História Carrossel Forever: Contos do Koki - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Paulo Guerra, Valéria Ferreira
Tags Carrossel, Kokimoto
Exibições 78
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


ESPERO QUE GOSTEM!!! 💋

Capítulo 3 - O Dia em Que Bati no Paulo


Fanfic / Fanfiction Carrossel Forever: Contos do Koki - Capítulo 3 - O Dia em Que Bati no Paulo

Não tenho certeza se lembro de tudo desse dia. Foi no dia que a Alicia contou pro Paulo da traição se não me engano. Era minha festa de despedida, já que eu ia passar um mês no Japão em um intercâmbio. Decidiram jogar "Eu nunca". Eu não vou falar do jogo todo porque vocês vão ficar muito entediados. Vou resumir. Alguém começou a dar falta do Daniel. Acho que foi a Alicia. 

ALLY: Cadê o Daniel?? Cadê?? Cadê?? 

PAULO: Em casa, de castigo...  

VAL: Por quê ele tá de castigo?  

PAULO: Porque ele tava no meio da rua fumando um baseado e bebendo todas,aí levei ele pro pai dele e contei tudo... 

MAJO: Ai, meu deus!!! Ele tá bem??  

PAULO: Agora tá... Mas vamos voltar pro jogo?  

MARGA: Vamos, né...  

PAULO: Eu começo!!! Eu nunca... tirei dez em uma prova!!!  

O Jaime bebeu junto com a Maria Joaquina, que sempre tira dez, e a Valéris.  

MARGA: Minha vez!!! Eu nunca... fui expulsa da sala de aula!!! 
Nesse quase todo mundo bebeu. Só a Margarida, o Cirilo, a Maria Joaquina e o Jorge que não beberam. 

KOKI: Minha vez... Eu nunca transei!!!  

PAULO: Vai se fuder!!!  

Paulo, Alicia, Valéria, Davi, Cirilo e Maria Joaquina tomaram. Esses aí são muito safados... 

VAL: Cirilão?? Até você?? O Cirilinho é potente??  

CIRILO: Pergunta pra Majo!!!  

MAJO: Cirilo!!!  

Ih... Depois dessa a Maria Joaquina   

DAVI: Deixa eu ir, gente!!! Eu nunca passei um trote!!!  

VAL: Davizinho, eu só não mando você se fuder porque você tem que me fuder, entendeu?  

ALLY: Nem é puta!!!  

VAL: Só... Muitão!!!  

Depois disso, Paulo e Alicia estavam juntos num canto. Eu estava perto dos dois escutando a revelação. 

ALLY: Paulo... Precisamos conversar e sério!!!  

PAULO: O que aconteceu, meu amor?  

PAULO: Você o quê??  

ALLY: Eu te traí, Paulo... Sou uma puta...  

Ele começou a chorar.  

ALLY: Me desculpa...  

PAULO: Alicia, eu sou muito trouxa e sem noção e por isso te desculpo, mas não vamos continuar com esse namoro não...  

ALLY: Paulo...  

PAULO: Você é uma puta e eu sou um trouxa sem noção e estamos chorando... Dói muito isso, né? Mas a gente tem que seguir em frente, tudo bem? 

ALLY: Tudo bem...  

PAULO: Até mais tarde, Alicia...  

Eu tentei ir atrás dele porque, afinal, sou o melhor amigo dele. Quando eu ia me aproximar, ele esbarrou com o Mário. 

MÁRIO: Paulo, o que aconteceu?  

PAULO: Eu e a Alicia terminamos...   

MÁRIO: Ma-mas... Por quê? Me explica já que estou me fazendo de burro!!! 

PAULO: Ela me traiu... Mas você já sabia, né? 

MÁRIO: Paulo eu...  

PAULO: Sabe, eu queria arrebentar essa sua cara quando você falou que gostava da Marce... E eu vi que ela gostava de você.. Eu fui obrigado a aceitar isso, aí ele vem me encher e fala que vocês tão anmorando... Aí depois vem e diz que vocês terminaram... 

MÁRIO: Paulo...  

PAULO: Como eu sou trouxa e sem noção, muito obrigado por ser honesto e não magoar a minha irmã... Claro que ela tá triste e você é um babaca filho da puta, mas você se importa com ela... Agora, o negócio da Alicia qualquer um adivinharia, inclusive o Kokimoto que é o garoto mais inteligente do mundo... 

MÁRIO: Paulo...  

PAULO: Para de falar a porra do meu nome e escuta... Só vou pedir uma coisa: faça a minha Alicia feliz... 

Depois dessa conversa sem graça ele foi andando e eu o segui. Ele foi subindo pro quarto. Quando eu ia subir pra falar com ele, o Jorge subiu antes. Eu consegui escutar alguma coisa da conversa dos dois pela porta fechada. 

PAULO: Jorge...  

JORGE: O que aconteceu Paulo linducho? 

PAULO: Eu terminei com a Alicia... 

JORGE: Poxa, que chato... 

Depois disso eu escutei outros barulhos, inclusive uns desagradáveis. Tive que escutar os dois gemendo. Nada contra, mas ficar escutando gemido dos outros não é bacana. Quando eles terminaram eu voltei a escutar. 

PAULO: O que foi, linduxo do meu coração?? Não gostou?? 

JORGE: Na verdade eu adorei... 

PAULO: Então porque você tá levantando? 

JORGE: Paulo, eu adorei isso... 

PAULO: Obrigado, Jorge... 

JORGE: De nada... 

Eu vi o Jorge saindo do quarto e resolvi entrar. 

KOKI: Paulo, tá tudo bem com você? 

PAULO: Não tá não... A Alicia me traiu, cara... 

KOKI: Poxa... Que chato... 

Eu me sentei do lado dele. 

KOKI: E você e o Jorge... 

PAULO: Sim...  

Ele colocou a cabeça no meu ombro. Eu fiquei sem saber o que fazer e comecei a alisar o cabelo dele. 

KOKI: Essa dor vai passar... Não esquenta. 

Ele se virou e ficou me olhando. Do nada ele me beijou. Eu fiquei apavorado e dei um tapa na cara dele.  

KOKI: Me desculpa, eu... 

PAULO: Deixa... Tá tudo bem...  

KOKI: Vem cá... 

Ele me abraçou. Ele estava muito mal mesmo.  

 

KOKIMOTO MISHIMA ADVERTE: OS FATOS DESTA OBRA PODEM NÃO TER ACONTECIDO DA MANEIRA RETRATADA.   


Notas Finais


E AÍ?? GOSTARAM?? 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...