História Cartas de amor - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Um Amor para Recordar
Tags Romance
Exibições 6
Palavras 1.921
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Ela volto


Fanfic / Fanfiction Cartas de amor - Capítulo 5 - Ela volto

Carlota ouviu barulhos vindos do quarto do Alexandre,abriu a janela rapidamente

Carlota: O que se passou?

Pai do Alexandre: Ele desmaiou e não acorda eu já liguei para a merda da ambulância mas eles nuca mais chegam (em lágrimas)

Carlota: A minha mãe é medica,calma eu vou já chamar-lhe, fique calmo

Carlota: 

Desci as escadas muito rápido, quando vi a minha mãe comecei a gritar desesperadamente.

Mãe: o que se passa Carlota?

Carlota: Anda mãe, rápido!

Mãe: calma, filha diz-me o que se passa?

Carlota: O Alexandre esta desmaiado e a ambulância nunca mais chega,vamos 

Mãe: calma Carlota,deixa-me ir buscar o meu material

Carlota: ok,rápido ele esta desmaiado

Mãe: Já esta,podemos ir

Elas foram a correr para  a casa do Alexandre.

Mãe: Boa Noite, eu sou a mãe da Carlota, ele tem algum problema de saúde?

Pai do Alexandre: sim, ele é asmático

Mãe: eu preciso que vocês se afastem, ele precisa de ar

Afastamos-nos e a minha mãe colocou um pequeno frasco ao pé do nariz do Alexandre para ele cheirar.

Mãe: ele toma alguma coisa?

Pai do Alexandre: sim,ele toma comprimidos para a insônia

Mãe: receitados por quem?

Pai do Alexandre: por mim, eu sou psiquiatra

Mãe: ele já esta a acordar

Alexandre: onde eu estou

Carlota: graças a Deus

O Alexandre tocou no rosto dela

Alexandre: quem es tu?

Carlota: mãe? o que se passa?

Mãe: eu não sei

Alexandre: calma Carlota, eu estou a brincar,ahahah

Carlota: idiota, eu estava muito preocupada contigo...estávamos todos 

Alexandre: amor a primeira vista, que merda é essa?

Carlota: não quero falar disso agora

Mãe: Carlota eu vou embora,não voltes tarde para casa 

Pai do Alexandre: muito obrigado Doutora,eu a acompanho até a porta

Alexandre: agora que estamos sozinhos acho que temos que conversar.

Carlota: sobre o que?

Alexandre: sobre nos, eu me apaixonei por ti logo que te vi, uma chama possuiu o meu corpo de tal forma que eu não sei explicar, ainda sinto a doçura do teu beijo e não consigo tirar a tua voz da minha cabeça, não sei se é amor a primeira vista só sei que não quero voltar a ficar longe de ti.

Carlota: Descansa

Alexandre: Eu vou acabar com a Mariana

Carlota: eu tenho que ir

Quando a Carlota chegou em casa,pegou no seu diário e começou a escrever. 

Leu (irmã da Carlota): Carlota anda jantar

Carlota: já vou 

Leu ( irmão da Carlota): o que se passa, porque estas com essa cara?

Carlota: sai Carlos,por favor

Leu: gémeo errando, eu sou o Leu, não acredito que tu nos confundiste, diz-me o que se passa

Carlos: andem jantar, hoje é pizza, o que se passa?

Carlota: deixem-me,porque não vão acabar de fazer piercings a Rita

Carlos: piercings? Rita?

Leu: ela esta a ficar louca(Quando ficares melhor,eu mato-te)

Carlota: sim, saiam por favor

Catarina: andem jantar, eu estou cheia de fome, e a mãe disse que se vocês não irem agora ninguém COME!

Carlota: saiam todos do meu quarto

Catarina: porque que estas com essa cara?, sabes que não foi a mãe que cozinho as pizzas,foram encomendadas, não te preocupes

Carlota: ahahaha,vamos comer

Carlos: A equipa C volta a atacar, vamos Carlota e Catarina

Leu: e Leonardo

Carlos: desculpa, e Leonardo

Na mesa:

Mãe: porque demoraram tanto, as pizzas estão a ficar frias.

Catarina: a Carlota pensou que a mãe tinha feito as pizzas e não queria descer

Mãe: a serio Carlota?

Carlota: ela esta a brincar mãe

Mãe: Leu tira o chapéu da cabeça, e Carlos tira os pés da cadeira

Leu e Carlos: esta bem mãe

Mãe: Carlota, podes sorrir um pouco, como vai o Fernando?

