História Cartas Para Mim Mesma 2 - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Cartas, Erisa
Exibições 9
Palavras 773
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá gente! Dois caps no mesmo dia, ehhhh kkk! Espero que gostem e boa leitura!

Capítulo 3 - Erik ou Matt?


Acordei exatamente 12.00. Quando abri os olhos já estava menos confusa, se havia algo que podia me acalmar em situações ruins, sem dúvida era dormir. Conseguia raciocinar novamente, e percebi que havia cometido um erro. Eu deveria ter ficado e conversado com Erik. Se eu tivesse ficado, nos poderíamos ter esclarecido a situação é provavelmente tudo estaria resolvido. Por que tive que ir embora? O que eu estava pensando? Não podia desistir de Erik desse jeito. Mesmo que já tenha se passado um ano, ainda me lembro com muita clareza como eu me sentia bem ao seu lado, talvez bem mais feliz que ao lado de Matt... 

Porém, ainda sim, eu tinha dúvidas se valia a pena arriscar tudo o que havia construído com Matt para tentar me aproximar novamente de alguém que passaria apenas uma semana aqui. Será que tudo entre nós havia sido realizada de fato? 

Como haviam algumas dúvidas que eu ainda não havia conseguido esclarecer, resolvi fazer o que sempre fazia em momentos onde teria que tomar uma grande decisão: ligar para Mikaely. 

Nesse um ano que havia se passado, Mika mudara um pouco. Continuava sendo a garota alegre e dócil de sempre, porém havia amadurecido e estava menos impulsiva. Ela também havia voltado com Caio, e eles estavam muito bem juntos. Ela havia o perdoado por ter terminado com ela por conta de outra menina. Ela continuava, as vezes, com aquele seu típico "tom de mãe" quando dava seus conselhos, mas de certa forma agora estava mais compreensível.

Enfim, liguei pra ela, e ela atendeu com uma voz sonolenta. Não podia crer que ela havia dormido até meio dia, apesar de que eu fazia a mesma coisa. Expliquei tudo a Mika, e ela pareceu estar bastante surpresa com a notícia de que Erik havia voltado. No final, perguntei a ela se ela achava que deveria desistir de tudo e tentar reviver as coisas entre Erik e eu, ou se deveria deixar no esquecimento aqueles bons momentos e continuar com meu relacionamento com Matt que me fazia feliz. Admito que sua resposta me surpreendeu um pouco:

-Luísa, se você realmente quer minha opinião sincera, como sua melhor amiga, eu lhe digo que você não deveria investir em algo com Erik. Afinal, você mesma disse que em uma semana ele voltará para Boston. Você tem um ótimo relacionamento com Matt, acho que não vale a pena jogar tudo isso fora por algo que talvez nem seja real... Quem garante que no final você e Erik acabaram bem? 

Fiquei por alguns segundos sem reação. Quando Erik morava aqui, na época da aposta, em que começamos nossa amizade, Mikaely apoiava muito tudo o que acontecia entre nós. Ela sempre disse torcer para que acabassemos juntos. E eu pensava que ela não gostasse muito de Matt... Não sabia ao certo o que pensar sobre aquilo, nem o que responder, tanto que após alguns segundos ela perguntou:

-Lu, você está aí?

-Sim, estou... -Respondi, um pouco confusa. -Só achei... Achei que iria apoiar que eu tentasse algo com Erik...

-Lula,  entenda, -começou ela com aquele tom "superior" que eu não suportava. -Eu apoiaria uma relação entre Erik e você caso ele voltasse a morar aqui. Aí seria diferente. Mas o que você está querendo fazer, é apostar tudo e talvez sair perdendo, sem conseguir Erik de volta e perdendo Matt.

-Mas... Talvez isso não aconteça! Talvez Erik volte! Talvez valha a pena!

-Sim Luísa, "talvez"! Quem pode garantir? Lu, essa decisão é sua, se quiser se arriscar, vou continuar sendo sua amiga e te apoiando. Só penso que talvez esse não seja o melhor caminho... A decisão é sua, e as consequências também...

Hesitei por alguns instantes, não sabia o que dizer, nem o que pensar. Por fim acabamos nos despendido, e quando desliguei, comecei a refletir sobre o que devia fazer. Uma parte de mim dizia que não deveriam jogar no esquecimento meus momentos mágicos com Erik e que eu deveria correr atrás porque o que acontecia entre nós era real. Mas outra parte me dizia para não arriscar tudo sem motivo, e que tudo com Erik havia acontecido a temos, e eu não deveria correr atrás de algo que já acabou. A razão fazia com que eu permanecesse sentada na cama, a emoção queria me tirar dali. 

Por fim, decidi que precisava conversar com Erik, independente de tudo. Depois que nós dois tivéssemos uma conversa madura e esclarecessemos tudo, eu poderia decidir se queria tentar me aproximar ou não. Eu vi que eram 12.15, e sabia que meus pais só iriam servir o almoço as 13.00. Esse era o tempo que eu precisava. E eu sabia exatamente onde encontraria Erik...


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Se eu perder o sono essa noite, talvez poste um terceiro cap hoje! Obrigada por e lerem e Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...