História Captain Swan- One shots - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve)
Tags Captain Swan, Emma Swan, Hook, Once Upon A Time
Exibições 118
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente! Cheguei com mais um capítulo pra vocês! E ta bem fofinho por sinal *-* Espero que gostem e tenho um recadinho nas notas finais.

Capítulo 15 - Noites sem dormir PARTE 2


Fanfic / Fanfiction Captain Swan- One shots - Capítulo 15 - Noites sem dormir PARTE 2


Na noite seguinte, Emma e Killian estavam deitados na cama. Ela estava de costas para ele,  com o braço dele envolto em sua cintura. Sua cabeça se encaixava perfeitamente logo abaixo do queixo, como se fosse feito para estar lá.
"Você está pronta para me dizer sobre o que foi o seu pesadelo esta noite no telhado?" ele sussurrou em seu ouvido.
Emma não se virou para encará-lo. "Eu disse que não era nada."
Ele soltou um suspiro. "Emma, ​​você era um livro aberto para mim desde o momento em que nos encontramos. Não importa quantas paredes você teve. Eu sempre posso dizer quando você está escondendo algo de mim. Eu sei quando algo está incomodando você. Eu sei quando você está bem e quando não está, amor. "
Emma virou-se lentamente em seus braços, seus olhos encontrando os dele. Eles estavam tão perto, ela podia sentir seu hálito quente em seu rosto.
"Era sobre a minha mãe."
"Então é sobre ela?"
"Em meu pesadelo ela morreu aqui em baixo. Hades a matou para me punir por tentar derrotá-lo", disse Emma, ​​com a emoção ultrapassando sua voz.
Killian viu seus olhos se enchendo de lágrimas. Ele levantou a mão para sua bochecha e suavemente acariciou com o polegar.
"Não era real amor. Foi apenas um pesadelo. Não é uma previsão do futuro."
Ela engoliu com um nó na garganta. "Como você sabe? Pode ser."
Ele balançou sua cabeça. "Se há uma coisa que eu aprendi sobre o futuro Emma, ​​é que não é gravado na pedra. Nós temos o poder de mudá-lo. Nossas ações podem mudar o nosso destino."
"Mas isso é o que eu tenho medo. E se minhas ações causarem a morte da minha mãe?"
As lágrimas vieram com força total agora. Killian deu um beijo na testa dela e puxou-a para perto dele, com o queixo apoiado no alto de sua cabeça.
"Você e sua família me fizeram acreditar na esperança, Emma. Quando acabei aqui em baixo e eu estava sendo torturado por Hades, eu não tinha qualquer esperança. Eu pensei que este era o meu destino e você estava perdida para mim para sempre. E em seguida, lá estava você. Fazendo o que parecia impossível. Nunca desistindo. Emma, ​​você não falha. Você sempre descobre uma outra maneira de ter sucesso. E eu tenho fé absoluta que desta vez não será diferente. "
Emma sorriu, as palavras dele lentamente trabalhando em seu coração e mente.
Ela esfregou o rosto em seu pescoço. "Obrigada por sempre acreditar em mim."
Killian passou os braços com mais força ao redor dela.
...
Na noite seguinte foi como as anteriores. Ficaram embrulhados juntos, mas o sono não vinha para Emma. Killian estava prestes a sugerir ir para a sala de estar para uma mudança de cenário, quando ouviu algo que ele não tinha ouvido antes. A respiração de Emma tinha abrandado e ela estava liberando pequenas baforadas de ar através de seus lábios.
Killian olhou para ela, sorrindo para a visão de seus olhos fechados e os lábios entreabertos. Ela foi finalmente dormiu. Ela parecia tão calma que ele tinha vontade de tocá-la. Ele queria correr o polegar nos lábios macios. Ele queria acariciar seu rosto com as costas da mão. Mas ele não se atreveu a tocá-la, a não ser para embrulhar o braço mais firmemente em torno de sua cintura. Ele não quis arriscar acordá-la.
Emma não se sentia tão em paz em um longo tempo. Ela estava tendo um sonho maravilhoso. Eles estavam todos de volta em Storybrooke. Eles tinham acabado de chegar de um jantar de comemoração na Granny's. Killian e Emma estavam andando lado a lado pela calçada. Killian parou e virou-se para Emma, ​​sorrindo brilhantemente. Ele disse a ela que a amava. Em seguida, ele se inclinou e deu um beijo em seus lábios. Emma colocou seus braços em volta do pescoço, sua mão indo para a parte de trás da sua cabeça para aprofundar o beijo.
