História Cartas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Xiumin
Tags Chanbaek, Kyungsoo Galinha Sim, Xiuchen
Exibições 7
Palavras 532
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Alô pessoinha que não tinha nada para fazer e parou aqui do nada,turo bom?
Eu 'tô com um sono da praga,então qualquer erro da minha parte,perdoem essa jumenta que sou :)
Aliás,estou doente e morrendo aqui,era para eu estar dormindo,então tenham em mente que isso pode ser a última coisa que estou fazendo antes de morrer;-;
"Que drama"
Eu mesma,rainha do drama
Boa leitura batatas (eu amo batatas sério,por que tão magníficas?Por quê?)

Capítulo 1 - One


Baekhyun suspirou ao sentir a brisa gelada entrar em contato com sua pele.Abraçou o próprio corpo e procurou um lugar mais próximo para se esquentar,gostava de frio mas não ao ponto de quase virar um boneco de neve.Avistou a cafeteria tão conhecida por si na frente e se apressou para entrar.Amava café,amava o cheiro da bebida quente e amava ainda mais o atendente bonito.Claro,talvez fosse estranho dizer que o ama,pois o máximo de palavras que trocam são sobre o que Baekhyun vai pedir.Nem sabiam o nome um do outro,não sabiam idade,telefone,e isso era tão chato!tão frustrante para o Byun! Mas era tímido demais para simplesmente levantar e chamar o outro para sair.Tsc,se achava patético.

Sentou na mesma mesa de sempre,a mais afastada de todas bem no canto do estabelecimento.Tirou as luvas já que lá dentro era mais quente e deitou a cabeça entre os braços cruzados na mesa fechando os olhos e respirando fundo para sentir o cheiro tão conhecido por si,sorrindo com o ato.

-Com licença senhor,o que vai pedir?-ouviu a voz tão conhecida por si e tratou de levantar a cabeça para o garoto a sua frente,o olhou por um tempo apreciando sua beleza até despertar do pequeno transe com o som do sino na porta indicando que mais alguém tinha entrado

Limpou a garganta antes de pronunciar a frase clichê de filmes"o mesmo de sempre" e ver o mais alto acenar com um sorriso e ir preparar o café 

Isso era algo que ele não entendia muito bem,sempre foi a essa cafeteria e sempre pediu apenas umais xícara de café,então por que o outro sempre perguntava o que iria pedir se sempre era o mesmo?

-Não seja idiota Baek,ele não deve nem lembrar que você existe-sussurrou para si mesmo 

Soltou o ar que nem tinha percebido que prendeu todo esse tempo e olhou para as pessoas a sua frente que estavam felizes comentando sobre suas vidas e gostos.Gostava daquela cafeteria,o acalmava de alguma forma que nem sabia explicar o quanto ou o porque disso.Talvez fosse porque podia ver o sorriso,o corpo,ouvir a voz daquele que tanto admirava.Ou talvez porque simplesmente o café de lá era bom.

Foi tirado de seus pensamentos com a visão de uma xícara sendo colocada em sua mesa por aquele que tanto pensava

-Obrigado-deu um sorriso de lado e observou o outro tombar a cabeça para o lado e sorrir de uma forma natural,não era forçado como outros atendentes que apenas queriam terminar de trabalhar e ir embora para suas casas

Cute.concluiu em pensamento 

-De nada!-O outro exclamou e se curvou saindo para atender outras mesas.Talvez o maior fosse gentil assim com todos e não só com Baekhyun,mesmo assim gostava de pensar que poderia ser o dono daqueles sorrisos tão lindos que o outro mostrava enquanto trabalhava 

Tão patético 

Mas tão fofo 

Porém ainda sim era patético pensar assim

Tinha que parar de pensar tanto no de cabelos vermelhos,mal conseguia se concentrar para nada 

O moreno suspirou  mais uma vez e pegou a xícara em mãos bebericando um pouco e sentindo a bebida quente passar por sua garganta.Era um sensação tão única e suave para si que achava que sensação nenhuma poderia ser melhor

A não ser a sensação de beijar ele.Pensou 

Foco Baek,foco!





Notas Finais


Se flopar apago e finjo que nada ocorreu aqui rs
Não faço idéia de quantos capítulos vão ter,mas não serão muitos por motivos claros,óbvios e válidos:Tenho preguiça
Ksks sorry;-;
Minhas idéias são super aleatórias então eu não tenho nada em mente de que rumo essa fic vai levar okay?Eu literalmente vou escrever a primeira palavra que vier na mente e vou postar aqui
Então se algo acontecer de ruim,tipo o Baek entrar em uma viagem espacial para lutar contra unicórnios e morrer,culpem minha mente e meus toddynhos :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...