História Carrossel Teen - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Valéria Ferreira
Tags Carmem Carrilho, Davi Rabinovich, Gunanda, Jorgelina, Laudriano, Léoana, Lumah, Maniel, Marilicia, Nickther, Pauléria, Tholari
Exibições 78
Palavras 362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OI PESSOAS. TUDO BOM?
CAPÍTULO NOVINHO EM NOVINHO (parei juro)

Capítulo 3 - Festa de boas vindas totalmente fracassada


Narrando: Valeria

Passei a tarde toda na casa do Jorge. Me sinto mau por estar o enchendo com meus problemas amorosos. Quando finalmente decido pegar meu celular vejo as horas e logo levanto da cama de Jorge. Corro até a casa da Maria já que todas combinamos de nós arrumar lá. O tema da festa seria neon. Sim neon. Idéia de Maria Joaquina Medsen e Alicia Gusman. Apesar de ainda estar triste e irritada com o Paulo junto ânimo de sei lá aonde e me arrumo com as meninas.

****Quebra de Tempo****

A festa já havia começado e estava super irritante até o Paulo - Nojento. Sim, ainda estava com raiva dele - e os meninos subirem ao palco. Eles animaram a galera e a festa finalmente ficou interessante. Não pude deixar de olhar ele, claro sou trouxa demais. Era para eu o odiar, mas não conseguia. Fiquei irritada comigo mesma então me afastei das meninas pra ir buscar algo para beber. Sinto duas mãos fortes me segurando por trás, quando fui olhar quem era, a mesma pessoa me cedou e tudo em volta foi se escurecendo até ficar preto. 

Narrando: Marcelina

Os meninos estavam arrasando lá, mas estava ficando apenas uma pessoa. Valéria. Ela é minha amiga e a conheço o suficiente para saber que não está nada bem com ela. A mesma se retirou de perto de nós e eu à segui, ela apenas havia ido no pequeno bar. Então acabei me distraindo, quando voltei minha atenção para a Vale já não via mais ela. A preocupação tomou conta de mim depois que procurei a garota pela quadra toda, mas até agora nada. Voltei e contei para a turma. Assim como eu, todos se desesperaram. Avisamos a diretora e em minutos a festa foi cancelada e todos foram embora. 

- Nenhuma pista. Nenhuma – Diz Alicia com raiva

- Já estou me estressando – Diz agora Maria – Quem sequestrou a Valéria? SOMOS POBRES BRASIL –Escandalosa como sempre, Maria gritou a última parte. Sorrisos se formaram nos lábios de todos, mas logo se desfizeram 

- Eu preciso encontrar ela. – Paulo disse e depois se retirou. Com certeza estava com raiva. Mas de que?

 


Notas Finais


Agora um poema para a Valéria:

Uva é roxa e você nunca vai deixar de ser trouxa 😂

Noussan achei meio pesado 😂

Contínuo?
Se alguém tem alguma idéia de quem é o "sequestrador" pode falar eu deixo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...