Mas de repente a terra debaixo deles se abriu. Um brilho de fogo emanava. Killian foi arrancado dos braços de Emma e sugado para dentro do buraco. Emma ficou em choque com a perda repentina do homem que amava, seu olhar movendo-se para o abismo abaixo dela. O medo encheu seus olhos, mas ela não hesitou. Ela saltou atrás dele e a terra fechou-se, como se nada tivesse acontecido.
Emma e Killian encontraram-se no submundo. Eles estavam de pé sobre uma ponte que estava sobre o mar de fogo. Killian estava diante de Emma. Ela estendeu a mão para ele, mas mesmo que ele parecia ao seu alcance, ela sentiu milhas de distância os separando.
"Killian!"
"Emma!" ele gritou, com o o braço estendido.
Só então, Hades apareceu, de pé entre eles.
"Você nunca vai me derrotar", disse ele.
Com um movimento do pulso, enviou Killian voando nas chamas abaixo.
"Não!" Emma gritou quando ela tentou correr em direção a ele, mas Hades tinha congelado-a no seu local.
Killian desapareceu de vista, seus gritos lentamente desaparecendo.
Emma gemeu em seu sono e Killian olhou para o seu rosto. Uma lágrima caiu de seus olhos e deslizou por sua bochecha. A testa estava franzida em preocupação e ele levantou a mão para pegar a lágrima com o polegar.
"Não!" de repente ela gritou, enquanto seus olhos se abriram e ela sentou na cama.
Os olhos de Killian se arregalaram em alarme, enquanto ele rapidamente sentou-se ao lado dela. "Emma? Emma, ​​o que está errado? Você está bem?"
Emma olhou para ele através dos olhos embaçados de lágrimas, seu peito suspirando em alívio ao vê-lo são e salvo. Ela jogou os braços ao redor dele com tanta força que ela quase caiu para fora da cama. Ela escondeu o rosto na curva do pescoço dele, as lágrimas molhando a pele.
"Você está bem", ela sussurrou.
Killian acariciou suas costas confortavelmente. "Eu estou bem, amor. Estou bem aqui."
Emma se afastou e encontrou seus olhos, sua mão alcançando seu rosto. "Prometa-me que nunca vai me deixar de novo."
"Emma", disse ele, sabendo que tais promessas não estavam dentro de seu controle.
"Prometa-me", ela repetiu suavemente, mas com firmeza.
O olhar dela lhe disse que ela precisava ouvir as palavras mesmo que ambos sabiam que essas promessas não poderiam ser feitas.
"Eu prometo", ele sussurrou.
Emma colocou a cabeça em seu ombro e fechou os olhos.
"Diga-me o que aconteceu. Qual foi o seu pesadelo?" ele perguntou, enquanto ele continuava a acariciá-la.
Emma engoliu em seco, não querendo reviver o momento. "Todos nós tinhamos escapado do submundo de alguma forma. Nós tinhamos acabado de celebrar no Granny's. Você e eu fomos a pé para casa. Nós estávamos nos beijando. Estávamos tão felizes." Ela fez uma pausa e respirou fundo. "Então, de repente você se foi. A terra se abriu e o sugou de volta para o submundo. Eu te segui e acabamos em um penhasco sob o poço de fogo. Então Hades apareceu e ele ... ele jogou você para as chamas. Eu não podia fazer nada. Eu estava impotente. Você se foi. "
Emma se afastou e Killian segurou seu rosto em suas mãos, seus olhos olhando para os dela. "Foi apenas um pesadelo, Emma. Não vai acontecer. Vamos derrotar Hades e então teremos o futuro que merecemos em Storybrooke."
"Como você pode ter tanta certeza?" ela perguntou.
"Porque nós temos lutado muito para ter menos que isso", disse ele. "Eu sinto em meu coração e acredito que em minha alma que vamos vencer."
Emma balançou a cabeça lentamente. Ela só podia esperar que ele estivesse certo.
"Eu te amo", ela sussurrou.
"Eu também te amo", disse ele.
Killian se inclinou para frente e colocou um beijo suave nos lábios dela. Ele então se acomodou na cama e puxou-a para baixo com ele. Ela colocou a cabeça no peito dele e ele colocou seu braço firmemente ao redor dela.
"Eu não quero cair no sono de novo", disse ela.
"É só descansar, amor", ele sussurrou, como ele deu um beijo em sua testa. "Basta fechar os olhos e descansar."
Emma fechou os olhos, mas só causou lágrimas sendo forçadas a deixar suas pálpebras. Killian sentiu as lágrimas atingindo seu peito e ele sabia que se seu coração já não tivesse parado, então certamente nesse momento teria quebrado.
Eles precisavam encontrar uma maneira de derrotar Hades de uma vez por todas e isso precisava para acontecer em breve. Ele não poderia estar vendo a mulher que amava com tanta dor. Eles mereciam um futuro incrível juntos e Killian ia com certeza fazer com que eles conseguissem.
 


