História Carrossel- dia após dias - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Cirilo Rivera, Maria Joaquina Medsen
Tags Ciriquina, Outros Casais, Paulicia
Visualizações 391
Palavras 1.361
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 15 - Zoando no shopping


OPV- Valéria

Estava na minha casa, me arrumando, por que Carmen, Laura e Margarida iriam vim aqui, até aqui para irmos juntas, para casa da Maria Joaquina. A campainha toca, eu fui atende.

Eu: oi meninas. Digo beijando cada uma no rosto.

Meninas: oi Valéria. Assim que nos cumprimentamos, saímos de casa.

Carmen: pessoal, vocês sabem por que Majo, não foi hoje pra escola?

Nós: não, você sabe?

Carmen: não, mais reparei, que o Cirilo também não tinha ido.

Laura: será que eles estavam juntos?

Marga: acho que sim, eles não se desgrudam mais.

Laura: isso é tão romântico.

Eu: Marga você ainda gosta dele?

Marga: apesar dele ter me traidor, ele ainda me incômoda. Mas sei que ele ama a Majo.

Eu: ata.

Então fomos pra casa da Majo.

OPV- Marcelina

Eu estava em casa, esperando a Alícia, para irmos à casa da Má, já estava pronta, em quanto ela não chegava, eu fiquei arrumando a casa. Até que a campainha toca, fui atende.

Eu: oi Ally.

Ally: oi Marce.

Eu: tudo bem?

Ally: tudo e você?

Eu: sim.

Ally: o Paulo está ai?

Eu: não.

Ally: onde ele foi? Ela diz surpresa.

Eu: saiu com os meninos.

Ally: ata.

Eu: acho melhor nós irmos antes, que chegamos atrasadas, e Majo come nosso fígado.

Ally: melhor mesmo.

Então saímos de casa, em direção a casa da Majo.

OPV- Maria Joaquina

Eu estava em casa com a Bibi, Estava esperando as meninas chegarem, pra irmos no shopping.

Bibi: Majo, por que você não foi pra escola hoje?

Eu: não estava muito com vontade.

Bibi: ata! Pensei, que você esta com o Cirilo.

Eu: na- nada- ver, po- por que você acha que eu estaria com ele? Digo gaguejando um pouco.

Bibi: porque ele não foi pra escola hoje, e vocês agora só estão andando juntos. Eu fico nervosa.

Eu: que coincidência, ele falta no mesmo dia que eu. Digo desgraçando.

Bibi: muita mesma. Diz ela em um tom irônico. Mas Majo você senti algo por ele.

Eu: não. Digo curta e grossa.

Bibi: por que não? Ele tão bonzinho.

Eu: Bibi quer para com esse interrogatório? Digo mais nervosa do que nunca.

Bibi: aí tá bom, tá bom, mas que você gosta dele, gosta. Ela diz me provocando, e rindo.

Eu: aff. Digo bufando.

Então a campainha toca, eu a Bibi descemos, e fui atender.

Eu: oi meninas. Cumprimentando cada uma, com beijo no rosto.

Meninas: oi Majo.

Então fomos pra sala.

Bibi: oi meninas. Cumprimentos com um beijo no rosto.

Meninas: oi Bibi.

Carmen: Majo, por que você não foi pra escola hoje?

Eu: porque estava resolvendo alguns problemas.

Bibi: você não falou pra mim, que estava sem disposição?

Eu: esse é o problema. Inventando desculpa.

Ally: eu pensei, que você Estava com seu negão.

Eu: que negão? Me faço de desentendida.

Val: Majo, não se faz de burra.

Eu: ei! Digo e todas riram. Ainda não sei, de quem vocês estão falando.

Marga: de um tal de Ciro.

Eu: ei! Só eu posso chamar o Cirilo assim. Digo com cara de brava.

Marce: como você sabe que ela está falando do Cirilo.

Eu: só adivinhei. Tentando me defende.

Laura: você gosta dele?

Eu: lá vem tudo de novo.

Val: como assim?

Bibi: porque fiz 

 

Bibi: porque fiz um interrogatório daqueles nela. Ela diz rindo.

Marga: então se você não gosta dele, eu posso ficar com ele? Ela diz me provocando.

Eu: O QUE? Eu digo berrando.

Marga: isso mesmo. Fico ainda mas furiosa.

Eu: meninas é melhor nós irmos logo, ante que eu mato essa garota. Digo totalmente irritada.

Ally: mas ainda nem chamamos o táxi.

Eu: garota você se esqueceu, que eu tenho um motorista. Digo grossa.

Ally: que garota grossa.

Laura: Maria Joaquina, um carro vai dar pra todas nós?

Eu: vai.

Então fomos pro carro, em direção ao shopping. Fiquei pensando, em que Margarida disse, em que ela ainda do Cirilo. Fiquei perdida, nos meus pensamentos. Até que...

Val: Majo, Majo. Ela me chamava calmamente.

Eu: ... Não respondo.

