História Cartas para você - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Cartas, Naruhina, Saiino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 68
Palavras 856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem do cap.
Feliz dia dos pais
Beijo
Pata

Capítulo 19 - Reunião


A casa dos Uchihas, pela primeira vez em muitos anos estava animada. 

Cada familia ficava com o seu filhote no colo, afim de evitar que se dividissem em grupos para olharem as crianças brincando no chão. Naruto segurava o Boruto - evitando colocar mais peso na esposa, que já estava tentando engravidar mais uma vez-. Shikadai estava no colo da mãe, ele era muito preguiçoso para querer ir para o colo de outra pessoa, Inojin estava brincando com os longos cabelos loiros de sua mãe, porém, estava no colo do seu pai e a Sarada estava quieta no colo da sua amada mãe, afim de que Sakura pudesse ficar de mãos dadas com o marido que nunca estava com ela. 

Começaram a conversar. Falaram sobre a semana, Sasuke fez alguns comentários sobre o tempo que estava fora, sendo questionado sobre os sentimentos que ele tinha por sua esposa, quando Naruto perguntou se ele havia tido algum caso. Logico que o moreno respondeu sem perder sua classe que sua esposa era a única mulher com que ele havia tido um amor, e que nenhuma outra poderia chegar aos pés dela, fazendo, consequentemente, que sua esposa corasse como um camarão e Ino bater palminhas descontroladamente. Era muita emoção para um casal só. 

-Vão tentar ter mais filhos? - A loira histérica questionou para os casais 

- Eu vou encerrar por aqui - Temari foi a primeira a responder - Shikadai é preguiçoso demais, igualzinho ao pai! 

- Ei! - Respondeu Shikamaru, mas ele não levantou uma defesa, sabia que a mulher estava certa 

- Sono - Essa foi a única palavra que o garotinho disse, sono 

O olhar da esposa do albino se voltou para a Sakura, que mantinha seu olhar perdido, queria evitar falar sobre a quantidade de crianças que ainda pretendia ter com o moreno, medo de ser julgada talvez. 

- E você Sakura? Todos sabemos que a Hina e o Naruto já estão tentando 

- Bem... - A rosada começou 

- Queremos ter mais que cinco, contando com a Sarada - O moreno respondeu - Também já estamos tentando 

Ver o Sasuke falante somado com a forma convicta sobre sua família fez Ino ter um treco, Sakura teve uma explosão de fofura e amor interna, Naruto apenas ficou feliz por ver que as coisas estavam dando certo, Shikamaru e Temari mantinham o mesmo sentimento de felicidade, eles sabiam o quanto era dificil para a rosada aguentar o tranco. 

- Gostei! - Ino, mais uma vez foi a primeira a puxar assunto - Vamos esperar os nenéns dormirem e vamos transformar a noite em algo maravilhoso! 

Vindo desta loira em questão, o resto do pessoal tinha apenas um sentimento em comum: medo. 

A noite foi passando e os filhos de cada um dos casais foi dormindo um a um, sendo levados para o quarto da filha dos Uchihas. 

- Agora a diversão começa - Ino sorriu de uma forma bizarra - Vamos comemorar a volta do Sasuke com muita bebida! 

Era de se esperar que a ideia de beber não seria a melhor, mas algumas pessoas se renderam ao impulso e ficaram mais do que bêbados. 

Temari havia mudado de personalidade bêbada. Estava bem mais falante e balbuciava coisas como " eu posso sentir a presença de mais um camelo neste lugar " ou " Amor da minha vida, eu amo capim com geleia "

Se Ino sem beber era falante e histérica, bêbada ela era pior. Gritava pelos cantos como ela se sentia, tirava parte da roupa e sua safadeza atingiu níveis que ninguém havia, sequer, pensado que poderia atingir. 

Sasuke parecia outro homem. Abraçava a sua esposa quase todos os segundos, dizia que ela era o amor da sua vida, que queria casar com ela mais uma vez, que ele era completo com ela. Além do romantismo ele ainda soltava algumas frases com um certo duplo sentido, que faziam a rosada corar muito.

Por fim, Naruto, este era um dos piores. O que de alegre ele era normalmente, bêbado ele tinha de choro. Chorava de alegria pelo filho, amigos e sonho, chorava de tristeza pela morte dos pais e por ai vai. 

- GENTE - O loiro chamava a atenção mais uma vez - EU AMO SER PAI 

- EU TAMBÉM! - A voz do Sasuke se fazia presente - É MUITO BOM VER AQUELE PEDACINHO OBESO DE GENTE CRESCER, MESMO SENDO APENAS PELAS FOTOS QUE A SAKY MANDA 

- É muito bom ver que eles serão pessoas maravilhosas - Completou Shikamaru 

- Eu li em algum lugar que um pai só se torna um pai quando pega o filho no colo, me sinto um pai 

- SER MÃE É BOM, apesar de que as vezes dar de mamar doi - Falava Ino 

- Ou ter que cuidar de tudo só - Sakura completava a frase da amiga dando uma alfinetada de leve em seu marido

- Eu vejo coelhos - Temari não prestava muita atenção na conversa 

- Eu amo meu filho - Hina soltou um sorriso gentil 

- UM BRINDE A NÓS! - Ino pegou um copo aleatório - SOMOS PAIS MARAVILHOSOS


Notas Finais


<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...