não deveria ter
-Ele merecia um soco na fuça.

Ao dizer isso, vi ele esboçar um sorriso. Sorri também.

-Ana ta aqui. Na casa dos pais dela agora. Mais tarde ela vem pra cá, vai dormir aqui
-Uh. Festa do pijama das mocinhas?
-Não –sorri- A não ser que o Niall tope fazer uma festa

Quando terminei de falar, percebi que ele não sabia sobre Ana e Niall. Não sei se foi bom, ou ruim.

-Eles estão juntos?
-Uhum... Acho que ele veio conhecer a família dela..

-Ah. Entendi.

Eu não sabia onde enfiar a cara naquele momento. Não sabia o que fazer.

-Vi. Relaxa, Jake não ta com ela agora porque ele foi orgulhoso demais, e isso é problema dele. Eu não sou ele.
-Que bom –sorri- Então.. se você quiser passar os outros dias aqui, é só ir buscar as suas coisas no hotel. Niall e Ana ficam em um quarto e nós no meu.
-Gastei com hotel a toa?
-Ah, você não avisou antes.
-Tudo bem. Eu tento um reembolso.
-Certo.

Terminamos de comer e fomos assistir TV.

~Niall On~

Após algumas horas de viagens finalmente chegamos na tal cidade. Peguei as malas enquanto ela falava com o pai pelo o telefone.

Logo ela se aproximou.

-Vamos? Temos que pegar um táxi, nós almoçamos lá  e depois vamos pra casa da Vi
-Ta bom

Sorri. Então saímos do aeroporto e entramos num táxi. Fomos conversando o caminho todo sobre coisas aleatórias como música  e comida, quando paramos em frente a antiga casa dela, ficamos em silêncio.

Descemos do táxi  e entramos.

Minhas mãos estavam suadas. Extremamente suadas.

-Calma, você não será morto.

Ela riu.

Fui apresentado a todos da família, inclusive as sobrinhas e então fomos almoçar. Fiquei um pouco mais tranquilo, mas ainda assim não estava completamente confortável.

Motivos: eles ficaram conversando, eu não pude interagir porque não entendia nada e o pai dela me deixou um pouco assustado.

Após o almoço, fomos pra sala e então Ana levantou e voltou para a cozinha para ajudar a mãe dela. O pai dela estava conversando com o irmão dela e eu estava olhando pra TV.

Meu celular vibrou e eu agradeci por ter algo para fazer. Peguei o celular e vi que tinha algumas mensagens. Abri a conversa com o Deo.

“Eai? Ela foi até o hotel?”

"Sim. Estamos na casa dos pais dela agora"

"Iiiiih... Já sabe como vai morrer?"

"Acho que ele vai me encarar até eu pegar fogo"

"Hahahahahahaha. Daria tudo pra poder ver sua cara agora. Fala pra Ana filmar e me mandar, caso você exploda"

~Vi On~

Meu celular toca. É uma mensagem. Mensagem da Ana. Fico brava, muito. Tinha que ser ela pra atrapalhar o que eu... bem, o que nós estávamos fazendo.

Josh deitou do meu lado e passou a mão no rosto e no cabelo, ambos completamente molhados pelo suor.

Virei pro lado e peguei meu celular. Abri a mensagem.

“Estamos chegando”

Droga!

-Josh, Ana ta chegando
-Vou tomar banho.
-Ta. Vou ligar o som e fazer como se estivesse na esteira
-Você é esperta –ele disse sorrindo e se levantando.

Depois que Josh foi pro banheiro, coloquei minha lingerie e a roupa de ginástica. Sequei o rosto e o corpo um pouco e fui pra área de serviço, liguei o rádio e a esteira.

Comecei a caminhar um pouco e logo ouço a campainha. Josh terminou o banho e foi pra sala com o notebook ligado e com um episódio de uma série pausado na metade. Sorri ao vê-lo.

Desliguei a esteira e fui até a porta.

Ana -Oláááá!
Eu -Oi, entra ai. Oi Niall
Niall –Oi Vi.

Eles entraram e eu fechei a porta.

Eu –Ana, esse é o Josh
Ana –Josh?!
Josh –Oi Ana. Prazer em finalmente te conhecer
Ana –Prazer é meu. Tudo bem?
Josh –Tudo e você? Você deve ser o Niall...
Ana –Bem
Niall –Isso, prazer.
Josh –O prazer é meu.
Ana –O quarto de sempre?
Vi –Aham, podem se acomodar, mas não muito
Ana –Hahahaha

Ana foi com Niall pro quarto. Assim que eles saíram das nossas vistas, olhei pro Josh e ele olhou pra mim, ambos com o olhar de satisfação no rosto. Somos bons atores, eu acho.


Notas Finais


Gente
Mais uma vez peço desculpa pela demora pra postar.
Diante disso, já vou dizer meu motivo pela demora e dar um recadinho
Começou as aulas e pelo que eu vi, esse semestre da faculdade vai ser pesado, então eu provavelmente vou demorar pra atualizar a fic porque a faculdade vai ocupar muito do meu tempo com os trabalhos, provas e tudo mais. Peço desculpa mais uma vez e sempre que eu tiver um tempinho, vou atualizar

Me perdoem pela demora e não desistam de mim!
Nos vemos no próximo capítulo
Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...