História Cara, você é um fantasma? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Visualizações 30
Palavras 1.238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então galera, eu realmente estou tentando achar o sentido da minha vida, por que isso deveria ser comédia, mas tipo... Nada ver essa porra, tipo... Eu tô me sentindo um lixo eterno aqui, eu queria estar morta. Parei, estou chocada com minha capacidade de deixar uma coisa boa em uma bosta, mas eu lembro que nunca foi bom. ;-; chorei.

BEIJU NU PINTU!

#BEIJUNUPINTU
#VÃOLERDESGRAÇA

Amuh vocês, boa leitura!

Capítulo 1 - Não tenha um amigo fantasma!


Fanfic / Fanfiction Cara, você é um fantasma? - Capítulo 1 - Não tenha um amigo fantasma!

Não tenha um amigo fantasma!

Park Jimin você é um azarado mesmo, como pôde deixar o lençol cair na hora que está assustando uma criança? Nem parece que é um fantasma mesmo. Posso ser literalmente um fantasma muito azarado, mas eu tenho a sorte de falar com os mortais, sim, eu posso falar com qualquer mortal, lógico que é só se eu quiser, mas tem problemas: Ou eu falo com uma pessoa, ou eu falo com todas as pessoas. Mas aí você me pergunta "O que há de errado nisso?" Eu tenho uma razão simples para simplesmente ficar preocupado. Tenho que escolher todos ou apenas uma pessoa, entende? Uma única pessoa! Você fala para eu escolher todas mas não tem como eu escolher todas, você me pergunta, mas por quê? Porque eu tenho um crush. Sim, isso mesmo, um crush.

Ah, que vontade de gritar, o que eu fiz de errado para merecer isso? Eu não mereço isso, eu pareço uma garotinha que deseja atenção do crush. Não sei se ele quer falar comigo, mas eu quero muito saber mais sobre ele. Eu sei apenas o nome; Jeon JeongGuk, um puta de um gostoso do caralho, eu me sinto a pessoa mais estranha do mundo quando eu tô perto ele, meu coração começa a acelerar, mas espera... Se eu sou um fantasma, não deveria ter um coração, certo? Enfim, deixa a dúvida no ar.

Sabe quando você quer cagar, porém, tem um miserável humano lhe atrapalhando? Vocês não sabem o quanto é ruim ter alguém lhe olhando, principalmente sem perceber sua presença, nem parece que eu existo para eles, eu me sinto totalmente esquisito, humanos são tão estranhos! Eu existo meu povo, mas eu não tenho a mesma cor que vocês!

— Jimin, nem parece que você tem crush naquele garoto, olha pra você todo cagado. — Meu amigo surge da puta que pariu dentro do banheiro. Amigo, eu não posso nem mais defecar em paz. Sim, meus amigos brotam do nada nos cômodos que eu estou, eles chegam já falando sem darmos intimidade, isso porque se acham a rainha da farofa. — Limpa logo essa bunda, vamos fazer nosso trabalho neste mundo cruel.— Prazer, esse é Kim TaeHyung, meu melhor amigo. Eu aviso logo, quando você tem Tae do seu lado, você não precisa de jeito nenhum de inimigos. Tae é escroto, parece aquelas esponjas de limpar bunda — e aí você me pergunta que esponja é essa, eu também não vi ainda.

— Mas o que, o que você ta fazendo aqui? Não posso nem mais defecar em paz! Você faria um grande favor caso saísse do banheiro! Não sou obrigado a ficar vendo sua cara de orifício anal. — Ele fez uma cara de ofendido, até parece mesmo que tá ofendido. Tae às  vezes é um ser irritante.

— E eu pensando que você fosse meu melhor amigo, fala sério Jimin, ver esse seu cu cabeludo cheio de bosta é muito bom. — Sinto uma cara no meio de minhas nádegas, ele tem demência? Eu desisto de ter amigos normais. — Limpa isso direito, ele ta muito sujo, você comeu o que?

Mano, porque meu amigo tá vendo minha bunda toda suja? Imagina alguém ver sua bunda toda suja, ainda meter a cara, que pena que ele é um fantasma, não que eu quisesse que ele metesse a cara na minha bunda cheia de merda, mas ele já ta vendo mesmo, então tanto faz.

