História Carmen - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias David Luiz, Demi Lovato, Marcelo Vieira, Miley Cyrus, Oscar Emboaba, Selena Gomez, Thiago Silva
Personagens David Luiz, Demi Lovato, Marcelo Vieira, Oscar Emboaba, Personagens Originais, Selena Gomez, Thiago Silva
Tags Carmen, David Luiz, Romance, Selena Gomez, Thiago Silva
Visualizações 68
Palavras 770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei meus amores.
Primeiramente agradeço a todos pelas visualizações, comentários.
Capitulo curtinho só pra atiçar a curiosidade de vocês.
desculpem qualquer erro.
boa leitura!!!

Capítulo 10 - Dangerous


Fanfic / Fanfiction Carmen - Capítulo 10 - Dangerous

Pov’s Selena

Depois que David saiu para ver o que mamãe queria, eu e Oscar conversamos e combinamos de sair no dia seguinte.

Eu sabia que era errado da minha parte aceitar sair com ele sabendo que na mente dele eu correspondia os sentimentos dele.

Iria falar com ele e explicar as coisas, quer dizer eu não iria dizer que foi tudo para provocar Thiago, mas iria dizer para ir com calma.

 Ah, e quanto ao meu irmão acho que não tem problema já que eu vivo saindo com o Marcelo e com o Hulk quando eles vêm aqui.

Quando David voltou chamou os meninos para ir à sala de jogos e todos foram, incluindo Oscar.

-Thiago você não vem? -gritou Bernard já que Thiago nem havia saído do canto.

-daqui a pouco, preciso falar com a Sel.-Ele respondeu.

Marcelo virou e olhou pra mim como se dissesse: “qualquer coisa eu tô aqui” e eu assenti, era ótimo ter um amigo como ele. David nem se importou porque confiava plenamente naquele safado do Thiago.

Quando os meninos saíram, ele começou. Ou melhor eu comecei.

-o que foi? - eu perguntei.

-qual foi a sua ontem com Oscar? -ele foi direto ao ponto.

-como assim qual foi a minha? Só porque a gente ficou, não quer dizer que tem alguma coisa envolvida.

-ah, por favor Selena. Você fez aquilo pra me fazer ciúme confessa. -ele disse debochando.

-não. Eu não fiz pra te fazer ciúme. Eu fiz porque eu gosto dele.-eu disse tentando parecer dura o suficiente.

-por que gosta dele? -ele começou mais foi interrompido pelo toque de seu celular.

Ele o tirou do bolso para ver quem o interrompia em seu momento de diversão, que sempre foi e seria infernizar minha vida. Ele olhou e rapidamente colocou o telefone de volta ao bolso.

-não vai atender? - eu perguntei.

-não é importante. -ele disse. - mas voltando ao assunto...- ele não continuou porque foi novamente interrompido pelo toque do celular.

-acho melhor atender - eu disse suspeitando quem poderia ser.

-não, é a Miley e agora estou em um assunto muito importante para dar atenção a ela. -ele disse desligando o aparelho.

-nossa que namorado atencioso você é.-eu disse irônica.

-eu tenho coisas mais importantes para dar atenção agora. -ele falou rindo e se aproximando de mim...

Pov’s Thiago

-o que você quer? -ela perguntou, mesmo sabendo a resposta, quando me aproximei dela.

-você sabe. Eu quero você. Qual é Selena você também me quer, confessa logo. -eu disse.

-eu já disse, eu gosto do Oscar. -ela falou de um jeito tão natural que se eu não soubesse o quanto ela ficava nervosa perto de mim, acreditaria que estava falando a verdade.

-você está mentindo. – eu disse me aproximando mais ainda dela e deixando nossos corpos quase colados. - sabe porque eu sei? Porque você tá nervosa.

Então antes que ela falasse algo, eu a puxei para um beijo.

 Eu estava muito nervoso em beijá-la ali porquê David poderia aparecer a qualquer momento. Mas quando eu pedi passagem e ela cedeu eu esqueci completamente de onde estava.

 Eu explorava cada canto de sua boca, era um beijo selvagem e cheio de desejo não só da minha parte como também da dela. Selena arranhava meu pescoço e então de repente voltei a consciência e apartei o beijo.

-eu quero você, Sel. Mas eu quero você na minha cama, onde ninguém vai nos interromper. -Selena ainda estava de olhos fechados e com a testa colada na minha, peguei sua mão e coloquei-a por baixo da minha camisa passando a mesma por meu peitoral. -Pensa nisso.

Eu vi o quanto ela ficou nervosa e vi os pêlos de seus braços se arrepiarem. Então dei uma mordida de leve em seu pescoço e dessa vez ela se arrepiou toda.

-então, termina com ela. Porque eu não vou ser a outra. -ela falou e afastei nossos corpos.

-Não. Eu já deixei bem claro o que quero de você. -eu disse enquanto ela me olhava indiferente.

-e eu já deixei bem claro que eu não vou ser segunda opção de ninguém. -ela disse.

-você que sabe. Mas eu sei que você vai pensar em mim a noite e vai sonhar que está fazendo amor comigo. -eu disse para provocá-la.

- e você sonha comigo todas as noites já que não para de correr atrás de mim. –ela disse já a uma certa distância de mim e eu fiquei com raiva daquela pirralha e me retirei do lugar antes de fazer alguma besteira ali mesmo.

Ah Selena, você não faz ideia com quem você foi mexer.


Notas Finais


E aí?
Beijos doces!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...