História Carpe Diem - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Emma Roberts, Justin Bieber
Personagens Emma Roberts, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Carpe Diem, Drama, Emma Roberts, Justin Bieber, Romance
Exibições 183
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello hello, babes! A louca das Fanfics voltou. Eu até tento não postar tantas estórias assim, mas não consigo me controlar, tenho muitos enredos e estórias prontas que quero compartilhar com vocês. Vamos aos avisos:

➡ Obra completa e editada registrada em Biblioteca Nacional. Portanto, não copie ou se inspire!
➡ Agradeço a @intensive- pela capa, banner e apoio com a estória.
➡ Esta é uma das estórias que mais gostei de escrever e um dos meus enredos preferidos.
➡ O prólogo é uma carta, que irá ser 'repostada' no último capítulo, junto aos acontecimentos finais. Acho que vocês já sabem o que lhes espera ao fim de tudo.
➡ O que eu desejei fazer aqui foi algo simples, mas realista. Nem sempre temos o nosso ''final feliz'' ou o ''e viveram felizes para sempre''. A vida nos dá e tira coisas, pessoas, e a 'Carpe Diem' mostrará isso. Mesmo sabendo que os dias finais estão próximos, não se pode se privar de amar, sorrir, beijar, abraçar e, acima de tudo, viver. Não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje, pois nunca se sabe o dia de amanhã, o mesmo pode sequer chegar. Apenas, aproveite o dia, desfrute o momento!
➡ Emma Roberts como Hope Scott.
➡ Justin Bieber como Justin Bieber.
➡ A estória contará com 20 capítulos (ou um pouco mais), pois cada um deles será um dia vivido pelos personagens. Ou seja, podem ser extensos ou não.
➡ A estória conta com minha revisão a cada postagem, mas erros podem passar despercebidos, se forem incômodos, me avisem nos comentários que irei arrumar.
➡ Nomes, personalidades e locais são criados unicamente por mim.

Bom, eu acho que é apenas isso. Espero que, com todo o meu coração, vocês gostem, xx

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction Carpe Diem - Capítulo 1 - Prologue

''Quando eu era criança, gostava de me deitar sobre o gramado dos fundos da minha casa e olhar para o céu, procurando pelas estrelas mais brilhantes e, entre elas, eu conseguia sentir que o meu avô estava me dando um ''olá''. Poucos dias antes dele falecer sobre a cama do hospital onde ficara internado por alguns meses, ele me explicou para onde estava indo. Eu não conseguia entender porque estavam o tirando de nós, sendo que ele me prometera que ficaria para sempre ao meu lado. E após longos minutos em uma conversa doce, mas que estava o desgastando, eu ainda não compreendia ao certo o que ele quis dizer com suas palavras. Mas agora, onze anos mais tarde, eu as entendo perfeitamente. 

Eu não me sinto triste por ter enfrentado tudo isso, sendo jovem. Eu não me sinto mal por estar sentindo dores em cada parte móvel do meu corpo. Eu não me sinto estranha por não ter mais a aparência de meses atrás. Eu não sinto falta dos meus cigarros, ou melhor, das minhas escapatórias. Eu não sinto nada de ruim, por mais que a minha situação imponha que eu sinta isso. E, principalmente, eu não sinto muito por ter derramado aquele café quente em você, naquele corredor frio e monótono de hospital. Um péssimo ambiente, até você aparecer. 

Tê-lo conhecido foi a experiência mais extasiante de toda a minha vida. Confesso, sentia-me intimidada com a sua presença, afinal, não é sempre que esbarramos com um lutador e manchamos, além de sua camiseta branca, a sua faixa recém colocada no braço direito após uma grande luta. Mas, nos dias seguintes, eu me sentia certa de que gostaria de estar cada vez mais próxima a você e invadir toda a casca formada para proteger a sua alma bonita. 

Eu te amei desde o primeiro minuto. Sim, eu o amei de imediato. Amei seus olhos de tonalidade intensa. Amei sua expressão séria. Amei os traços impecáveis de seu rosto. Amei o som da sua voz. Amei a forma única de como você tentava conter um sorriso sempre que conseguia me fazer corar, mesmo que não fosse a sua intenção. Amei vê-lo lutar e, finalmente, poder lhe dizer que a maluca que o ofendeu aquela noite havia sido eu. Amei ter dormido e acordado com você segurando a minha mão. Amei sentir-me acolhida em seus braços. Amei a sua preocupação. Amei a maneira que você mostrava querer curar minha dor. Amei sentir os seus lábios contra os meus. Amei ter explorado lugares e pontos novos com você. Amei seus gestos - completamente tortos - de carinho e proteção. Amei saber que você me amava tanto quanto eu o amava e amo. Eu simplesmente amei poder amá-lo. 

Meus dias não poderiam ter sido melhores. Cada loucura, cada riso compartilhado, cada momento aproveitado. Tudo. Você me proporcionou tudo o que eu sempre quis viver, mas não tinha coragem para fazer sozinha. Ou talvez, os nossos destinos já tivessem sido traçados e a nossa história tivesse que ter começado exatamente como começou. 

Se você está lendo isso, eu te desejo um feliz aniversário. E se você está lendo isso, é porque eu não pude lhe dizer isso pessoalmente. Mas, por favor, não chore. Você me prometeu que não faria isso. E também, não me odeie por não ter dito adeus, mas eu não poderia e nem conseguiria. Você tem tudo de mim, cada uma das minhas emoções, como se fossemos um só. Eu acho que teria lutado ainda mais contra a voz serena que me chamava há algum tempo para finalmente ir. Então, se o relógio ainda marca pouco mais que meia noite, ainda há tempo. Vá até a sua janela e olhe para o céu. Consegue me ver? Pois eu estou vendo você. Na verdade, eu estou com você. Caramba, eu sempre estarei com você, menino bonito!

Não pare a sua vida por minha causa. Não deixe de sair com seus amigos. Não recuse uma boa diversão. Não fique fora dos ringues, pois aquele é o seu lugar. Não deixe de seguir o seu desejo de viajar pelo mundo, apenas com uma mochila nas costas. Não reprima seus desejos. Não afaste uma garota de você, mas deixo claro que ela tem que ser uma boa pessoa e deve merecê-lo. Não esconda o seu sorriso, ele é capaz de iluminar toda a cidade, sem esforço algum. Não feche o seu coração. E, por favor, não passe noites chorando e se lamentando por não poder me ver, pois eu ainda estou com você, no lado esquerdo do seu peito. 

Como já dizia o meu avô: ''Algumas coisas bonitas marcam a nossa vida. E as melhores, são passageiras. Não lamente, basta aproveitar os dias que lhe resta''. E eu, sinto-me orgulhosa em saber que aproveitei os meus últimos dias com você. 

                                                                                                                        Para sempre sua, Hope''. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...