História Capim-limão - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abo, Fluffy, Yaoi
Exibições 71
Palavras 412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Pansexualidade, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OLAA
Lucas vc vai ficar atualizando sem parar? Vou pq to com fogo
Eu to rezando pra imagem do capitulo ter ido, mas enfim né, é o Nasch :v
Espero que gostem do capitulo...heheehe

Capítulo 18 - Capítulo 18


Fanfic / Fanfiction Capim-limão - Capítulo 18 - Capítulo 18

Visão da Santa :


Eu definitivamente não imaginei que tudo daria tão errado ...


Nasch chegou 3 dias atrás, eu fui empolgada busca-lo e traze-lo até aqui, subimos para o meu quarto e começamos a matar a saudade.


Nasch me contava de suas paixonites e eu contava das minhas saidas de noite, riamos e brincavamos juntos. 


 O dia estava sendo quase perfeito, faltando apenas Dewi ali para ser perfeito, mas ai... 


 Nasch se deitou do meu lado na minha cama e começou a falar :


 - Eu sinto falta de ficar com alguém, sei que é estranho falar isso pra irmã do meu ex - ele riu - eu gostava muito do seu irmão, mas infelizmente não deu certo, e agora eu vivo carente de um ômega. 


 - Eu entendo, é ruim não ter ninguém né? - disse olhando o teto e logo começando a perceber o cheiro dele ficando um pouco mais forte.


 - Saaan, você é minha melhor amiga - ele fez uma voz fofa enquanto falava - você prefere alfas e eu ômegas... mas ja que nenhum de nós tem o que quer... porque um não ajuda o outro? - ele estava muito corado enquanto falava, o que só me atiçou mais, logo o puxei para mais perto e comecei a beija-lo. 


 Ficamos ali nos curtindo, até que alguém entra no meu quarto com tudo: minha mãe ômega.


 - Santa? Nasch? Você não cansa de corromper meus filhotes? - ja percebi que aquilo daria algo muito ruim, e fui pra frente de Nasch - Nenhum dos meus bebês será de um viajante ômega metido a alfa, saia da minha casa agora! 


 Abracei Nasch, e fui me lembrando de quando Nasch e Dewi foram descobertos, eu não ia deixar apenas assistir tudo novamente, e então eu resolvi defender Nasch. 


 Eu e minha mãe ômega ficamos discutindo ali, até que minha mãe alfa entrou no quarto, ouviu o que minha mãe ômega disse, e virou-se para mim.  


 - Outro não, se em meia hora você não tiver sumido daqui, eu te vendo pro primeiro alfa que aparecer, e faço questão de você não ter a mesma sorte que seu irmão teve - aquilo doeu, e muito.


Ambas se retiraram do meu quarto, Nasch me ajudou a arrumar minhas malas e sair correndo para a pousada mais próxima. 


 E agora estou escrevendo uma carta implorando por moradia ao alfa de Dewi... eu não imaginei que me humilharia tanto... eu só espero que essa carta chegue logo.


Notas Finais


ENTAO NÉ

"Ah como q a mãe ômega aturava a mãe alfa?" Ela é do mesmo nivel rç
Enfim né amiguinhos, acho q é isso, oq acharam do nasch ?
Eu sinto que não to aprofundando em todos os personagens, sabem oq isso significa? Eu com fogo escrevendo mais cap e aumentando a fic <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...