Val: MARIA JOAQUINA. Ela me chama gritando no meu ouvido.

Eu pulo no susto, e bato com a cabeça no teto do carro. E as garotas começam a rir

Eu: aí, ai. Digo coçando a minha cabeça de dor. Por que você fez isso Valéria?

Val: porque você estava, no mundo da lua. Ela diz ainda rindo.

Eu: do que vocês rindo? Digo irritada.

Meninas: nada. Disfarçando.

Eu: acho bom.

Então entramos ir comprar as roupas.

OPV- Personagens

Todas as meninas ficaram, entrando e saindo das lojas, estavam quase todas com as compras, menos a Majo.

Ally: pessoal, cansei dessa palhaçada. Diz fazendo cara de cansada.

Majo: isso não é palhaçada Alícia, e sim uma diversão. Ela diz toda feliz.

Meninas menos Ally: concordo com a Majo.

Majo: eu falei. Fez cara de razão.

Marga: mas também concordo com Alícia, em fala que estamos cansada de fazer compras.

Majo: aí meninas, eu nem comprei, minha roupa ainda, e falta muitas lojas, pra ir.

Carmen: nada disso, você só vai entrar em mais uma loja, só.

Majo: mais 3 por favorzinho? Faz biquinho.

Meninas: não. Diz em coro.

Majo: aí tá bom, tá bom. Diz irritada.

Então as meninas foram para última loja, a Maria Joaquina comprou algumas coisas, então saíram da loja.

Laura: meninas estou morrendo de fome.

Val: confesso Laura, que eu também estou com fome.

Carmen: então vamos comer.

Então elas estavam indo, até a praça da alimentação. Chegando lá.

Marce: meninas olhem lá, os meninos.

Meninas: aonde?

Marce: ali. Ela apontar.

Val: vamos até eles?

Meninas: vamos.

Então elas foram até os meninos.

Meninas: oi meninos. Elas dizem todas carinhosas.

Meninos: oi. Eles dizem sem empolgação, e rindo de alguma coisa.

Val: meninas acho, que eles estão, muito ocupados.

Marga: também estou sentidos.

Cirilo: oi meninas. Diz parando de rir.

Carmen: pelo menos um tem juízo. Ela diz debochando.

Paulo: ei! Todos nós temos juízo, não temos culpa, que vocês chegaram, num momento inapropriado.

Majo: o que vocês estão fazendo?

Cirilo: comendo. Todos menos Majo riu.

Majo: como pode ser tão grosso.

Cirilo: olha só a pergunta você fez?

Majo: mas não precisa ser tão grosso. Ela diz cruzando os braços.

Dani: vocês não querem comer?

Ally: 

Ally: pensei que vocês, não iam nos chamar.

Val: também pensei.

Davi: então senta aqui no meu lado, meu amorzinho. Ele fica batendo da cadeira, do lado dele.

Val: claro meu Davizinho

Paulo: senta aqui, minha marrentinha. Ele faz imitando Davi.

Ally: claro meu Paulinho. Remendando a Valéria.

Todos tiram da situação.

Mario: agora é minha vez, senta aqui minha baixinha.

Marce: claro meu  bebezinho. Dando um selinho no Mario.

Dani: o que eu digo pra Carmen.

Jaime: vem cá minha nerdinha. Eles diz em tom brincadeira.

Todos tiram.

Carmen: eu sou nerd com muito prazer. Ela senta ao lado de Daniel.

Jaime: não está mais aqui quem falou. Ele levanta a mão como arrependimento.

Todos tiram novamente.

Marga: o que vocês vão fazer depois da qui?

Koki: sala de jogos.

Laura: podemos ir com vocês?

Jorge: já estão aqui mesmo.

Cirilo: não.

Carmen: por que? Ela diz surpresa e todos no mesmo estilo.

Cirilo: porque vocês vão ficar de casalzinho, e eu sozinho.

Ally: você fica com a Majo.

Majo: nada disso eu fazer dupla com Jaime.

Jaime: qual foi Majo, fica com ele?

Majo: eu já disse que não. Ela puxa o Jaime, fazendo ele ficar pertinho dele.

Jaime: desculpa maninho.

Cirilo: tudo bem. Ele diz em um tom triste.

Val: e agora?

Cirilo: se vocês querem mesmo ir com elas, então vão.

Dani: e você. Diz preocupado.

Cirilo: eu vou voltar pra casa. Sem nenhuma empolgação.

Adriano: tem certeza Cirilo?

Cirilo: tenho, tchau pessoal. Ele vai embora de cabeça baixa.

Então todos foram para sala de jogos, eles fizeram tipo de gincana, a dupla que se sair melhor vence.

Primeiro eles no totó, jogo de dançar, do basquete, ect... E a dupla que vence foi Paulo e Alícia, assim todos foram pra sua casas , eram 21h, e todos foram dormir, para sábado que promete, do primo do Cirilo. 

Assim que foi sexta feira


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...