Notas Finais


Esse foi a última parte dessa one e espero que vocês tenham gostado! Como sou muito indecisa sobre a próxima a ser traduzida gostaria que vocês votassem novamente, vou colocar aqui algumas one shots retirando as que já traduzi claro e colocando outras no lugar. A que você gostar mais vote nos comentários. A que tiver mais votos vou traduzir e postar o mais rápido possível. Então vamos lá:
1) Caronas infernais
Killian ganhou recentemente sua licença para dirigir assim podendo ajudar Emma com a tarefa de carona para as crianças. Ele logo descobre que vilões, maldições, e o submundo são nenhum desafio em comparação com seis crianças em uma minivan. (Essa é uma previsão pro futuro onde eles já tem filhos super engraçada e divertida, de doer a barriga de rir mesmo e claro com alguns momentos fofíssimos.)
2) Um dia de praia
Emma e os Charmings levam Killian em sua primeira viagem para a praia. Mas David e Killian com seus jeitos competitivos, transformam um dia relaxante na praia em um dia de intrigas.
3) Killian Jones vai á escola
Killian decide que quer ter o diploma da escola e se matricula na turma do ensino médio de Henry. Emma incentiva Killian e ele e Henry lutam para ajustar. (Essa é outra bem comédia mesmo, com direito a momentos hilários com Henry e Killian e momentos fofíssimos do Killian com a Emma)
4) Tirando férias
Desde que retornou do submundo Emma tem tido problemas para dormir, então vai ao Dr. Archie Hopper. Ele prescreve um período de férias, o que Emma decide ir com Killian. ( Fofinho demais também!)
5) Por que não podemos lutar também?
Emma e Killian são capturados em uma posição comprometedora por seus gêmeos de 6 anos, fazendo com que Emma se preocupe que eles já ficarão marcados por toda a vida. (Mais uma previsão do futuro divertida e maravilhosa!)
E são essas! A que ganhar vai ser a próxima a ser postada.
Gostaria de agradecer a todas por ler e aos favoritos ( não imaginava ter 1 agora são 54 *-*)!
Beijos e até a próxima one shot!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...