História Carwash - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Aiden, Derek Hale, Ethan, Lydia Martin, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski
Tags Sterek, Teen Wolf
Visualizações 160
Palavras 1.229
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hoje a tarde recebi uma fanart Malec e me inspirou a fazer essa de Sterek. Espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo único


Era um dia ensolarado, um bom dia para se mandar lavar o carro. Peguei o camaro e fui ao Lavacar do Deaton e deixei o carro com um garoto de queixo torto. Fui para dentro da sala de espera falar com o Deaton, já que o mesmo é um bom amigo da minha mãe e a mesma me tiraria o coro se eu pelo menos não o cumprimentasse.

“ Como vai Deaton? Tem funcionário novo?”

“ Sim, acabei contratando dois meninos, a Erica e o Boid mais namoravam que trabalhavam. O Scott recepciona os clientes e limpa o interior dos carros e o Stiles lava por fora, ele é meio tímido.”

“ O Scott tem o queixo torto?”

“ Sim, e o Stiles vai  começar a lavar um carro agora e provavelmente o seu é o próximo.”

Com isso me viro e vejo através da janela de vidro um adolescente, um pouco mais baixo que eu, magro, mas com leve musculatura, cabelo castanho e pele branca mas cheia de pintinhas. Ele estava usando uma camiseta escura e uma calça de moletom que insistia em ficar caindo nas costas, mostrando a parte superior da sua bunda, que era muito bonita, redonda e cheinha. Ao lavar o carro ele se espichava e empinava a bunda e a bendita calça descia. Aquela imagem estava mexendo comigo, pois parecia que o mesmo não estava usando cueca. Sem perceber cheguei mais perto da janela.

“ Derek, tá parecendo um lobo faminto vendo um belo pedaço de carne! Toma cuidado menino, ele é filho do sherife.” Fala Deaton, que viu minha reação.

“ Qual o nome dele?”

“ Stiles.”

“ Stiles? Que raio de nome é esse?” Pergunto coçando o queixo.

“ Na verdade é apelido, só o pai consegue dizer o nome. Está interessado no menino? Ele tem dezessete anos e está juntando dinheiro pra faculdade.”

“ Achei ele uma graça, será que ele tem namorado? Ou namorada.”

“ Sei bem que graça que você viu nele! Que eu saiba ele não tem.” Fala me olhando com malícia. “ Por quê não vai lá fora falar com ele?”

“ Não, quem sabe outra hora.”

“ Tudo bem você que sabe”

Depois desse dia, eu trazia os carros da família pra lavar duas vezes na semana cada. Minha família já estava suspeitando de alguma coisa, já que eu sempre fugia na hora de levar os carros lavar e agora eu pulava quando alguém dizia que algum carro tinha que ser lavado.

“ Oi Deaton, o Stiles está trabalhando hoje? Faça com que ele lave meu carro.”

“ Vai pra casa Derek. Seu carro nem deve estar sujo, faz duas semanas que foi lavado!”

“ Está sujo, sim! Vou ficar esperando aqui mesmo.”

Sento em uma cadeira perto da janela que me dá uma boa visão do lugar onde Stiles lavava os carros.

“ Vai falar com ele de uma vez! Você está a fim dele e quando você vai embora ele fica olhando pra ti! Também deve estar a fim de você!”

“ De verdade que ele faz isso?” Pergunto esperançoso.

“ De verdade. Vai lá!”

“ É, acho que vou.” Falo e saio pela porta.

Chego perto dele e falo:

“ Oi, eu sou o Derek, você é o Stiles, certo?

Ele vira de frente pra mim e vejo que a camiseta e a calça dele estão molhadas na frente, coladas ao corpo, delineando cada curva e elevação, na calça podia ver o contorno do membro dele, e gostei do que vi. Minha boca fiou seca e salivante ao mesmo tempo.

“ O.. Oi! Sou sim. Posso te a... ajudar?” Fala gaguejando.

