História Cartas de Deus - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 20
Palavras 1.234
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 32 - Calma, eu não morri não :v


Fanfic / Fanfiction Cartas de Deus - Capítulo 32 - Calma, eu não morri não :v

Oie pessoal, com saudade de mim?
Eu sei que estou meio afastada daqui, mas vim explicar meus motivos e atualizá-los dos últimos acontecimentos que também motivaram meu afastamento.
Estava tendo muitas provas e trabalhos, então acabava não tendo tempo pra escrever, pois no meu tempo livre acabava ficando tão cansada que o utilizava para fazer coisas que não forçasse tanto minha cabeça, como por exemplo, escrever forçaria.
Também tive alguns problemas de saúde, minha pressão é uma bosta e sempre que o tempo esquenta demais tenho alguns "ataques" e com a mudança brusca de temperatura que teve aqui na minha cidade não foi diferente dessa vez.
E bem, toda a vez que entrava no spirit acabava não escrevendo nada porque estava ocupada respondendo as muitas mensagens privadas que tenho recebido de leitores daqui da fic procurando por ajuda e conselhos para passar por seus problemas e conseguir viver uma vida do agrado de Deus. Eu me sinto realmente honrada e muito feliz por estar sendo útil para vocês. Amo quando consigo ajudá-los.
Outro motivo do meu afastamento era que estava de certa forma distante de Deus, porque não vinha mais buscando aprender sobre Ele e quando orava geralmente estava muito cansada, então não era algo intimo como deveria ser, era quase como se orasse apenas para dizer que orei e que continuava próxima dele, quando não estava de fato próxima.
Eu estava me sentindo horrível por todo esse afastamento de Deus, mas isso serviu para que eu soubesse como de fato não aguentaria viver sem Ele.
Ontem, como não fui a aula, justo por um ataque de pressão, tive tempo para buscá-lo da forma que meu coração estava clamando para que eu fizesse há dias... Não que tempo fosse uma desculpa, pois nunca devemos dizer que não temos tempo para Deus. Mas bem, ontem consegui buscá-lo da forma que estava querendo a muito tempo.
Estava de saco cheio de tudo, cansada do mundo e de meus problemas que pareciam estar se multiplicando a cada segundo, eu não acreditava mais na vida e novamente me pegava desejando deixar de viver, talvez em alguns momentos nem mesmo acreditasse mais em Deus... E então na noite passada eu entrei em meu quarto e fechei todas as janelas e a porta, eu liguei o radio para ter certeza de que não ouviriam o que eu tinha a dizer, pois queria que apenas Deus me escutasse e ali eu comecei a falar. Falei a Deus tudo que estava sentindo, tudo que deixava meu coração pesado, tudo aquilo que me sufocava e que eu tinha a dizer há muito tempo, mas nunca disse. Eu falei sobre meu afastamento, sobre toda a nossa historia embora Ele já soubesse cada detalhe, mas eu contava tudo que Ele fez a mim para que eu mesma me lembrasse, para que eu mesma lembrasse o quanto Ele era incrível.... Eu não lembro de momento em que chorei mais na minha vida que não fosse este... E eu clamava para que Ele me salvasse de mim mesma e não me abandonasse... E foi então que Ele me respondeu... E disse que seu silencio se dava porque EU não queria escutá-Lo... E isso de fato era verdade, afinal eu estava realmente distante dele e não me importava com isso.
No momento em que Ele falou comigo eu chorei ainda mais, eu sabia que eu era indigna, que não o merecia, mas me sentia extremamente grata porque sabia que Ele não tinha desistido de mim e que não iria disistir... E o principal: Ele ainda queria que eu lutasse por Ele, Ele ainda queria que eu vivesse e que Ele fosse minha razão de viver... Então Ele me lembrou que Ele é a razão de ainda continuar aqui e querer continuar firme e lutando.... Pois eu ainda quero fazer a diferença por Ele.
Ele me lembrou que se me sinto deslocada é porque pertenço a Ele e não a esse mundo, e que se eu estiver cansada de lutar nEle encontro descanso e uma maneira de continuar na luta, pois embora não seja desse mundo estou aqui para fazer a diferença por Ele e chamar almas para viver a verdadeira vida que Ele me convidou para viver também.
Depois de ter chorado tanto e dizer tudo que eu poderia ter dito... Eu tive uma visão. Eu vi um céu estrelado no qual tinham vários nomes escritos e o meu nome era um deles... E então meu nome caiu do céu, como se fosse uma estrela cadente e foi caindo, passando pela terra até por fim chegar em um lugar que eu acredito que fosse o mundo dos mortos... Pois lá havia muito fogo e fazia que eu sentisse falta de ar e certa aflição.
E então eu vi Jesus vir a terra, eu o vi nascer, eu o vi menino, eu o vi ensinando as pessoas e por fim morrendo na cruz, vi seu sofrimento e seu ultimo grito.... Então o vi ir até o mundo dos mortos e trazer de volta meu nome e não só o meu, mas de muitos outros e então o vi voltar a terra e por fim voltar ao seu Pai, o Deus Altíssimo.
Então eu vi meu nascimento e minha caminhada com Ele até o momento em que me encontrava... Por alguns instantes não vi nada.... Eu sabia que era o futuro, pois eu não podia sabe-lo... Mas quando voltei a ver... Vi-me no céu junto dEle e eu lhe dei um abraço, então Ele disse que enfim voltei a Ele e nós passamos a caminhar lado a lado rumo a Eternidade que nos é desconhecida.
Esta visão me emocionou muito e me motivou a querer voltar com a atividade do grupo e por essa razão ontem a noite chamei as pessoas no grupo do whats falando de uma possível reunião na sexta que vem... E bem, hoje eu estou aqui, voltando a falar com vocês.
Eu tenho falado com tenta gente no privado, com problemas tão grandes quanto os meus e eu me sinto tão incapaz de ajudá-los porque sou apenas uma humana como eles, mas eu quero dizer que realmente estou aqui para o que precisarem, e que Deus também está e que Ele nunca nos negará ajuda... Pois Ele promete jamais nos abandonar e não importa o que fizermos.... Ele sempre estará de braços abertos nos esperando voltar pra casa e abraçá-Lo para nunca mais soltar.
Esse ano foi realmente bem ferrado pra mim, mas acho que isso foi pra todos... Então o que eu quero dizer é: sejam fortes jovens, não desistam de vocês mesmos pelos erros que cometeram, pois sempre há tempo de fazer a coisa certa.... E principalmente: não desistam de Deus, pois Ele não vai desistir de vocês.
E realmente peço perdão por meu afastamento e agradeço aos que continuam acompanhando-me aqui. Estou torcendo por vocês, e Deus também, desejo tudo de bom pra vocês e que Cristo realmente faça parte da vida de vocês de uma forma completa e que vocês tenham uma relação de amizade com Ele durante toda a vida de vocês.
Tenho muitas idéias de textos pra vocês, então não se preocupem pois não parei de escrever não e agora vai ser bem mais  tranquilo de postar aqui porque minhas férias estão chegando, então se tudo correr bem, logo terei material novo pra vocês ^~^
Bjos e até a próxima.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...