Carlota: já podemos comer?

Pai: sim,acho melhor

Os gémeos atacaram logo as pizzas, e eu e a Catarina não comemos quase nada e os meus país tiveram de encomendar mais pizza, estava a correr tudo bem até  a minha mãe  olhar para o Leu. 

Mãe: Leonardo,o que é isso na sua orelha?

Leu: é um piercing

Mãe: filho, o que tu andas a fazer?

Leu: Não ando a fazer nada disso que estas a pensar

Pai: um futuro advogado com um piercing,ahahah

Carlos: também vou fazer um?

Pai e mãe: Não

Pai: Leu, amanha tira isso, um advogado não pode usar esse tipo de coisas

Leu: eu tiro

Carlos: eu sou um futuro artista , posso usar

Pai e mãe: Não

Carlota: já chega, eu também quero um piercing?

Pai: não, tu ainda es muito nova

Carlota: eu tenho 17 anos

Pai: ainda es o meu bebe, quando tiveres 18 podes fazer um piercing

Leu e Carlos: nos temos 19

Carlos: mais que a Carlota

Pai: mas tu vais ser advogado

Carlos: actor pai

Pai: desculpa, gémeo errado, podem fazer mas tem de ser bem pequeno, a Catarina não pode ainda tem 15 anos

Catarina: posso usar brincos?

Mãe: podes usar minha linda

Carlos: que conversa  estranha para se ter

Carlota: podes crer

Pai: acabem de comer para irem para a cama,amanha tem aulas

Quando acabaram de jantar foram todos dormir. O alarme toco as seis da manha para todos, e a mãe da Carlota ía de quarto em quarto acordar cada um dos seus filhos.

Mãe: Acorda Carlota

Carlota: já acordo, mais cinco minutos

Mãe: tens de ir com a Catarina para a escola

Carlota: pede aos gémeos

Mãe: você anda na mesma escola que ela, e os gémeos entram mais tarde, o Leu e o Carlos vão fazer exames para a faculdade.

Carlota: porque é que um futuro actor precisa de ir para a faculdade?

Mãe: ele vai se formar em arquitetura e logo depois ira formar um grupo de teatro.

Carlota: e ele decidiu isso tudo ontem?

Mãe: o pai converso com ele, agora acorda ,a Catarina já esta a tomar banho.

Carlota: já estou acordada

Mãe: eu tenho de ir trabalhar, beijos e não chegues tarde as aulas.

Carlota: beijos, amo-te

Ela foi tomar banho,quando saiu do banho ela  viu um ramo de rosas na sua cama com um bilhete.

Bilhete: saudades do passado não tenho,pois voce é o meu presente.
Alexandre

Catarina: anda Carlota já é tarde

Carlota: estou a acabar de vestir

Catarina: eu já tomei o pequeno almoço, vou ficar a ver TV

Carlota: esta bem, eu já vou

Pensamentos da Carlota: porra,não tenho nada de jeito para vestir,sem ser esse vestido,talvez se eu ir de vestido o Fernando pode perdoar-me.

Carlota: vamos Catarina

Catarina: não vais tomar o pequeno almoço?

Carlota: não, falta 15 minutos para as 8 horas, já é muito tarde vamos rápido

Catarina: sabes que esta a chover?

Carlota: não, vai buscar o chapéu de chuva

Catarina: tu estas de vestido, e lá fora esta a chover muito

Carlota: eu vou colocar as galochas, e umas calças e uma camisola,espera um segundo (porra,vou demorar meia hora a procura de umas calças de jeito)

Catarina: rápido estamos atrasadas

Carlota: demoro 5 minutos

Catarina: rápido, vou chegar atrasada

Carlota: eu estou a acabar de vestir

Catarina: eu vou ligar a mãe

Carlota: eu já estou pronta, já podemos ir

Catarina: ainda bem

Pensamentos da Carlota:
Fomos a correr, o Alexandre passou de carro por nos e pisco-me o olho, chegamos a escola e a Catarina estava a fingir que estava zangada  por ter perdido a aula de matemática, mas no fundo eu sabia que ela estava feliz.
No intervalo eu fui atrás do Fernando, mas encontrei o Alexandre a falar com uma rapariga alta,ruiva e muito bonita, eu fiquei a olhar pois não sabia o que fazer, respirei e tomei coragem para ir falar com ele, de repente ela começou a beijar-lhe e ele não fez nada para impedir. Ele abriu os olhos e olho para os meus.