“ Sim, só vim pedir que tome cuidado com a pintura do meu carro, os meninos anteriores riscaram ela e ele é o meu bebê.” Falo pra puxar assunto.

“ Claro, qual o seu? Eu tenho um Jeep CJ5 que era da minha mãe.” Fala animado.

“ O meu é um camaro preto. Eu ganhei ele do meu pai quando fiz dezoito e continuo com ele até hoje.”

“ O camaro é o seu? Acho que ele combina mais com você que os outro que você trás pra lavar.”

“ É que eu trago os das minhas irmãs também e os dos meus o pais, além o do tio Peter.”

“ Que legal que você ajuda eles.”

“ Enquanto eu não voltar pra faculdade eu vou ajudando no que posso, mas esse não é o único motivo pra que eu os traga lavar.”

“ E qual é o outro?”

“ É que eu gostei de algo mais daqui.” Falo.

“ Gostou do Scott? Cara, ele tem namorado. Que por sinal é ciumento e esquentado.”

“ Quem, o Scott? Não! Na verdade eu estava falando de você.”

“ De mim?” Pergunta incrédulo.

“ Sim de você. Por que a pergunta?”

“ É só olhar pra você! Alto, moreno, forte com uns olhos verdes lindos e um sorriso lindo” Ao escutá-lo dou um sorriso enorme, afinal ele havia dito que me achava bonito. “ E olha pra mim, magro, pálido e atrapalhado.”

“ Nunca ouvi tanta besteira. Eu te acho lindo, gosto do formato do teu corpo. Tu tem uma boca linda que me dá vontade de beijar e uma bunda que eu quero fazer nem sei o que com ela.”

“ Há há, sei. Bunda bonita. Boca linda. Cara eu não...”

Reviro os olhos e o interrompo com um beijo. Ponho minhas mão ao lado do seu rosto e colo nossos lábios e o beijo com paixão. Após um segundo de espanto ele retribui com um gemido, retiro minhas mão do seu rosto e as deslizo até sua cintura e colo nossos corpos. Ao nos sentir juntos ele eleva os braços e trança eles atrás do meu pescoço, colando ainda mais nossos corpos. Nisso sinto o seu membro roçar no meu e vejo que como eu, ele está excitado. Tira as mão da sua cintura  e as levo até sua bunda e aperto, o puxando de encontro a mim, fazendo com que ele tire os pés do chão. Puxo um pouco mais e ele eleva as pernas e me abraça a cintura com as mesmas, fazendo com que eu me encaixe em sua bunda, com esse contato gememos juntos.

“ Vocês dois bem que podiam achar um quarto em?” Fala Scott ao chegar e nos ver daquele jeito. Quebramos o beijo e o abraço, ficamos nos olhando e eu pergunto esperançoso.

“ Quer jantar comigo?”

“ Quero, é só dizer quando.”

Sorrio feliz com a possibilidade desse ser vir a ser meu. Posso ter demorado a ter coragem pra falar com ele, mas de uma coisa eu tenho certeza. Eu, Derek Hale estou completamente apaixonado por ele.

Nós saímos, jantamos e começamos a namorar. Pra minha surpresa Stiles foi pra mesma faculdade que eu e acabamos por morar junto durante ela. Tivemos brigas? Claro que sim, mas nada que não pudéssemos resolver. Quando ele terminou a faculdade, voltamos para Beacon, eu fui trabalhar no hospital e ele com o pai na delegacia, mas como perito criminal. Quando fizemos três anos de casados conseguimos adotar três irmão que haviam perdido os pais em um acidente de carro. Uma menina ruiva linda chamada Lydia e dois meninos gêmeos Aiden e Ethan. A vida não era perfeita, mas era a nossa vida. E nós somos felizes.


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Sei que não é muito grande, mas eu não podia deixar a ideia passar. Se gostaram deem nota, favoritem e comentem. Beijos e até a próxima fic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...