História Carta de uma amiga arrependida! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Sakyhana
Exibições 10
Palavras 506
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


A minhas amigas a quais amei profundamente, mas machuquei ainda mais fundo!( gente eu não vou me matar ta, só foi uma ideia que veio, ok?)

Capítulo 1 - Cansei!


 

        (carta on)

As vezes quero grita, quero fugir, estou a Beira de um colapso de lágrimas, pois sou uma menina má, pois machuquei vocês duas.

Vivo querendo atenção de vocês.

Quero morre, pois nunca fiz vocês felizes, bom, eu acho. Quero Esquecer que um dia tive vida

Saí desse mundo, um dia vocês disseram que eu era um anjo, bom, anjos não machucam e eu eu ferir voces, então não sou um anjo, Sou o ser dos seus pesadelos

Que vc odeia com sua alma

Mas eu nunca quis te machucar

Ou te deixar voces chateados Mas esse é meu pecado, aqual nao me importo em paga.Eu amei vocês 

Eu dei minha vida Por esse amor

Que tanto quis de voces. Perdi noites sem dormi, pois me preocupava tanto que tinha pesadelos. Eu agora quero que se danem meu sentimentos.

Quero nunca mais olhar para voces

Pois vou me sentir um Monstro

enquanto eu amava Eu me culpava por cada merda que fiz eu só queria parar de amar todo mundo De me importa, Mas não dar, já que esse coração estúpido não ajuda em nada. Eu quis tantas vezes me afasta, mas eu sabia que nao aguentaria. Eu agradeço a vocês duas por te me suportado por tanto tempo, por te ouvido meu problemas idiotas, por serem minha amigas, Mas sou uma tapada que quando chega perto machuca. Vamos, me mate, a vida não faz sentido

Nunca fez, só quando estava com vocês, Mas que diferenças isso faz agora. Eu fui burra em ter me aproximado, Fui tola de achar que essa amizade ia ser para sempre.

Eu varias vezes me sentir uma peça extra na vidas de vocês, Uma peça defeituosa e idiota inútil

Quando eu menti para você minha amiga Lucy e para o pessoal todo, foi não querendo te machucar, Mas do que valeu mentir e ter feito aquilo que não queria

? Mas paguei caro, bem caro, Quando a pri disse que não queria mais ser minha amiga, Eu não aguentei e cai no choro Tentei sigurar mas tava difícil.

Quando você escuta da Pessoa que você ama, que tem raiva de você Depois daquela conversa, fui correndo para casa

Joguei a mochila em qualquer luga

E corri para o banheiro, mas antes peguei 2 caixas de remédio

E uma faca, Me tranquei no banheiro

E aqui estou Eu, com um coquiteu de comprimidos em mãos E os cacos do espelho no chão, Minha coxa e pulsos estão sangrando.

levo o coquetel de remédios a boca E os engulo. Agora estou chorando no chao do banheiro, esperando minha morte,Eu soluço, e Pesso que me perdoem por ter mentido, por ser uma menina má, por não cumpri com nem um dos meus juramentos e por não ser uma amiga digna

Então eu parto dessa vida e sei que vou para o Vale dos suicidas, mas eu mereço e espero que vocês fiquem felizes com a minha ida, mas eu ainda amo vocês suas doidas.

Então tchau

Para nunca mais voltar.

Assinado: Beatriz!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...