História Cartas não lidas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Kai, Sehun
Tags Exo!kid, Kaihun, Sekai
Visualizações 74
Palavras 302
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Fluffy, Universo Alternativo

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


siojf mais uma fic bobinha com sentimentos e um pouquinho de angst para deixar a fic mais dramática aaaaa adoro ;^;
@exitus oi bebe tudo bom, essa é pra você szsz

não foi betada e tenham uma ótima leitura szsz~

Capítulo 1 - .eu sempre te esperarei no topo do escorregador.


“Hun, faz um certo tempo que não escrevo, né?

Minha mamãe me ensinou diversas palavras diferentes hoje, palavras que não ensinaram na escola. Umas eu nunca ouvi na minha vida inteira, sabe? Outras eu já conhecia, mas não sabia o significado.

Uma delas é o amor. Minha mamãe e meu papai disseram que o amor é algo que nos aquece por dentro, sabe? Como se tivéssemos tomado o leitinho quente antes de dormir e a mamãe nos cobrisse com o cobertor antes de deixar um beijo na nossa testa e saísse do nosso quarto.

Ela também me disse que o amor nos deixa feliz, e eu sinto isso quando estou com você, Hunnie. Quando brincamos que você é o super-herói que me salva do topo do escorregador e nós deslizamos para a felicidade que nos espera na grama verdinha.

Certo dia eu ouvi que o Hunnie está mal, que ele está dodói e por causa disso não responde mais as minhas cartinhas, mas eu sei que logo logo o Hunnie vai ficar bem e voltará a brincar comigo, né?

Eu pedi para que minha mamãe me deixasse ir até a sua casa, brincar com você, porque parece que você está um pouco solitário já que faz tempo que não sai de casa, mas o Hun vai ficar bem, é o que a minha mamãe e meu papai me dizem.

Você vai ficar bem né, Hun? Eu sei que vai, eu sempre estarei esperando no topo do escorregador para que você venha me salvar.”

 

 

O rapaz pegou aquele papel com a folha um tanto quanto gasta, indicando que aquela lembrança era antiga. As lágrimas nos olhos de Jongin eram inevitáveis, naquela idade que ele era tão ingênuo, jamais conseguiria imaginar o real motivo que fez com que Sehun nunca mais respondesse suas cartas.

 


Notas Finais


a interpretação do final fica a critério de vocês sz @insetixing


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...