História Cappuccino - Imagine Suga - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine Min Yoongi, Imagine Suga, Jikook, Namjin, Romance, Vhope
Visualizações 50
Palavras 1.335
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpa pela demora!
Sério mesmo, eu sinto muito... Agora estou na volta as aulas e está tudo uma bela bagunça...
Sem falar da falta de ideias...
Mas eu espero que gostem desse capitulo apesar dele estar meio ruim... ^^U

Capítulo 3 - Já se preocupa como um pai.


Fanfic / Fanfiction Cappuccino - Imagine Suga - Capítulo 3 - Já se preocupa como um pai.

Depois de mostrar o resto da casa para S/N, Yoongi disse que ela poderia ficar à vontade e arrumar suas coisas no quarto. Avisou que precisaria sair e trabalhar, e que provavelmente voltaria bem tarde, mas que se precisasse poderia ligar para ele, o número de seu celular e do telefone de sua sala na empresa estaria em um bilhete na cozinha. A garota assentiu e agradeceu mais uma vez por tudo que ele estava fazendo por ela e Sofia.

Quando ficou sozinha em casa S/N começou a retirar suas roupas de uma das malas e guardá-las no grande armário que se encontrava no quarto, depois passou para os livros e outros pertences que foi espalhando pelo quarto. Passou horas arrumando tudo, e quando viu já passava das seis da tarde e estava bem escuro. Sentia-se sozinha, mas não podia reclamar, estava melhor ali, perto de sua tia, do que em um internato qualquer cercada de gente que não conhecia. Pegou um retrato que havia colocado no criado-mudo, era uma foto onde estavam ela e sua mãe em um parque próximo da casa onde moravam, naquela época tudo estava perfeito, as duas eram felizes e passavam muito tempo juntas. S/N quase não percebeu quando começou a chorar até ver as lágrimas caírem em suas mãos e no retrato que guardava a foto. Abraçou o retrato e deitou na cama, adormecendo logo em seguida ainda com lágrimas nos olhos.

Não muito longe dali Yoongi estava novamente em seu escritório, mas ainda assim não conseguia se concentrar em nada, pensava em como estaria S/N. Estaria bem? Havia comido algo? Descansou um pouco? Ela não era alérgica a gatos, não é? Estaria com saudades da mãe?

Bufou exausto e jogou os papéis que tinha na mão sobre a mesa, bagunçando-a mais do que já estava. De repente o interfone em sua mesa começou a tocar. Atendeu rapidamente.

Yoongi: Sim?

Sook: Senhor Yoongi. Namjoon está aqui para vê-lo.

Yoongi: Mande-o entrar… - respondeu meio confuso. Por que Namjoon estaria ali?

Aguardou alguns segundos até que Namjoon entrasse pela porta sorridente como sempre.

Namjoon: Yoongi! Quanto tempo. Por que essa cara, não está feliz em me ver?

Yoongi: Só estou entediado aqui dentro…

Namjoon: Então é seu dia de sorte! Jimin me convidou para uma festa e disse para você ir também.

Yoongi: Uma festa? Já faz tempo que ele não dá uma festa…

Namjoon: Digamos que ele descobriu umas coisas muito interessantes.

Yoongi: Não me diga que… É isso mesmo que eu estou pensando? - perguntou sorrindo de lado para o amigo.

Namjoon: Jeon Jungkook ficou solteiro ontem mesmo! - respondeu jogando as mãos para o ar enquanto se deixava cair em uma das cadeiras em frente a mesa de Yoongi.

Yoongi: E ele não vai perder a oportunidade, não é? Jimin teve um crush nele por anos, sempre tentando disfarçar e tentando fingir que gostava das namoradas dele.

Namjoon: Sem falar de sempre fingir gostar de mulheres… - bufou indignado.

Yoongi: Exatamente. Por que ele fingia mesmo?

Namjoon: Jungkook é… ou era, meio homofóbico. Bom, pelo menos era na época do colégio. Hoje eu acredito que não, ele até foi meu padrinho no meu casamento.

Yoongi: É verdade. Falando nisso, como vai o Jin?

Namjoon: Bem, eu acho… Ficou doente de novo.

Yoongi: Ele tem a saúde frágil mesmo, não é?

Namjoon: Sim. Mas você vai na festa?

Yoongi: Quando é?

Namjoon: Sábado.

Yoongi: Hum… Pode ser, tentarei ir.

Namjoon: Ótimo! Mas… Agora vamos para um assunto mais importante. Quem é a garota? - perguntou sério.

Yoongi: Garota? Que garota?

Namjoon: A que entrou no seu apartamento com você mais cedo.

Yoongi: Está me espiando de novo Namjoon?