— Vou limpar com sua boca seu azarento.

[...] 

1 mês depois

— Jimin, olha ali, como ele é lindo. Não é? — Tae ta muito jogado e olhando demais para o meu boy, até parece que não tem o próprio crush. Min YoonGi o crush desse azarento. Totalmente popular entre as meninas. Podemos dizer que ele é frio, totalmente foda-se para a vida. Misterioso, posso dizer que até eu tenho uma curiosidade a mais sobre YoonGi, ele é muito interessante, mesmo minha pessoa não sabendo nada sobre ele. — Olha lá ele dizendo que pode sim sair com a menina...

Oi? Ele sair com alguma menina? Quem disse que o dono dele deixa? Ridículo ele não pede permissão, vou interromper essa bosta, vou revoltar. Para quem não sabe eu já sou amigo de Jeon JeongGuk, mas ele não liga muito pra mim, parece que eu não existo na vida dele... Esse desgraçado me paga! Eu sou amigo do JeongGuk porque ele tem alguma coisa com esse mundo de fantasma, ele consegue ver mais do que minha pessoa, inclusive o TaeHyung. Às vezes ele dá muita atenção para meninas, eu fico isolado no mundo, nem parece que essa desgraça gosta de piroca.

Julgue-me eu já me masturbei o vendo dando pro encanador, ele não se assume nunca, esse nego gosta de pau pra caralho, chupa pra caralho, gosta de um leite branquinho. Nunca o vi pegando em uma pepeka. O máximo que eu vi foi ele tentando comer uma garota.

Flashback on

1 dia atrás

Eu estava numa bela noite, uma noite cheia de estrelas, vi uma estrela cadente passar, não posso perder essa oportunidade!

— Senhora das farofas, faz Jeon JeongGuk me notar de qualquer forma, espero que a senhora atenda minhas pressas. — Sorri e beijei minha própria mão, espero que a senhora da farofa atenda meu pedido. Escuto vozes de um quartinho, isso ta estranho, ninguém usa esse quartinho. Você vai me perguntar onde minha bela pessoa estava, logicamente de acordo com todos meus cálculos, estou na casa de meu crush, mas "como você viu a estrela"? Tem janela pra que? Desculpa, agora estou ocupado demais vendo o que ta acontecendo naquele quarto.

Tento de qualquer forma chegar perto daquele lugar ali a porta sem ele perceber, tem que ser muito cracker nesse bagulho para ele não perceber de jeito nenhum que tem um ser humano ali, mas eu lembro que eu não sou humano, que dizer, eu sou humano, mas sem ninguém ver, calma... Buguei. Olhei para aquela palhaçada, mas que merda é essa? Vamos calar os pulmões e a boca também. Essa cena é bem nojenta, olha lá ela pegando no pau do meu macho, essa bicha pensa que é mais importante que Park delícia Jimin?

Vejo o mesmo encarar a garota de uma forma totalmente provocante, até eu senti a pontada no útero, olha lá o mais hétero. A menina estava com uma cara muito merda, parece eu quando o Tae ta me abusando.

— Já tá duro? — Eu tive uma leve parada cardíaca, meu coração parou por um instante.Uma risada enorme que eu iria soltar neste exato momento. Ai socorro! O bagulho dele ainda não tá duro, mãos femininas não dão certo com Jeon. — Se não tá ainda hm... eu posso te ajudar a ficar oppa.

Minha cara de nojo foi automática, mas que merda hein garota? Jeon fez uma cara safada e sorriu provocativo, isso não vai ficar assim, se ele pensa que vai ficar assim, ele ta muito enganado.

Eu tenho técnicas fantasmagóricas, e quem disse que eu não posso usar com Jeon? Sorri meio diabólico, e usei uma de minhas técnicas que é entrar na alma da pessoa e simplesmente ser essa pessoa de alguma forma.

— Não preciso querida, eu gosto de rola, 100%, sabe rola? Mas, ela deve ta dentro de minha pessoa de alguma forma. Um boquete adoro pagar... É uma delícia. — fiz com que ocorpo de Jeon fizesse aquele maldito gesto como se tivesse chupando um pirulito.

Moral da história: Não tenha um amigo fantasma!


Notas Finais


OBRIGADO POR LER ESSE LIXO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...