História Carmem, amiga de Adam e Tommy - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Lambert
Exibições 7
Palavras 969
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


 - Carmem, eu consegui convencer Adam. Ele topou, só porque eu disse que era EU que estava pedindo e não você. Pedi que ele fizesse por mim para poder mostrá - lo o quanto ainda o desejo. Não é porque eu estou com você que eu o esquecí. Eu o amo e sempre o amarei.
 - Obrigado, obrigado e obrigado. Carmem pulou em Tommy o enchendo de beijos pela excitação.
 - Agora é só marcar o dia que ele pode vir aqui ou onde você quiser que eu o avisarei.
 - Não sei... Acho que semana que vem, quem sabe. Vai ter uma festa e queria que vocês fossem como meus convidados e depois da festa bem que poderia rolar alguma coisa entre nós 3.
 - Então beleza. Já está marcado. Agora vou tomar banho porque vou sair com uns amigos. Não me espere acordada. Talvez nem volte hoje.
 - Tudo bem. Então vou chamar umas amigas para virem aqui esta noite. Vou aproveitar que estou sozinha.
 Tommy foi tomar banho enquanto Carmem ligava para algumas amigas para ver quais poderiam passar a noite com ela porque ela tinha tanta coisa para contar para elas. 
 Depois que Tommy saiu do banho todo perfumado e com os cabelos ainda molhados, Carmem não resistiu em elogiá - lo:
  - Nossa! Como fica bonito de cabelos molhados... E que perfume. Tá todo arrumado assim só para encontrar os seus amigos ou vai dormir com Adam? Carmem deu um meio sorriso.
 - Fiquei de encontrar Adam e beber algo com nossos amigos. Quem sabe a gente não estica a noite? Tchau. Tommy beijou a bochecha de Carmem e saiu.
 Uma hora depois que Tommy saiu, duas amigas de Carmem chegaram.
 - Ainda bem que chegaram, meninas. E deram 3 beijinhos em cada se cumprimentando. Entrem.
 Elas pediram pizza e comeram com cervejas. Entre uma mordida e outra, elas riam com algo que conversavam.
 Já no bar, Tommy e Adam conversavam enquanto os amigos deles não chegavam. 
 - Carmem marcou o encontro para semana que vem. Ela disse que terá uma festa e nos quer como convidados dela. Depois a gente vai á algum lugar reservado e ficamos á sós. Essa noite ela marcou com umas amigas na casa dela e eu disse que esta noite eu ia dormir na sua casa, daí ela fica mais á vontade com as amigas dela.
 - Quer dizer que está noite somos só nós dois? Disse Adam.
 - Sim. Depois que nossos amigos se forem, á noite será só nossa.
 Os amigos deles chegaram e logo começaram a beber, conversar e a comerem deliciosos petiscos que eram servidos naquele bar. 
 Já as meninas...
 - Meninas, tenho algo incrível para contar. Vocês não vão nem acreditar.
 - Nossa! Então fala logo.
 - Eu e o Tommy transamos.
 - UAU! Como você conseguiu? Ele não é gay e namora aquele outro rapaz, o Adam? Disseram as amigas.
 - Sim. Ele é bí então também fica com mulheres e por acaso ele está hospedado aqui por uns dias, ele me beijou e acabou rolando.
 - Não acredito que você está dando uns cata nele enquanto ele está aqui e não nos disse nada. Você é danada, hein. E falando nisso: onde está ele que não está aqui?
 - Hoje ele foi se encontrar com uns amigos e disse que ia dormir na casa do Adam.
 - Quer dizer que... além de você ele ainda está com Adam? Óh meu Deus!!!! Adam sabe de vocês ou ele não disse nada para ele?
 - Sim. Sabe. Foi ele que deu apoio para ficar comigo. E essa noite ele foi ficar com ele. Calma, meninas. Não me olhem assim. É só uma transa casual sem compromisso, porque afinal ele ama Adam e Adam não permitiria que ele o deixasse para ser trocado por mim e Adam é meu amigo também.
 - Tá podendo: transa com um e ainda por cima é amiga do outro. Você não é nada boba, né? Nós é que somos bobas e ficamos de fora esperando você nos contar tudo isso.
 Elas ficaram até bem tarde batendo papo até uma pegar no sono e dormir. As outras duas não tiveram escolha se não dormirem também. Já Adam e Tommy, depois que os amigos foram embora, eles entraram no carro e foram para a casa de Adam.
 Adam olhou seu celular para verificar as mensagens e depois o desligou para que ninguém o incomodásse, pois essa noite seria só dele e Tommy.
 - Pronto! Desliguei o celular. Agora nada irá nos atrapalhar. Onde estávamos?
 - Bem aqui na sua sala, sentados no seu sofá. 
 Tommy retirou sua jaqueta deixando suas tatuagens á mostra. Adam o olhou com desejo e começou a beijá - lo.
 - Calma aí... Quero que façamos direito. Vamos lá para cima naquele seu quarto maravilhoso com aquela cama incrível!
 Ambos subiram e Adam o jogou na cama enquanto tirava a sua jaqueta e seus sapatos. Depois segurou Tommy pela nuca e deu um chupão procurando pela língua dele. Adam parecia estar tirando o atraso já que por conta de Tommy estar dormindo na casa de Carmem, fazia noites que não transavam. Para piorar, Tommy já tinha dormido dua vezes com ela nesse meio tempo.
 Eles transaram Por pelo menos uma hora, alternando entre beijos, amassos, pegadas e quando não se seguraram mais, Adam meteu forte em Tommy e eles gemeram juntos. 
Depois, Adam deitou ao lado dele enquanto Tommy se masturbava sorrindo, se beijaram com carinho.
 - Nossa, Adam. Você estava faminto essa noite. Você foi voraz e me deu uma canseira danada.
 - Claro. O que você queria? Enquanto você dormia com Carmem eu ficava aqui na seca imaginando os dois juntos. Tinha que tirar o meu atraso também. Eles se limparam e foram dormir.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...