Namjoon: Não, estava passando de carro perto do seu prédio e vi vocês entrando.

Yoongi: É uma longa história…

Namjoon: Eu tenho tempo.

Yoongi: Mas eu não tenho Namjoon. Olha quantos papéis já tenho pra assinar e ler… - disse apontando para a pilha ao seu lado.

Namjoon: Faça seu trabalho enquanto conta. Vamos Yoongi! Não me diga que é sua namorada…

Yoongi: C-claro que não é! - respondeu irritado, mas podia sentir as bochechas esquentarem levemente. - Vou contar, mas não fale pra mais ninguém por enquanto, é complicado.

Namjoon assentiu e prestou atenção em cada detalhe da história de amigo. Yoongi contava tudo com toda a calma e paciência do mundo, somente esperado o momento em que seu amigo o criticaria.

Namjoon: Você é tonto ou o quê?! Não sabe nem se cuidar, imagine cuidar de uma adolescente!

Yoongi: Suas palavras de apoio aquecem meu coração… - disse sarcástico.

Namjoon: Leve-a na festa de Jimin fim de semana! Adoraria conhecê-la.

Yoongi: Não sei se é uma boa ideia… A mãe dela faleceu a tão pouco tempo, acho melhor ela ficar em casa. Além disso, ela não vai conhecer mais ninguém lá além de mim, deve ser desconfortável.

Namjoon: Mas ela pode nos conhecer lá mesmo! Deixe-a se divertir um pouco, é melhor do que ficar em casa sofrendo.

Yoongi: Verei se ela tem vontade.

Namjoon: É engraçado, nem a conhece, mas já a protege como um pai.

Yoongi: Ela é pequena e frágil, alguém precisa protegê-la.

Namjoon: Entendo. Bom, acho melhor eu ir andando, Jin deve estar me esperando.

Yoongi: Sim, vá embora e pare de aparecer sem avisar para atrapalhar meu trabalho.

Assim Namjoon foi embora rindo da raiva do amigo e Yoongi voltou a concentrar-se no trabalho.

---

Já se passavam das duas da manhã quando Yoongi conseguiu voltar para casa, e tudo estava na maior silêncio como sempre. Imediatamente foi até o quarto de S/N e ver se estava tudo bem.

Ao chegar na porta bateu de leve, e ao não receber resposta imaginou que ela estava dormindo, então abriu a porta devagar e encontrou-a deitada na cama ainda com a roupa de mais cedo e com um porta retrato entre os braços.

“Não é bom dormir assim… Devo acordá-la? Me pergunto se ela comeu algo…”

Yoongi: S/N… Acorde, não é bom dormir com essas roupas. - chamou a garota com a voz suave, vendo-a despertar devagar. - Boa dia dorminhoca.

S/N: Bom dia? Que horas são? - perguntou ainda meio sonolenta enquanto coçava os olhos.

Yoongi: São duas da manhã.

S/N: Por que me acordou?

Yoongi: Primeiramente para você tomar um banho e colocar um pijama. Segundo para você comer algo, porque duvido que tenha comido algo. Agora vamos, mecha-se que eu vou preparar algo para comer.

A garota assentiu ainda meio grogue de sono e se dirigiu ao banheiro e fechou a porta atrás de si. Logo Yoongi pode ouvir o registro de chuveiro sendo aberto, então satisfeito saiu do quarto e foi até a cozinha colocar uma pizza congelada no forno.

Não demorou para que S/N aparecesse na cozinha, agora com um pijama azul bebê e branco comprido e com os cabelos um pouco úmidos. Provavelmente havia secado bastante com a toalha para não se resfriar, aquela noite estava bem fria.

Yoongi: Logo a pizza deve ficar pronta, eu vou ir tomar um banho enquanto isso. Pode ficar na sala se quiser e colocar um filme para assistirmos. - S/N assentiu e saiu da cozinha.

Yoongi foi par o seu banho enquanto a garota encontrava uma criaturinha peluda dormindo no sofá. Fez carinho na cabeça o gato, que logo se derreteu no toque dela, ronronava gostosamente. S/N sentou-se ao seu lado no sofá e escolhia um filme na TV enquanto continuava com as carícias na cabeça do gato. Em um momento o mesmo de levantou e foi para o colo dela, aproveitando-se agora, também, do calor do colo de S/N.

Assim que chegou na sala, agora com um pijama preto e cabelos molhados, Yoongi não pode deixar de sorrir ao encarar a cena no sofá, vendo S/N e seu gato se dando tão bem, isso porque seu gato não gostava muito de outras pessoas, geralmente tinha medo delas.

Aos poucos ele ia percebendo o quão solitário ele sempre foi, mas não percebia.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Bjos pra vcs pessoa lindas ;3 ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...