Alexandre: Carlota?

Carlota: saudades do passado nunca, seu mentiroso

Mariana: o que se passa amor?

Alexandre: espera Carlota nos temos que conversar

Carlota: cala boca, nunca mais fales comigo,podias parar de fingir e ser sincero uma fez na vida

Fernando: oi Carlota, onde vais?

Mariana: oi primo, vocês se conhecem

Fernando: sim,nos namoramos

Carlota: deixa-me passar,por favor?

Fernando: o que se passa?

Mariana: esta tudo bem primo?

Carlota: deixa-me passar

Fernando: eu vou contigo

Carlota: eu estou um pouco indisposta 

Ela foi para casa,porque não queria ter que encarar o Alexandre e ter mais uma daquelas discussões que não levam a lugar nenhum.

Mariana: Olá,posso entrar?

Carlota: o que queres? (como é que ela sabe onde eu moro?)

Mariana: falar contigo, posso entrar?

Carlota: entra

Mariana: casa linda, o meu primo conto-me tudo que aconteceu, eu vou ficar uns dias em casa da minha tia que mora aqui.

Carlota: desculpa,mas eu não quero saber......

Mariana: eu ainda não acabei, ontem o pai do Alexandre ligo-me a dizer que ele estava mal, e eu vim a correr ter com o meu namorado. O Alexandre ligo-me e disse que sentia a minha falta. Ele ama-me e eu também o amo e não vai ser uma puta qualquer que nos vai separar.

Carlota: ahahahahah,eu não quero nada com o teu namorado,ele é que não para de me perseguir,é melhor teres cuidado,ele é um pouco obcecado 

Mariana: Eu vou dizer isso apenas uma  fez,fica longe do meu namorado se não.......

Leu: Carlota tens de ir buscar a Catarina a escola, ela não quer vir sozinha

Carlota: ela tem 15 anos

Leu: depois daquilo que aconteceu, ela fico com medo de ir e vir sozinha, quem é a modelo?

Mariana: oi lindo

Carlota: sai da minha casa

Leu: calma irmã

Mariana: não te preocupes Carlota, eu não namoro com irmãos de putas

Carlota: E o meu irmão não namora com meninas que pensam que podem controlar a vida de todo mundo,sai daqui,antes que eu te tire a força

Leu: Carlota vai buscar a Catarina e você podes começar a sair da minha casa, já

Mariana: adeus

Carlota: obrigado Leu

Leu: vai buscar a Catarina

A Carlota foi buscar a Catarina e no caminho encontrou o Fernando que lhe deu um beijo no rosto, e eles foram o caminho todo em silencio.

Catarina: porque demoraste tanto

Carlota: cala a boca

Catarina: oi Fernando, lindas flores

Fernando: que flores?

Carlota: Catarina,fica caladinha

Catarina: hoje de manhã a Carlota tinha um buque de flores na cama, ela fico tão feliz que ia de vestido para a escola, mas depois reparo que estava a chover e foi mudar de roupa e hoje pelo caminho ela não parava de sorrir.

Carlota: eu ia de vestido,porque queria agradar o meu namorado,mas infelizmente estava a chover e eu tive de ir mudar de roupa

Fernando: hum......e quem é esse namorado que você queria agradar?

Carlota: para de ser parvo

Catarina: eu vou entrar, vocês são muito....

Fernando: voce fica linda de qualquer maneira,menos quando me dispensa,queres ir dar uma volta?

Carlota: também tenho de ir,tenho de arrumar o quarto

Leu(na janela): leva a Catarina a casa do Doutor Antunes Lopes e fica com ela até a sessão acabar

Carlota: onde é isso?

Leu: na casa do miúdo que quase morreu

 Carlota: O Alexandre?

Leu: se ele for o miúdo que quase morreu,sim

Fernando:ele quase morreu?

 Carlota: espera Fernando, Leu pede ao Carlos

Leu: ele não esta em casa e vai chegar tarde

 Carlota: então vai você 

Leu: eu vou ter com o pai ao escritório

Carlota: eu não posso leva-lhe e ir embora? 

Leu: não,como é a primeira sessão tem de estar lá alguém da família,pro caso de acontecer alguma coisa

Carlota: esta bem,eu vou

Fernando: eu vou contigo

Carlota:  obrigado

Eles foram, tentaram disfarçar o medo que sentiam,bateram a porta e esperaram.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...