História Innocence [Namjin - Incesto] - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 313
Palavras 426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Lemon, Luta, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


eu sao queria sabe pq a fic ta ganhando mais vizu, e fv
tipo quase 40 por 1 cap '-'
alguem me explica? mas obg pelos apoios lindas(os)

Capítulo 8 - 8


[9 de Janeiro 21:40 PM ]


– H-Hyung não é oque e-está, pensando T-Taehyung é um babaca... literalmente um babaca, – Eu me perdia no meu próprio pensamento, enquanto engasgava com a própria saliva.



– Tem certeza? – Ele se aproximou da cama, alisando minhas coxas como se queria ter contato físico com ela, Então eu engoli seco.



– Hyung.. – Eu queria beijar ele. Eu queria sentir ele, mas ele é o meu irmão. Não de sangue, mas aquilo poderia ser errado.


– Me beija Jin, – Ele elevou seu indicador até meu queixo, me forçando a olhar seus olhos brilhados; de luzes.


Eu era novo de mais,
Eu não sabia beijar, nunca tive uma namorada;quanto um relacionamento sério.



– E-Eu não sei, – Eu elevei meu queixo para baixo, desejando faca quente versos meu próprio pocotó. Mas ele me forçou novamente para encarar aqueles olhos pegando fogo por uma luxuria.



– Eu vou te ensinar, eu vou te ensinar a me beijar. – 

'' Beije-o ''
Eu deveria? Eu acho que sim.


Quando toquei seus lábios, Foi adorável, diante sua textura macia. Suas mãos contornavam minha cintura e pela primeira vez, Senti que nunca iria beijar uma garota assim. Céus, eu estava beijando Namjoon. O Beijo ocorreu lento, mas nessa lentidão eu sentia seu perfume. Eu sentia o perfume que Namjoon roubava de meu pai.



Eu estava adorando.
Eu estava a gostar de tudo aquilo.

– N-Nam.. – murmurei contra seus lábios, e separei-me rapidamente dele.
– Tão adorável.


– Escuta Jin, não conte para ninguém oque ocorreu aqui. Apenas um segredo, – Ele andou em circulos, mas logo depois controu seus dedos para mim. Eu me levantei e andei até ele ainda com o seu perfume filtrado nos meus lábios.



Oh céus.
Namjoon, havia me beijado.

Eu havia Beijado Namjoon.

Tudo ocorreu tão rapido..
A Janta ocorreu silenciosa. Apenas por ser um beijo de segundos, eu me sentia envergonhado. E Aquelas perguntas suplicantes '' Será que ele não gostou? '' '' Será que ele não aprovou '' ?


Ok, chega de ''será''.
Eu conheço meu próprio irmão, se meu beijo fosse horrível ele falaria.


Namjoon havia preparado lasanha, Mas o pequeno probleminha mirabolante que ecorria naquelas camadas eram que o sal estava desposto a ser o rei da porra toda. Literalmente a lasanha estava parecendo um saleiro empaturrado.


Credo, gente do céu estava querendo vomitar, Mas oque eu precisava fazer era emitir um sorriso falso para ele e fingir que aquele fosse  melhor refeição da minha vida.


Mas oque eu pensava era do tipo..
Como eu vou dormir? depois daquilo?


Depois de Namjoon ter me beijado.
Eu não estava acreditando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...